Caso Eliza Samudio: partes debatem em reta final


Macarrão e Dayanne podem conhecer sentença judicial já nesta sexta-feira

Bruno e Dayanne tiveram seus julgamentos adiados para o dia 4 de março de 2013 / João Godinho/O Tempo/FolhapressBruno e Dayanne tiveram seus julgamentos adiados para o dia 4 de março de 2013João Godinho/O Tempo/Folhapress
O julgamento popular do desaparecimento da modelo Eliza Samudio entra no seu quinto dia de trabalhos, na manhã desta sexta-feira, com um debate entre a acusação e a defesa dos réus no caso. O júri começou com cinco réus, porém, após manobras da defesa dos outros envolvidos, apenas Macarrão e Fernanda Gomes seguem no julgamento. Bruno, Bola e Dayanne serão julgados no dia 4 de março do ano que vem. 
Quem falará primeiro no debate será a promotoria, segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Em seguida, a palavra será dos advogados de Macarrão e Dayanne e, no final, haverá espaço para réplica e tréplicas. 
Após o debate, o conselho de sentença se reunirá para definir o destino dos réus. Sendo assim, a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues pode proferir a sentença de Macarrão e Dayanne ainda nesta sexta-feira.

Comentários