Em São Pedro da Aldeia, escola ainda tem marcas de chuvas de julho

Sala de informática não é mais usada e a biblioteca está trancada. 
Parte elétrica está comprometida e quando chove, não é possível ligar a luz.
Desde a chuva de granizo, em julho deste ano, a Escola Municipal Francisco Paes de Carvalho, que educa cerca de 400 alunos, em São Pedro da Aldeia, RJ, passa por problemas de infiltração. Promessas para resolver os problemas foram feitas pela prefeitura, mas até quinta-feira (18) nada foi feito. Essa semana estudantes voltaram a ficar sem aulas por conta da chuva.
Nos dias de sol, nenhum problema é notado. Mas basta a primeira chuva cair que as cinco turmas do andar de cima do prédio precisam ser dispensadas. O telhado está cheio de infiltrações. O RJ Inter TV vem acompanhando a situação da escola há três meses. Para livros e computadores não estragarem, o material está coberto por lona.

Em 2011, a unidade foi reformada. O custo da obra foi de quase R$ 120 mil. As mães não se conformam. Durante toda a manhã desta quinta-feira (18), a equipe da Inter TV tentou falar com a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Pedro para saber o motivo de tanto atraso, mas não conseguiu contato.
A sala de informática não é mais usada e a biblioteca está trancada. A estrutura da escola está prejudicada e isso fomenta o surgimento de outros problemas.  Quando chove, não é possível acender a luz e os alunos do turno da noite são liberados. Isso significa que a parte elétrica do prédio também está comprometida.

Comentários