Revista francesa promete publicar charges de Maomé que "chocarão" os leitores

  • Crédito:Reprodução
    Publicação pretende provocar o islã com charges de Maomé


  • A revista satírica francesa Charlie Hebdoanunciou  publicou uma série de caricaturas do profeta Maomé em sua edição de quarta-feira (18/9), informou a agência de notícias Efe. O diretor da publicação, Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb, disse que as imagens "chocarão aqueles que quiserem ser chocados lendo uma publicação que não leem nunca".
Não é a primeira atitude provocativa em relação ao Islã. Em novembro do ano passado, a sede da publicação foi atacada após anunciar um número especial com Maomé como "editor convidado".

Criada nos anos 1960, a revista é normalmente descrita como "anarquista". Deixou de circular na década de 1980, sendo retomada nos anos 1990. 

O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, declarou que desaprova ‘excessos’, e pediu que haja responsabilidade.
do Portal Imprensa

Comentários