Bom dia! Vamos com as manchetes dos jornais e as principais notícias deste sábado, 6 de outubro, véspera das eleições 2012. Não venda seu voto!













O Globo
Manchete: Ficha Limpa ainda pode barrar 3 mil candidatos
TSE só julgou 5,1% dos recursos recebidos; para especialistas, é preciso mais agilidade
Candidatos eleitos sub judice ainda poderão ser vetados pela Justiça até a diplomação, que ocorre em dezembro
Na primeira eleição de plena vigência da Lei da Ficha Limpa, cerca de 3 mil candidatos disputarão mandatos de prefeitos e vereadores amanhã com o registro de candidatura pendente – um resultado da lentidão do Tribunal Superior Eleitoral no julgamento de recursos. A Corte recebeu 6.533 recursos contra candidaturas, sendo 2.835 relativos a políticos com problemas previstos na Ficha Limpa. Até às vésperas das eleições, só 5,1% tiveram julgamento definitivo. (Págs. 1, 3 e Zuenir Ventura)
Fotolegenda: Carga pesada
O tucano José Serra, candidato do PSDB a prefeito, em visita à central de abastecimento de SP.

Lula: 'Nunca foi tão difícil'
Para o ex-presidente, a eleição em São Paulo este ano é a mais complicada entre todas de que já participou. A disputa está embolada, com três candidatos em condições plenas de participar do segundo turno: Serra (PSDB), Russomanno (PRB) e Haddad (PT). (Págs. 1 e 10)
Furnas investiu só 37% do previsto
Responsável pelo apagão desta semana, que afetou 13 estados, Furnas investiu, até agosto, apenas 37,6% do previsto para este ano. O valor para 2012 era de R$ 1,5 bilhão. O percentual está abaixo da média de gastos das estatais, de 53,3%. (Págs. 1 e 34)
Cuba prende Yoani Sánchez
A blogueira cubana mais conhecida no exterior, Yoani Sánchez, foi presa anteontem quando ia cobrir o julgamento de Ángel Carromero, acusado da morte do dissidente Oswaldo Payá. Entidades de direitos humanos e imprensa protestaram. (Págs. 1 e 37)
Desemprego nos EUA recua
A taxa cedeu de 8,1%, em agosto, para 7,8%, em setembro, e é a menor do governo Obama. A notícia fez as bolsas subirem. O Departamento do Trabalho rebateu acusações de manipulação. (Págs. 1 e 31)


Casa Branca festeja
A melhora na taxa de emprego nos EUA ajudou a campanha de Obama após o mau resultado no debate com Mitt Romney. (Págs. 1 e 39)

Fotolegenda: Espelho meu
Dilma diante da "Medusa Murtola", de Caravaggio, na mostra do artista no Palácio do Planalto. A presidente lamentou que sua obra preferida de Caravaggio, "Cupido adormecido", não faça parte do acervo levado a Brasília. (Págs. 1 e 15)
A hora do mensalão: A dor que cala
Ao ser perguntado ontem sobre os votos dos três ministros do STF pela condenação do ex-ministro José Dirceu no mensalão, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, expôs a angústia vivida no PT: "A dor me impede de falar nessa questão". (Págs. 1 e 15)
Merval Pereira
Efeitos do julgamento
O revisor Lewandowski tenta desacreditar o STF, mas colegas defendem a Corte. (Págs. 1 e 4)

Míriam Leitão
Não é o que parece
O novo regime automotivo é protecionista. Não é para beneficiar o consumidor. (Págs. 1 e 32)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Eleição nunca teve tantos partidos com chance nas capitais
Segundo pesquisas, 16 legendas podem eleger prefeitos em grandes cidades; PSDB e PT têm mais possibilidades

A disputa pelas prefeituras nas 26 capitais pode resultar num fracionamento partidário inédito. Segundo pesquisas recentes, 16 partidos têm candidatos competitivos e podem vencer, informa Fernando Rodrigues.

Em 2008, na reta final, só 11 legendas possuíam candidatos bem posicionados — dez saíram vencedoras. Neste ano, há vários representantes de partidos nanicos. O mais evidente é o PRB em SP, com Celso Russomanno. (Págs. 1 e Eleições 2012, 1)

Futuro senador usa verba pública para obter votos
Prestes a assumir a vaga da ministra Marta Suplicy (Cultura) no Senado, o vereador Antonio Carlos Rodrigues (PR) usa verbas da Prefeitura de SP para se reeleger, relatam Paulo Gama e Bernardo Mello Franco.

