Youcat, a nova sensação entre os jovens católicos de todo o mundo


Lançado na Jornada Mundial da Juventude e entregue junto com as mochilas dos participantes, o YouCat tem sido a nova sensação dos jovens católicos de todo o mundo.
Youcat
Segundo Dom Rino Fisichella, do Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, “o Papa Bento XVI se interessou desde o começo desta iniciativa. Ele percebeu que era importante e se interessou, seguiu, encorajou-a até o fim e escreveu o prefácio que dá dinâmica ao “YouCat” para toda a Igreja, para todo o mundo,” diz o bispo.

Percorrendo todo o mundo, distribuído em mais de seis idiomas e com mais de 700 mil exemplares já vendidos, o Youcat (abreviatura de Youth Catechism – Catecismo Jovem) consiste no Catecismo da Igreja Católica. Numa linguagem simples, o livro prova que também os jovens estão cada vez mais interessados pelo magistério da Igreja Católica. O padre Federico Lombardi o descreve como “um ‘milagre’, cujo objetivo é continuar falando de Jesus aos jovens de hoje.”
A obra é composta por 527 perguntas e respostas diretas que abordam assuntos da vivência cotidiana da fé católica, respondendo as principais dúvidas dos jovens. Para agradar ainda mais o público a qual ela é destinada, o YouCat possui imagens coloridas e um design moderno.


Pensando ainda em sanar as dúvidas dos fãs deste exemplar, padre Bruno Guimarães, da Arquidiocese de Niterói, no Rio de Janeiro, disponibiliza explicações não somente sobre o livro, mas também sobre seu volume completo lançado em 1997.
“A ideia dessas aulas veio, é claro, por inspiração do próprio Papa Bento XVI que, na introdução do YouCat, faz esse apelo aos jovens, para que conheçam com profundidade a fé católica e estudem o Catecismo sozinhos, em grupos, nas paróquias e nas redes sociais. A partir daí, um grupo de meninas da nossa arquidiocese começou a tentar concretizar essa ideia. E como estive com elas na JMJ em Madrid, elas me propuseram que eu ficasse à frente dessas formações.”
O padre Bruno Guimarães diz também que costuma preparar as suas aulas com antecedência e, nas formações que ocorre na ferramenta de vídeos livestream, os jovens participam de maneira assídua com perguntas e comentários.
Sobre os frutos, o sacerdote diz: “É claro que já vemos alguns primeiros frutos espirituais, no entusiasmo e fidelidade dos jovens. Mas os frutos maiores só veremos com o tempo”. O objetivo das vídeo-aulas seria terminar o YouCat antes da JMJ no Rio, em 2013, “mas pelo ritmo em que estamos, provavelmente não vamos conseguir. Não importa, melhor caminharmos sem pressa, tratando de cada tema com a atenção que merece,” completa o padre.
Com o grupo de estudos do YouCat pela internet tenho aprendido muito. As aulas são sempre animadas e esclarecedoras”, diz Selene Ferreira, que não perde as aulas do padre Guimarães. A internauta ainda se refere à facilidade que hoje se tem em relação as dúvidas que estão na cabeça dos cristãos: “Os encontros virtuais nos permitem estudar de onde quer que estejamos, basta ter um computador com acesso à internet”, continua.
O resultado das aulas-virtuais tem ido além da internet. “Através do estudo também adquirimos um contato maior com Deus, passamos a uma fé mais consciente, que sabe em que (e por que) acredita. Além disso, o grupo de estudos on-line gerou uma linda família, como uma turma de escola mesmo. A gente se fala fora do horário da aula, nos preocupamos uns com os outros e também nos encontramos fora da internet quando podemos. Às vezes, a internet do amigo é melhor e os irmãos se unem em frente ao computador para participar. Acredito que a experiência tem sido muito rica para todos. Se não fosse por esse grupo, provavelmente muitos jovens guardariam o YouCat em algum canto da casa e mal o leriam”, explica Selene.

Comentários