RedeTV atrasa parte dos salários e 13º e Sindicato dos Jornalistas diz que vai "agir"


Nesta segunda-feira (3), o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) publicou em sua página no Facebook que terá que "agir" novamente para que a RedeTV! cumpra com suas obrigações trabalhistas. Segundo a mensagem, é o terceiro ano consecutivo que problemas dessa ordem acontecem.
"Além de atrasar os salários dos funcionários contratados como PJ [pessoa jurídica], a Rede TV! não depositou a primeira parcela do décimo terceiro dos que trabalham com carteira assinada [CLT]", afirma o SJSP.
Jéssica Oliveira*
A entidade acrescentou ainda o desabafo de um funcionário que não teve o nome divulgado. Leia o relato na integra.

"A Rede TV! não pagou a primeira parcela do nosso décimo terceiro salário, que venceu hoje (sexta, dia 30 de novembro), conforme manda a Lei.

Ficam lá pagando de santos promovendo a campanha Direito de Viver (em parceria com o Hospital do Câncer de Barretos), dizendo que vão ajudar as crianças com câncer quando na verdade não são capazes nem de ajudar quem trabalha horas e horas naquela emissora.

Quase ninguém da casa quer participar dessa campanha tamanha insatisfação com tudo lá. Muita gente está indo porque eles obrigaram.

E eles cortaram as horas extras das pobres faxineiras. São pessoas que precisam, que trabalham duro. Não sei como os donos da Rede TV! conseguem colocar a cabeça no travesseiro".
Procurada, a assessoria de imprensa da emissora ainda não se manifestou sobre o assunto. RH e assessoria jurídica não retornaram o contato.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

Comentários