Búzios terá sistema biométrico para identificação dos eleitores

 Cerca de 300 pessoas irão trabalhar nas eleições em Búzios neste domingo, 7 de outubro. Quatro mesários por seção, mais 40 supervisores do Tribunal Regional Eleitoral irão acompanhar a votação de 21 mil eleitores, espalhados nas 65 seções, que irão funcionar em nove escolas da cidade.
 O município será o único do Rio de Janeiro a usar o sistema biométrico para identificação dos eleitores, o que segundo a Justiça Eleitoral irá evitar fraudes nos procedimentos de votação. O sistema de voto digital implantado em 2009 e usado em Búzios nas eleições presidenciais de 2010 permitirá reduzir o tempo médio de espera do eleitor para exercer o seu direito de voto, evitando filas durante o pleito e garantindo segurança para o eleitorado.


Praticamente já está tudo organizado, tendo sido feita, inclusive, uma fiscalização prévia nos locais de votação, no sistema elétrico de cada prédio, a fim de evitar incidente e atraso na votação.
Agora falta apenas chegar o dia “D”, para que o eleitor confirme a sua opção para prefeito e escolha entre os 141 candidatos a vereador os nomes dos nove que irão compor a nova Câmara Municipal, segundo informou a técnica judiciária Márcia Cristina dos Santos Pereira, do Tribunal Regional Eleitoral da cidade.
Desde que foram trazidas da audiência pública realizada em Araruama há duas semanas as urnas estão num departamento secreto do Salão do Júri, vigiado por policiais 24 horas, sem qualquer perigo de serem violadas.
           O município recebeu 80 urnas, mas apenas 65 serão utilizadas nas seções, ficando o restante como sobressalente para substituição, caso haja defeito em alguma delas, a fim de não atrasar a votação, informou a técnica do TRE.
Todos os terão sua foto impressa nos cadernos de inscrição do TRE-RJ, para facilitar a identificação na hora do voto, e embora esta seja feita por meio digital será indispensável a apresentação de um documento de identidade com foto na hora de votar.

Segurança e Trânsito

De acordo com a major Andréia, subcomandante do 25º. Batalhão de Policia Militar, cuja sede é em Cabo frio, foi feita uma escala diferenciada para aproveitar todo o efetivo local, ou seja, 830 homens, em sistema de revezamento, dando cobertura aos municípios, atendendo aos oito juízes eleitorais da região. Além disso, foi solicitada por aquele comando, um reforço de 150 homens, que serão remanejados de cidades com menor necessidade para Búzios.
  Sessenta homens da Guarda Municipal também estarão em ação, dando reforço no controle do trânsito, principalmente, em locais de maior movimento de eleitores, segundo informou o secretário de Ordem Pública, Rodolpho Lyrio.
Na opinião dele, o processo eleitoral no dia “D”, será tão tranqüilo quanto foi até aqui, sem maiores problemas.
- Se Deus quiser teremos apenas os percalços naturais do exercício do regime democrático, sem maiores incidentes. Búzios sempre foi e continuará sendo um lugar de paz – concluiu.

Comentários