RJ: alegando 'trabalho escravo', agência dos Correios paralisa

Os cerca de 70 trabalhadores do Centro de Tratamento de Encomendas (CTE) dos Correios em Benfica, no Rio de Janeiro, estão paralisados por tempo indeterminado. O secretário-geral do sindicato da categoria (Sintect-RJ), Ronaldo Martins, disse que o motivo da paralisação é o "trabalho escravo" ao qual estão sendo submetidos os trabalhadores. Mesmo após concurso público, segundo ele, o número de vagas não foi preenchido corretamente e há déficit de mão de obra e aumento de encomendas.


Com isto, ele ressaltou que a categoria está extremamente sobrecarregada, sem poder tirar folgas e realizando trabalho dobrado. Martins garante que com o movimento intenso de final de ano, a entrega de encomendas para todo o Rio de Janeiro será prejudicada. A direção do sindicato aguardava representantes da empresa para uma possível negociação.

Comentários