O vereador exige votos em troca da instalação de gramados sintéticos. "O dinheiro é da prefeitura, sim, mas é verba minha", disse a cabos eleitorais. "São Francisco já falava: é dando que se recebe". (Págs. 1 e Eleições 2012, 8)

É a eleição mais complicada que já fiz em SP, diz Lula (Págs. 1 e Eleições 2012, 2)

Aécio ironiza Dilma e pergunta onde a 'mineira vai votar' (Págs. 1 e Eleições 2012, 7)

Fotolegenda: Passado e futuro de SP
Um desses meninos será o próximo prefeito da capital paulista; tente descobrir quem é quem. (Pág. 1)
Editais só para negros causam polêmica no meio cultural
O anúncio do lançamento de editais exclusivos para criadores e produtores negros, feito pelo Ministério da Cultura, dividiu opiniões entre acadêmicos e artistas.

O escritor Paulo Lins defende a medida. "O negro tem de ter privilégio e inclusão em tudo. Ele foi sacrificado por 400 anos". Já a jornalista Glória Maria diz ter ficado em "choque". "Estou no Brasil ou na África do Sul de 30 anos atrás?" (Págs. 1 e Ilustrada, E7)

Inflação aumenta e tem o pior setembro dos últimos 9 anos (Págs. 1 e Mercado, B9 e B14)

Drauzio Varella
Mandantes do Carandiru seguirão impunes após 20 anos? (Págs. 1 e Ilustrada, E16)
Fotolegenda: Petrificada
A presidente Dilma Rousseff admira o quadro "Medusa Mortola", de Caravaggio, um de seus pintores favoritos, em exposição no Palácio do Planalto. (Págs. 1 e Poder, A6)
Desemprego nos EUA cai ao mesmo nível de 2009 e beneficia Obama (Págs. 1 e Mundo, A14)

Marcos Caramuru de Paiva: Para não perder gás, China precisa voltar às reformas
Os novos governantes da China precisarão voltar às reformas econômicas. Sem elas, o país continuará a crescer, mas perderá gás e não consolidará o espaço que conquistou. (Págs. 1 e Mundo, A18)
Ministro petista diz que punição de colegas 'dói muito'
O secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, afirmou sofrer com a perspectiva de condenação de companheiros do PT no caso do mensalão. "Aquela coisa do outro lado da rua dói muito", disse o ministro, referindo-se ao julgamento no STF, que fica em frente ao Palácio do Planalto. (Págs. 1 e Poder, A6)
Editoriais
Leia "Excesso de zelo", sobre voto de Lewandowski a favor de Dirceu, e "Incidente explosivo", acerca de conflito na fronteira entre Síria e Turquia. (Págs. 1 e Opinião, A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Candidatos elevam tom em eleição indefinida
Russomanno chama Haddad de 'mentiroso', Serra lembra mensalão e Lula diz que qualquer coisa machuca tucano

Na antevéspera do primeiro turno da eleição para a Prefeitura de SP, os candidatos não pouparam ataques aos adversários. Celso Russomanno (PRB) usou carros de som para chamar Fernando Haddad (PT) de mentiroso. "O Haddad vem mentindo quando diz que vou aumentar o preço da passagem", diz o candidato na gravação. José Serra (PSDB) também investiu contra o petista, comparando o uso do espaço da propaganda de vereadores no último dia de horário eleitoral de TV, anteontem, a uma afronta à Justiça, como "o mensalão". "Parece desproporcional, mas o que houve foi uma transgressão frontal e acintosa às regras legais vigentes", disse. Haddad deixou os ataques por conta do ex-presidente Lula, que chamou Serra de "frágil", porque "qualquer coisa o machuca", em referência ao fato de o tucano ter sido atingido por uma bola de papel em 2010. (Págs. 1 e Nacional, A4 a A8)

