Em São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho não aceita reajuste salarial para o cargo de prefeito

O prefeito eleito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho, (PT)

reafirmou a sua decisão e não aceitou o reajuste salarial para o cargo
de prefeito. 
acréscimo, em obediência a lei que diz que o reajuste salarial para os
cargos de prefeito e vice-prefeito tem que ser realizado de 4 em 4
anos, Chumbinho afirma que não vai aceitar o acréscimo e que e seu
governo receberá a quantia que está sendo paga atualmente. O prefeito
eleito já havia encaminhado a Câmara de Vereadores um documento
solicitando que não fosse aprovada a matéria que previa o reajuste
salarial. O documento foi encaminhado ao presidente da Câmara, Agnaldo
Sodré.

“Permaneço com o mesmo pensamento, não acho justo aumentar o salário
se o município está atravessando uma fase financeira muito difícil”,
disse Chumbinho.


Embora, a Câmara de Vereadores tenha aprovado o

Comentários