Vacina contra a malária fracassa em testes com bebês


O teste de uma das principais vacinas experimentais contra malária teve resultados decepcionantes, segundo artigo na revista especializada "New England Journal of Medicine".


Apesar de dados iniciais encorajadores, a imunização conseguiu diminuir em apenas 30% o risco de as crianças vacinas desenvolverem a doença. O teste foi feito com cerca de 6.500 bebês, com idades entre seis e 12 semanas.
A maioria dos especialistas avalia que, com esse nível de sucesso, não vale a pena produzir a vacina para uso mais amplo. A GSK, empresa que criou a imunização, disse que vai intensificar os estudos para entender o que aconteceu.
da folha

Comentários