PF prende chefe do Google por não retirar vídeo do ar

Aris Messinis/France Presse
<b>TÁ QUENTE:</b> Policial em meio a chamas de coquetéis molotov lançados por manifestantes em Atenas durante protesto contra medidas de austeridade do governo grego
 
O diretor-geral do Google no Brasil, Fabio José Silva Coelho, foi preso ontem pela Polícia Federal em São Paulo, porque a empresa não cumpriu determinação da Justiça Eleitoral do Estado de Mato Grosso do Sul. O Google não retirou do YouTube vídeos com ataques ao candidato do PP a prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal. As imagens ligam o candidato a aborto e violência doméstica e questionam seu patrimônio.

Comentários