Lula rechaça acusações e afirma que banqueiros comandam a grande imprensa

lulaparis

Lula discursou no encerramento do Forúm pelo Progresso Social, em Paris (Imagem: Instituto Lula)

Em discurso numa conferência em Paris organizada por seu instituto, o ex-presidente Lula comparou o tratamento dado pela mídia às denúncias contra políticos e contra banqueiros. Com forte esquema de segurança para evitar a aproximação de jornalistas, o ex-presidente criticou a imprensa.


"Quando político é denunciado, a cara dele sai noite e dia nos jornais. Vocês já viram banqueiro nos jornais? São eles que pagam as publicidades da mídia", reclamou.  De acordo com informações da BBC, Lula falou no evento por cerca 1 hora e 20 minutos e focou na necessidade de buscar soluções para enfrentar a crise.

Ele não comentou denúncias do empresário Marcos Valério divulgadas pelo jornal O Estado de São Paulo. De acordo com a afirmação do condenado no mensalão, Lula teria avalizado empréstimos e tido parte de suas despesas pessoais pagas com o dinheiro que abastecia o esquema de compra de votos de parlamentares durante seu governo.

A participação do petista no 'Fórum pelo progresso social: o crescimento como saída da crise', organizado pelo Instituto Lula e pela Fundação Jean-Jaurè, foi organizada de maneira que os agentes de segurança pudessem a impedir a aproximação dos jornalistas.O ex-presidente deixou o prédio por uma porta lateral.



Comentários