Em Cabo Frio, “Espaço Minas, Uai!”, um evento cultural e gastronômico


 
Por Eliane Ribeiro
O “Espaço Minas, Uai!”, evento integrante das comemorações do aniversário de Cabo Frio, acontecerá na Praça Cristóvão Colombo, nos dias 15, 16 e 17 de novembro, oferecendo variada programação musical e uma deliciosa interação entre a gastronomia mineira e pratos à base de frutos do mar. 
- O “Espaço Minas, Uai!” será aberto a todos os visitantes dos diversos estados brasileiros que nos visitarão nesses dias de feriadão. Homenagearemos o povo mineiro, que tanto gosta de Cabo Frio, com um espaço que unirá cultura e gastronomia e também oportunizaremos um intercâmbio das nossas culturas com apresentações de artistas diversos, declarou Paulo Massa, Secretário de Turismo. 
A área de alimentação será aberta às 14 horas com espaço para 600 pessoas, além de restaurantes e barracas oferecendo pratos tradicionais como leitão à pururuca, frango com quiabo e tutu de feijão, dentre outros e entre os aperitivos o famoso torresmo e o delicioso pastel de angu e ainda doces caseiros e a reconhecida cachaça mineira. Também farão parte do cardápio pratos à base de frutos do mar.

A programação musical, gratuita, terá início às 17 horas, com roda de samba e todas as noites acontecerão dois shows com artistas fluminenses e mineiros.

- Inicialmente divulgamos a presença de Vander Lee, mas infelizmente seus produtores não conseguiram conciliar a agenda de shows do cantor. Porém temos certeza de que todos apreciarão a programação musical especialmente preparada para o evento, informou Paulo Massa.

A primeira noite do “Espaço Minas, Uai!” terá um toque feminino com as vozes delicadas e envolventes de Júlia Vargas e da mineira de adoção Aline Calixto.

No segundo dia subirão ao palco Juliana Feliciano e Banda Beeliv e para encerrar o evento, o Grupo Gilberto e seus Caetanos e Flávio Renegado.

Saiba mais sobre os artistas:

Júlia Vargas

Júlia Vargas tem seu trabalho musical avalizado por Ivan Lins. Em seu primeiro disco, produzido pelo violonista Rodrigo Garcia, a intérprete canta duas músicas de Ivan. Uma delas é a inédita Cabelos Molhados, feita pelo compositor a partir de versos da poeta capixaba Marly de Oliveira. A outra é o xote Se Acontecer, parceria do compositor com Lenine, lançada por Ivan no álbum Acariocando.
Júlia também canta Rita Lee, Claos Mózi e Cátia de França, dentre outros nomes brasileiros.
Aline Calixto

A jovem Aline Calixto vem se destacando no cenário de samba nacional e chamando atenção do público e de importantes profissionais da crítica, pela qual é considerada uma das principais promessas da nova geração.
Carioca de nascimento, porém criada em Minas Gerais, Aline venceu diversos prêmios, entre eles o concurso "Novos Bambas do Velho Samba" edição 2008, realizado pela tradicional casa Carioca da Gema e participou do carnaval carioca. Também marcou presença em diversas rodas de samba cantando ao lado de bambas da velha guarda como Monarco, Nelson Sargento, Walter Alfaiate, Wilson Moreira, Martinho da Vila, Luiz Carlos da Vila e de novos talentos como Edu Krieger, Renegado, Rogê e Martnália.
Artistas e jornalistas de peso que tiveram a oportunidade de conferir sua performance, como Monarco e César Tartaglia, comentaram:
"A revelação e a unanimidade do concurso do Carioca da Gema, a mineira Aline Calixto, que veio com um samba diferente de levada mineira. Para mim, Aline é a melhor cantora da atualidade. Ela é minha aposta" (João Pimentel – Jornal O Globo);
"Na minha concepção Aline está pronta pra brilhar. Tem presença de palco, é afinadíssima, além de ser uma criatura que esbanja alegria. Ela está preparada para o sucesso" (Walter Alfaiate)
Aline ganhou fãs no Brasil todo, e já gravou com Martinho da Vila, Sérgio Lorozza e Flavio Renegado. O mundo do samba e da música brasileira abraçou Aline Calixto e ela está prestes a abraçar o mundo.