Desafio São Paulo: Inspeção polêmica
Avanço para o ambiente, alvo de ações do Ministério Público e de reclamações por causa do valor cobrado, inspeção veicular completa cinco anos sem resultados visíveis. (Págs. 1 e A5)
Novos prefeitos terão de enfrentar falta de recursos
Os prefeitos que tomarem posse em janeiro receberão uma herança do governo de Dilma Rousseff que exigirá cada vez mais esforço e mais dinheiro: a obrigação de conduzir mais de 200 programas da União. Para a equipe da presidente, os programas federais servem de norte para os futuros gestores numa situação financeira que não é tão ruim como se imagina. (Págs. 1 e Nacional, A14)
Alagoas tem 25 nomes sub judice
Uma em cada cinco cidades do Estado tem concorrentes com problemas na Justiça, média quase duas vezes maior que índice nacional. (Págs. 1 e A15)
Estadão Acervo: SP teve 16 eleições
Desde a Proclamação da República, São Paulo teve 43 prefeitos - só 16 eleitos por voto direto. Outros foram escolhidos pela Câmara Municipal ou indicados em períodos de exceção. (Págs. 1 e A12)
"Dor me impede de falar", diz ministro sobre o mensalão
O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) deu o tom, ontem, do clima entre os petistas históricos em relação ao julgamento do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pelo Supremo Tribunal Federal (STF). "A dor me impede de falar, neste momento, dessa questão", disse Carvalho, que atuou no seleto grupo, coordenado por Dirceu, que trabalhou para levar Lula ao poder em 2002. (Págs. 1 e Nacional, A19)
Blogueira Yoani Sánchez é presa em Cuba
A blogueira cubana Yoani Sánchez, colunista do Estado, foi presa anteontem quando chegava à cidade de Bayamo para acompanhar o julgamento do espanhol Ángel Carromero, que responde pela morte de dois dissidentes em acidente. O marido de Yoani e um jornalista também foram detidos. (Págs. 1 e Internacional, A22)
Mitt Romney ganha terreno
Após debate, republicano passa Barack Obama em três Estados, complicando reeleição do presidente. (Págs. 1 e A26)
Dilma decide mudar direção de Furnas
Depois de duas interrupções do abastecimento de energia no País em 11 dias, a presidente Dilma Rousseff decidiu acelerar mudanças na estrutura e na gestão da estatal Furnas. (Págs. 1 e Economia, B1)
Chávez diz que "até os ricos" deviam votar nele (Págs. 1 e Internacional, A11)

Alta dos alimentos puxa a inflação de setembro (Págs. 1 e Economia, B6)

Celso Ming: Mais inflação
A inflação de setembro, de 0,57%, mostra que á economia brasileira começa a trabalhar com mais tolerância em relação aos preços. (Págs. 1 e Economia, B2)
Miguel Reale Júnior: A quem interessa?
Senado insiste em votar em prazo exíguo o novo Código Penal, um passeio pelo absurdo feito às pressas por proposta de José Sarney. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)
Dan Balz: Só uma noite ruim?
Além de Obama, outros presidentes tropeçaram no primeiro debate para a reeleição. Ronald Reagan em 1984 e George W. Bush em 2004. (Págs. 1 e Visão Global, A24)
Notas & Informações
A hora do voto consciente

Está nas mãos do eleitor paulistano abortar o arrivismo político e o aparelhamento do Estado. (Págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: UnB suspende inscrição no vestibular e no PAS
O registro de candidatos nos dois certames só será reaberto depois que a universidade se adequar aos novos parâmetros da lei das cotas sociais. Pelo menos 12,5% das vagas serão destinadas a alunos de escolas públicas. (Págs. 1, 23 e 24)
Eleições: Ficha limpa deve barrar até 3,1 mil candidatos
No primeiro pleito sob a nova lei, a Justiça Eleitoral já impugnou mil fichas-sujas no país e há outros 2,1 mil na mira. Amanhã, 138 milhões de brasileiros vão às urnas – 693 mil deles nas 19 cidades do Entorno. No total, serão eleitos 5.568 prefeitos e 57.434 vereadores. (Págs. 1, 2 a 6 e 26)
A lista dos locais onde justificar o seu voto (Págs. 1 e 26)

Acordo: Brasil e EUA discutem o fim do visto dia 22
Será a primeira reunião concreta para acabar com a exigência. Hoje, os brasileiros respondem por 10% dos pedidos de visto aos americanos. Só até agosto, foram nada menos que 1 milhão. (Págs. 1 e 15)
Yoani fica trinta horas presa pela ditadura cubana (Págs. 1 e 19)

Energia: Relatório sobre apagão no DF só em 15 dias
Foi o que ficou decidido ontem em reunião entre técnicos da CEB e os responsáveis pelo setor elétrico no país para discutir o apagão que deixou Brasília sem luz por seis horas na quinta-feira. (Págs. 1, 12 e 13) 
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Promessas em terras devastadas
Eleição renova esperança em cidades arrasadas pela seca ou pela chuva

No Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, 122 municípios já decretaram estado de emergência por causa da estiagem prolongada. A população de muitos deles depende exclusivamente de caminhões-pipa para matar a sede, cozinhar e se levar, e sonha que os candidatos, enfim, executem as repetidas propostas de construir poços artesianos e barragens. Em Guidoval e Além Paraíba, ambas na Zona da Mata, a destruição causada pelos temporais há 10 meses ainda faz parte da paisagem. Candidatos exploram os locais em obras, que seguem em ritmo lento, para fazer propaganda eleitoral. Reconstrução é a palavra de ordem – exatamente o que os eleitores querem ouvir, para cobrar dos eleitos. (Págs. 1, 8 e 9)

