Pular para o conteúdo principal

Sentença de "Macarrão" e ex-amante do goleiro deve sair nesta sexta-feira


Alessandra Mendes e Ernesto BragaMontagem/Hoje em Dia/ArquivoLuiz Henrique Romão, o "Macarrão" e Fernanda Gomes Castro conhecerão a sentença nesta sexta-feira
Luiz Henrique Romão, o "Macarrão" e Fernanda Gomes Castro conhecerão a sentença nesta sexta-feira
Dois anos e cinco meses após o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno, dois dos cinco réus do processo receberão nesta sexta-feira (23) a sentença. Um deles, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, foi o “astro” nos quatro dias de julgamento depois de confessar, na madrugada dessa quinta-feira (22), que levou a vítima “para a morte” a pedido do jogador.
A outra personagem, Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do goleiro e “coadjuvante” no caso, foi ouvida nessa quinta-feira em Contagem. Apesar de firme nas respostas, contradisse provas que constam nos autos.
Ela afirmou, por exemplo, que em 4 de junho de 2010 foi à casa de Bruno, no Rio de Janeiro, e cuidou do filho de Eliza a pedido de Macarrão, que teria ligado para ela. Mas a chamada não consta na lista de telefonemas recebidos por Fernanda. O sigilo foi quebrado com ordem da Justiça.
Em outro momento, a ré assumiu ter mentido para a polícia. Em 2010, ela afirmou que Macarrão pediu para que cuidasse do bebê de uma amiga internada no hospital. Quando o promotor perguntou se alguém a orientou a mentir, a mulher, após intervenção dos advogados, alegou que não iria responder. A defesa fez poucos questionamentos e tentou mostrar que Fernanda não teve participação no sequestro de Eliza nem sabia o que poderia acontecer nos próximos dias (o assassinato).
Mas, para o promotor Henry Vasconcelos, Fernanda sempre soube que Eliza seria assassinada. “Tanto que escondeu o rosto quando esteve com Eliza no Rio, mas não se preocupou em fazer o mesmo no sítio de Bruno (em Esmeraldas) pois sabia que a vítima não seria poupada”. Fernanda e a advogada dela, Carla Cilene, não falaram com a imprensa.


Comentários