Juliana Feliciano

Juliana Feliciano é uma cantora popular, nascida em Niterói e criada em Cabo Frio.
Seu início no universo musical foi precoce. Aos 14 anos começou a cantar em bares, acompanhada por um amigo mineiro que acreditou no seu potencial. O incentivo da família sempre foi um importantíssimo combustível para que tudo virasse, um dia, um sonho realizado e uma profissão.
Juliana nunca estudou música nem canto. Mas com um ouvido extremamente apurado, aprendeu a filtrar o que era bom e a entender que sua voz era diferenciada. E com muito sentimento aprendeu a interpretar suas canções preferidas de um modo muito verdadeiro, emocionante e sem vícios.
Com poucos anos de experiência, acompanhada por músicos amigos, a cantora conquistou os palcos da região dos lagos e se tornou um ícone da cidade de Cabo Frio. Levando o seu nome e o da cidade para outros estados.
Depois de uma turnê recente, e totalmente MPB, pela Europa, a cantora retornou para Cabo Frio mais madura e realizada. E é assim, em meio a viagens, gravações e apresentações autênticas de MPB, samba e Pop in Bossa, que Juliana Feliciano realiza o seu desejo de cantar e mostrar a sua verdade e arte seja onde for.

Banda Beeliv

A Banda Beeliv, formada pelo produtor musical norte-americano Alan Pratt (violão e voz) e suas filhas, Bee (Virgínia) e Liv (Olívia) nos vocais, mostra ao público uma nova sonoridade, levando aos palcos a combinação perfeita entre o clássico e o contemporâneo.
Com influências do melhor do Rock ‘n Roll clássico e do Pop/Rock Internacional, o repertório apresenta desde Beatles, U2 e Guns and Roses a Bob Marley, passeando pelo ritmo contagiante do hip hop, provocando na plateia um efeito arrebatador e extasiante!
Em 2011, o som encantador e harmônico da banda conquistou o público do Rock in Rio, que vibrou ao som das belas vozes e do violão afinado de Alan.
O trio contagia por onde passa, albergando novos admiradores a cada apresentação, numa mistura perfeita de talento, beleza e emoção.

Gilberto e seus Caetanos

O grupo Gilberto e seus Caetanos promove um trabalho sério de pesquisa, com enfoque na MPB, realizado pelos competentes músicos Ivo Vargas (voz e violão), Guilherme Narciso (baixo) e Wallace Cardia (bateria).  
Os artistas desenvolvem músicas de grandes compositores brasileiros como Gil, Caetano, Chico Buarque, Djavan, Vinícius de Moraes e Milton Nascimento.
Gilberto e seus Caetanos reproduzem com genialidade e originalidade as músicas, num show que esbanja virtuosismo, prometendo vibração e ótimas recordações sonoras.

Flávio Renegado

Apesar de identificar-se mais com o rap, a música de Flávio Renegado é abrangente e busca inspiração em ritmos brasileiros e latinos, como o samba, maracatu e a bossa nova. Suas letras politizadas e de cunho social estão entre as mais elogiadas do estado de Minas Gerais e são destaque em seu primeiro álbum, "Do Oiapoque a Nova York".
Não por acaso, nos últimos anos Renegado esteve ao lado de alguns dos mais originais artistas da cena musical brasileira, do virtuosístico guitarrista Toninho Horta ao astro da MPB Lenine, assim como aclamados novos nomes da música brasileira como a cantora Aline Calixto e o vanguardista Fernando Catatau, do Cidadão Instigado. Se a diversidade de parceiros aponta a inquietação de Flávio Renegado, sua extensa produção por outras áreas confirma sua vocação artística. Rapper, compositor, instrumentista, poeta, ator e líder comunitário, Flávio Renegado partiu dos estreitos becos do Alto Vera Cruz (comunidade carente da cidade de BH) para tomar o mundo de assalto com seu trabalho que tira o hip hop do gueto e abraça as mais diversas influências.
Ciente de sua capacidade de criação e movimentação por diferentes manifestações artísticas, ele parece ter noção de não pertencer a nenhum gênero específico, nenhuma classe artística definida, nenhuma região, mas ao mesmo tempo, absorve todas elas.

Comentários