Homem é suspeito de jogar filho de dois anos no Rio Cuiabá


Testemunhas viram momento que suspeito jogou criança no rio.
Corpo de criança foi achado por um pescador e resgatado pelos bombeiros.

Uma criança de dois anos foi jogada da ponte sobre o Rio Cuiabá, que divide Cuiabá e Várzea Grande, região meltropolitana, por volta das 6h deste domingo (11). Testemunhas viram o momento que um homem, que, segundo a Polícia Militar, seria o pai da criança, a segurando nos braços próximo à grade de proteção da ponte Júlio Muller e, em seguida, jogar a vítima no rio.


"Estava passando de motocicleta em direção a Várzea Grande e vi que a atitude dele era estranha porque andava de um lado para o outro com a criança nua no colo, bem perto da ponte. Quando vi ele jogando a criança no rio liguei para a polícia e tentei seguí-lo, mas o perdi de vista. Ele estava de moto", disse um rapaz que testemunhou o fato.
O Corpo de Bombeiros fez buscas nas proximidades do local onde a criança caiu no rio e, durante a procura, um pescador informou ter localizado o corpo da criança. Agora, o corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exame de necrópsia.
De acordo com a PM, há suspeita de que o pai tenha jogado a criança e seja o mesmo que tenha ateado fogo na residência no bairro Dom Aquino, na capital, e matado a mulher dele. "Possivelmente, o homem colocou fogo na casa com a mulher dentro e, como não quis matar a criança de outra forma, decidiu jogar no rio", disse o capitão da PM, .
A polícia disse que o crime ocorreu por volta das 5h deste domingo, pouco antes da criança ser jogada da ponte, mas alegou que ainda não tem detalhes do ocorrido.
do G1

Comentários