Adriano entra em acordo e pagará R$ 110 mil a jovem atingida por tiro acidental

(O REPÓRTER)  - O jogador Adriano entrou em um acordo com Adriene Cyrillo Pinto, que havia sido ferida por um tiro acidental quando os dois voltavam de uma casa de shows na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no mês de dezembro de 2011. Os dois se reuniram no  9º Juizado Especial Criminal e ficou decidido que o atacante pagará R$ 110 mil a jovem.


Da quantia paga, R$ 60 mil serão por danos físicos e materiais. O restante do valor será para cobrir as despesas médicas do tratamento de Adriene no Hospital Barra D'Or. 
Com esse acordo, o processo contra Adriano e  o ex-policial militar Júlio Cesar de Oliveira, dono da arma que atingiu Adriene, foi extinto.

Comentários