Lacerda lidera com vantagem de 12,6 pontos
Segunda rodada da pesquisa do Instituto MDA em parceria com o Estado de Minas mostra que o prefeito Marcio Lacerda subiu de 44,3% para 46,6% das intenções de voto e chega à véspera da eleição com boa dianteira sobre o petista Patrus Ananias, que avançou de 30,8% para 34%. A sondagem foi feita nos dias 3 e 4 com 1.053 entrevistados. Vanessa Portugal (PSTU) aparece com 2,4%, mesmo percentual de Maria da Consolação (PSOL). Os demais candidatos juntos têm 0,5%. Brancos e nulos passaram de 9,6% para 9%, enquanto os indecisos caíram de 13% para 5,1%. O levantamento indica que Lacerda teria 54,3% dos votos válidos, suficientes para ser reeleito no primeiro turno, contra 39,6% de Patrus. (Pág. 1)
Aécio rebate presidente: "Onde a mineira Dilma vai votar?" (Págs. 1, 3 e 4)

Cota racial na cultura divide classe artística
Determinação do MEC para que instituições ligadas à pasta lancem editais beneficiando produtores e criadores negros acirra discussão sobre o tema. Defensores da ideia afirmam que medida corrige demanda antiga da classe. Exclusividade da realização dos projetos, porém, não tem consenso. (Págs. 1 e 12)
Vida nova
Última reportagem da série do EM sobre o novo perfil socioeconômico da população com mais de 60 anos mostra histórias de famílias em que a renda dos idosos predomina no orçamento doméstico. Ainda na ativa, Alvimar, de 75 anos, paga 70% das contas da casa em que mora com a esposa, as filhas e o neto. (Págs. 1 e 14)
Mais opções para barriga de aluguel
Conselho Regional de Medicina (CRM-MG) quer permitir que, além das parentes da mãe, as do pai também possam emprestar útero. (Págs. 1, 21 e 22)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Suspense até a última hora
Pesquisa do Instituto Maurício de Nassau/JC, baseada nos votos válidos, deixa em aberto se a eleição para prefeito do Recife será decidida em primeiro ou segundo turno, apesar da boa vantagem do socialista. Resultado foi divulgado ontem. (Págs. 1, 4 e 5)
Resultado das eleições sai até as 22h de amanhã
Previsão é do Tribunal Superior Eleitoral. Votação será das 8h às 17h e apuração começa às 19h. Tropas federais atuarão em 395 cidades do País. (Págs. 1, 3 e )
Lula vê disputa paulistana como muito difícil
Ex-presidente disse em ato pelo candidato Fernando Haddad, que esta eleição é a mais complicada de todas as que participou em São Paulo (Págs. 1 e 8)
Prejuízos do adiamento do vestibular
Com a segunda fase da UFPE em janeiro, calendário das escolas se estenderá por dezembro e aulões nas vésperas das provas estão inviabilizadas. (Págs. 1 e cidades)
Governo prevê R$ 4,9 bilhões para 2013
Lei Orçamentária enviada à Assembleia Legislativa tem um dos maiores volumes de investimentos da história de Pernambuco (Págs. 1 e 2 JC Negócios)
Conta de luz deve cair até 26% em 2013
Cálculo foi feito pela associação nacional de distribuidores de energia, com base na revisão tarifária anunciada pelo governo federal. (Págs. 1 e Economia, 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: À espera
A um dia das urnas, expectativa para 1.166 políticos no Estado, que disputam a cadeira de prefeito, como a da Capital.

- Como conferir o local de votação;

- A lista dos candidatos a vereador na Capital. (Págs. 1, 6, 10 'Rosane de Oliveira' e 16 a 29)

Paz nas urnas: 800 policiais para evitar violência em 111 cidades
Onda de denúncias leva Brigada a reforçar presença em locais onde há risco de tumulto ligado à votação. (Pág. 1)
Sabatina: 7 candidatos respondem a 5 perguntas sobre a Capital
As propostas para coleta de lixo, moradores de rua, Arroio Dilúvio e outros problemas de Porto Alegre. (Pág. 1)
América Latina: Propaganda chavista toma a Venezuela
Imagem do líder está em postes, muros, repartições oficiais. Tudo, absolutamente tudo está pintado. (Págs. 1, 42 e 43)
Porto Alegre: Quem liderou o ataque ao tatu da Copa
Grupo de jovens protesta contra suposta "higienização" da cidade para o Mundial. (Págs. 1, 4 e 5)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços

Comentários