O País da Malandragem


chapeu
Escrito por Jaime Diógenes   
O que dizer de um País que cultua a malandragem em todos os seus setores, da Presidência da República à mais excluída comunidade de mendigos.

É isso mesmo. Quem ainda não viu ou ouviu falar de mendigos que se fingem de aleijados para pedir esmolas ou Presidentes da República que tentando esconder as ondas de crises econômicas ou tentando proteger seus aliados, as transformam em "marolas" e diz não saber de nada para não ser incluído em escândalos financeiros?
Mas lamentavelmente, sabemos que isso é apenas uma gota d'água, das muitas que formam grandes ondas num oceano de corrupção, e que, deixam indignados os homens honestos. Indignados, revoltados, desesperançosos e sobretudo impotentes, porque, os mais corruptos, o mau exemplo, a impunidade, vem dos setores onde foram depositadas confiança e esperanças, setores estes, que deveriam coibir, fiscalizar e punir os corruptos. (Judiciário, Executivo, legislativo, grandes Empresas estatais e privadas, ONGs e até Igrejas).


A cada escândalo financeiro (o mais recente sempre obscurece os mais antigos deixando-os nos "Tribunais" do esquecimento) entram em ação as partes interessadas, de um lado a tropa que defende os corruptos, tentando justificar o óbvio ou minimizar os fatos, afastando um ou outro dos seus cargos ou mandatos e do outro a tropa dos opositores, batendo forte, exigindo punição. Mas o que estes realmente querem é aparecer para ganhar a confiança do povo na próxima eleição, além da possibilidade de eliminar um futuro adversário político. Só ficam calados quando a outra parte, depois de uma profunda e cara investigação, sempre descobre também um outro delito da parte acusadora. A Imprensa também se manifesta muitas vezes tendenciosa, resguardando a sua fatia do bolo.
Depois de acalmado os ânimos, tudo vai voltando gradativamente à "normalidade", até a próxima descoberta. E ninguém é preso, e mais grave, o dinheiro ou patrimônios envolvidos, geralmente nao aparecem. Sabemos que, neste momento, enquanto lemos este artigo, existem várias fraudes, falcatruas, conchavos e mensalões em andamento e que somente alguns serão descobertos no futuro. Qual serão os pensamentos dos participantes destes grupos ainda não descobertos? medo, angústia, cinismo, ou estão desde já preparando suas defesas? ou desativando as atividades ilícitas?
Mas parece que estamos nos acostumando a toda essa corrupção: é o narrador de futebol que incentiva; "Faltou malandragem do time" ou "Jogador de futebol tem que ser malandro ". E o jogador vai pra Europa faz a primeira malandragem e é severamente punido. Êsse menino é um moleque jogando bola; e o menino cresce, vira homem e continua moleque. Até na música se ouve; "Eu só peço a DEUS um pouco de malandragem"...
Só peço a DEUS que permita que a pequena parte boa dos nossos governantes, consiga a partir de um trabalho educacional desde a escola infantil, modificar esta situação para podermos dentro de alguns (muitos) anos vivermos mais tranquilos. Enquanto isso, continuaremos a assistir como bons expectadores, todos os episódios desta série interminável de assaltos e a formação de novas quadrilhas.

Jaime Diógenes Bispo
14/03/2010

Comentários