Barbosa proíbe condenados de deixarem o país


O ministro Joaquim Barbosa, relator do mensalão, ordenou que os 25 réus condenados pelo STF entreguem seuspassaportes em 24 horas. Com isso, proibiu-os de viajar para o estrangeiro, prevavendo-se contra eventuais fugas.
Barbosa anotou em seu despacho que, no estágio atual do julgamento, de cálculo das penas, seria “inteiramente inapropriada qualquer viagem ao exterior por parte dos réus já condenados.”
Deve-se a decisão do ministro a um pedido formulado pelo procurador-geral da República Roberto Gurgel. A requisição dos passaportes está prevista no artigo 320 do Código de Processo Penal.


Serão intimados a cumprir a ordem: José Dirceu,
José Genoíno,
Delúbio Soares, Marcos Valério, Ramon Hollerbach, Cristiano Paz,
Rogério Tolentino,
Simone Vasconcelos,
 Kátia Rabello,
 José Roberto Salgado,
 Vinícius Samarane, João Paulo Cunha,
Henrique Pizzolato, Pedro Corrêa,
Pedro Henry, João Cláudio Genu,
 Enivaldo Quadrado, Breno Fischberg,
Valdemar Costa Neto,
Jacinto Lamas, Carlos Alberto Rodrigues Pinto (Bispo Rodrigues),
Roberto Jefferson,
Emerson Palmieri,
Romeu Queiroz, e
José Borba.

Comentários