Em Rio das Ostras, técnicos do IPEM fazem vistoria de taxímetros


A intenção é agilizar a vida dos motoristas e coibir irregularidades.
O taxista que não levar o táxi para a vistoria terá de pagar R$420 de multa.
Técnicos do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) estão realizando nesta sexta-feira (05) a verificação de taxímetros de Rio das Ostras, Região dos Lagos do Rio . A intenção é agilizar a vida dos motoristas e coibir irregularidades.
Os técnicos do Instituto de Pesos e Medidas saíram do Rio de Janeiro para fazer a vistoria no taxímetro de 63 táxis que circulam em Rio das Ostras. A ideia de trazer a aferição para a cidade é evitar que os taxistas se desloquem para capital do estado e o município fique com o serviço comprometido.


A vistoria só acontece nesta sexta-feira (05). O taxista que não  levar o veículos para a aferição do taxímetro vai ter que pagar uma multa de R$ 420, além de ficar impedido de circular com passageiros até regularizar a situação.
Os táxis fazem o percurso de um quilômetro duas vezes, um para cada bandeira. E os técnicos do IPEM observam se o valor registrado pelo taxímetro corresponde ao que o consumidor deve pagar.
Com o taxímetro em dia, os taxistas tem a segurança e a tranquilidade de saber que presta o serviço de maneira regular. 

Comentários