Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 7 de janeiro de 2012

Jornalista é morto a tiros no norte do México


MÉXICO, 7 Jan 2012 (AFP) -O jornalista Raúl Quirino Garza, do jornal 'La última palabra', do distrito de Nuevo León (norte), foi assassinado a tiros em Cadereyta, na região metropolitana de Monterrey, a terceira maior cidade do país, informou neste sábado a Agência Estatal de Investigações.
Quirino Garza, o primeiro jornalista assassinado no México em 2012 depois que ao menos 11 foram mortos em 2011, "foi atacado por um grupo de homens armados quando circulava na tarde de sexta-feira em seu veículo", disse à imprensa uma fonte da Agência de Investigações.
"Ele era repórter do jornal local 'La última palabra', funcionário da secretaria de Desenvolvimento Social do município e acabava de comprar o carro no qual foi morto", explicou a fonte, que pediu para não ser identificada.

O que o brasileiro leu em 2011


Por Deonísio da Silva
A média de venda em países desenvolvidos é 13 livros por ano, por habitante. No Brasil, há poucos anos era inferior a um livro por ano, mas depois que os governos passaram a fazer compras relevantes de livros previamente selecionados, este índice subiu para dois livros anuais por habitante. Em resumo, o brasileiro lê pouco. Mas há uma contradição nisso tudo: o mercado editorial brasileiro é um dos maiores do mundo.
Foi nesse contexto que, do ponto de vista dos negócios editoriais, o autor nacional foi um desastre para as editoras em 2011, especialmente os autores do que se entende por literatura – romance, contos, crônicas, poesia, biografia, ensaio.
No romance, gênero literário por excelência, a solitária exceção foi Jô Soares, com o romance As Esganadas (Companhia das Letras, 88.391 exemplares vendidos). Esse romance é sucesso, não pela qualidade literária inegável, com tramas muito bem urdidas, mas porque o autor é conhecido do público por causa da televisão.
O livro de qualidade pode vender pouco e isso não lhe tira os méritos. De modo análogo, pode vender bastante e ter ou não ter qualidade. Jô Soares concilia qualidade literária e desempenho comercial. Que editor não quer um autor com tal perfil?
Primeiro da lista

Emagreça em poucos dias: todas as dietas


VEJA Rio listou as oito dietas que estão na moda entre os cariocas, suas regras e cardápios milagrosos. Eleja a sua e arrase no verão
por Daniela Pessoa
 
Sabe aquele papo de resoluções de Ano Novo, como começar uma dieta séria no primeiro dia do ano? Pois é, se a sua meta de emagrecimento sucumbiu logo na primeira semana de 2012, não se preocupe. Tem sempre um regime milagroso para acertar as medidas (e o ponteiro da balança) em apenas algumas semanas. Conheça as oito dietas que estão fazendo sucesso entre os cariocas – como a do óleo de coco, a ProPontos e a da princesa, que fez a duquesa Kate Middleton secar para o casamento com o Príncipe William – saiba quais são as regras de cada uma, os prós e os contras e eleja a sua. Ainda dá tempo de aproveitar o verão desfilando nas areias.

Mas, antes de seguir em frente, é importante entender que as dietas, especialmente as radicais e muito restritivas, são apenas atalhos para emagrecer. Elas funcionam, sim, mas o verdadeiro desafio é o que vem depois – mudar hábitos a fim de evitar o efeito sanfona e manter a saúde em dia. “Os regimes ajudam a eliminar o peso rápido, mas o segredo para conservar a boa forma e a saúde é a reeducação alimentar”, afirma a nutricionista Beatriz Rique, da Clínica Ivo Pitanguy e autora do livro Comer para Emagrecer.


Ou seja, mais do que seguir uma semana ou um mês de menu light, é preciso reaprender a comer bem, o que não significa, no entanto, abolir guloseimas e outras delícias engordativas do cardápio. Nada é proibido, desde que seja consumido com moderação. “A dieta deve ser apenas um pontapé inicial para a adoção de uma filosofia de vida saudável, com bons hábitos alimentares e atividade física”, explica Beatriz. Afinal, de nada adianta fazer um regime para, logo em seguida, enfiar o pé na jaca e morrer na praia, certo? Manda brasa.


DIETA PROPONTOS

A nova dieta dos Vigilantes do Peso promete eliminar um quilo por semana desde que não se ultrapasse a quantidade de pontos permitidos por dia. Os associados do Rio (em média 22 000 por mês) emagreceram 82 toneladas em 2011. O novo programa vai além da contagem de calorias dos alimentos através de pontos. Agora, a quantidade de proteínas, carboidratos, gorduras e fibras também é levada em consideração. Uma das principais mudanças é que as frutas (exceto o abacate) e quase todos os legumes passaram a ter zero ponto, estando completamente liberados. Clique aqui para ver três sugestões de cardápio do Vigilantes do Peso


Pontos a favor: o programa alimentar foca na qualidade das refeições, incentivando o consumo de nutrientes e de alimentos que garantem saciedade. Outra vantagem é a flexibilidade, uma vez que nenhuma comida é totalmente proibida. Trata-se, ainda, de uma dieta que não gera ansiedade. “A privação de alimentos deixa as pessoas muito ansiosas, o que abre o apetite e faz com que comam mais”, explica Beatriz Rique.


