Três brasileiros estão na lista dos mais influentes das artes


O empresário Bernardo Paz, o curador Adriano Pedrosa e a galerista Luisa Strina foram citados no ranking elaborado pela revista britânica 'Art Review'

Bernardo Paz, empresário e colecionador, criador do Instituto Cultural Inhotim
Bernardo Paz, empresário e colecionador, criador do Instituto Cultural Inhotim (Bruno Senna)


A galerista Luisa Strina, o empresário Bernardo Paz e o curador Adriano Pedrosa são os três brasileiros citados na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo das artes plásticas, organizada anualmente pela revista britânica Art Review. Paz, dono do Instituto Inhotim, é o único a ser citado pela segunda vez consecutiva. Em 2011, o empresário ocupou a 76ª posição e, neste ano, ele caiu para o 80º lugar no ranking.
Antes de Paz, a galerista Luisa Strina aparece como a 71ª personalidade mais importante das artes plásticas internacional em 2012. O curador Adriano Pedrosa, curador da 12ª Bienal de Instambul ao lado do costariquenho Jens Hoffmann, ocupa o 98º lugar. 
Nenhum artista brasileiro, porém, foi citado. O topo da lista é ocupado pela americana Carolyn Christov-Bakagiev's, responsável pela curadoria da 13ª edição da importante exposição de arte contemporânea Documenta, realizada em Kassel, na Alemanha. 
O galerista americano Larry Gagosian e o artista e ativista chinês Ai Weiwei ocupam os segundo e terceiro lugares, respectivamente. 

Comentários