Campos discute lei de cotas nas instituições federais

Inicialmente as universidades federais terão que separar 12,5% das vagas.
O sistema de cotas vai funcionar de maneira gradativa até 2016.

Entrou em vigor nesta semana a nova lei de cotas para as instituições federais de ensino superior. A lei prevê que metade das vagas seja oferecida para candidatos que fizeram o ensino médio na rede publica ou sejam de baixa renda. Em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, a lei ainda está em discussão.
Na Universidade Federal Fluminense (UFF), por ano, são abertas 500 novas vagas para seis cursos disponíveis em Campos. O ingresso é feito pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O diretor da instituição afirma que o sistema de cotas vai ser seguido.


No Instituto Federal Fluminense, que tem quase oito mil alunos em Campos, a Lei das Cotas deve ser aplicada a partir de 2013.
O sistema de cotas vai funcionar de maneira gradativa, em 2013, as universidades federais terão que separar 12,5% das vagas para alunos cotistas. O percentual vai aumentar gradativamente até 2016.
do G1


Comentários