Pontos contra: o regime dá margem à autosabotagem. É possível, por exemplo, economizar os pontos da carne para comer mais pontos de bombom, o que pode trazer malefícios à saúde. Além disso, segundo a nutricionista Anne Belo, pesquisadora do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), pessoas com o nível de triglicerídio no sangue maior do que 150 não podem ter o consumo de frutas liberado, como propõe o regime.


DIETA DESINTOXICANTE

As atrizes Juliana Paes, Paola Oliveira e Luiza Brunet são algumas das famosas adeptas deste regime, que promete ser uma das principais sensações do ano quando o assunto for secar – e rápido. A dieta detox elimina dois quilos por semana, além de varrer do organismo toxinas que prejudicam a saúde. Saem de cena os corantes, conservantes, alimentos industrializados, café, refrigerantes (inclusive as versões diet ou light), álcool, açúcar, adoçantes, laticínios, frituras e carne vermelha, e entram no cardápio as frutas, os vegetais, os sucos, a água de coco, os chás, sementes como a linhaça, oleaginosas como as nozes, e carnes brancas magras – tudo o mais natural possível, de preferência orgânico. A médica cardiologista e ortomolecular Heloisa Rocha, autora do livro Emagreça com a Dieta das Estrelas, defende ainda o consumo de alimentos ricos em antioxidantes em seu programa detox, como folhas verdes escuras, chá verde e frutas cítricas, pois combatem os radicais livres. Clique aqui para ver um exemplo de cardápio

 
Juliana Paes e Paola Oliveira: quilos a menos graças à dieta detox

Já na clínica da nutricionista Patrícia Davidson Haiat, em Ipanema, que atende famosas como a atriz Julia Almeida, a bola da vez é o Programa Healthy Detox. Ele engloba, além da dieta, terapias corporais funcionais como drenagem linfática e auriculoterapia, banhos terapêuticos que aliviam a tensão e a ansiedade e escovação corporal e da língua para ativar a circulação. Trata-se de um programa mais radical, que sugere ainda a colocação de filtro no chuveiro para eliminar as impurezas da água do banho, a não utilização de produtos de beleza com muita química, como maquiagens, e a distância de fontes emissoras de eletromagnetismo, como computadores e celular. Em alguns casos, até mesmo a colonterapia (lavagem do intestino grosso) é indicada.

Pontos a favor: perda de peso rápida e melhora da qualidade da alimentação, com bastante ingestão de fibras e água. Trata-se de uma dieta que foca na saúde. “A função do fígado, dos rins e do intestino, principais órgãos responsáveis pela eliminação de toxinas, fica otimizada”, afirma a nutricionista Kelly Anne Vieira, do Centro de Estética InCorpore, em Copacabana. Dessa forma, o corpo passa a trabalhar de forma mais harmoniosa, havendo redução da inflamação das células, melhora da absorção de nutrientes e diminuição da resistência à perda de peso. Pele bonita, menos inchaço e menos celulite também são consequências.


Pontos contra: por ser bastante radical e restritiva, muitas pessoas acabam abandonando a dieta e desistindo de uma mudança nos hábitos alimentares, que poderia ser gradual. Além disso, a nutricionista Gabriela Maia, da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, não recomenda fazer o regime sempre que der na telha. “Ele deve ser seguido apenas uma vez por ano ou em períodos de festas em que a comilança impera”, afirma.


DIETA DO ÓLEO DE COCO 

O óleo de coco extra virgem é um produto natural, extraído por prensagem a frio, que não é submetido ao processo de refinamento e desodorização como alguns óleos vegetais. Se comparado aos demais em termos de qualidade, ele é o melhor para cozinhar, uma vez que não perde as características nutricionais em temperaturas elevadas. A única regra da dieta é tomar três colheres de sopa do óleo ao longo do dia. E ele deve ser aliado, é claro, a um cardápio leve.

Pontos a favor: rico em ácido láurico, um poderoso anti-inflamatório, o óleo de coco é facilmente absorvido pelo corpo. Ele ajuda a reduzir o percentual de gordura do organismo, além de aumentar o colesterol bom (HDL) e contribuir para o funcionamento adequado da tireoide e das enzimas metabólicas. O oléo também ajuda a controlar o apetite e a compulsão por doces. Contém, ainda, ácido cáprico e caprílico, de ação antifúngica, antibacteriana e antiviral. 

Pontos contra: "se consumido em grande quantidade, o óleo de coco pode provocar diarréia", alerta a nutricinista Kelly Anne. Por isso, o ideal é começar a consumi-lo em pequenas quantidades (uma colher de sobremesa por dia) e, aos poucos, ir aumentando até chegar às três colheres de sopa diárias preconizadas na dieta. 



DIETA DO MACARRÃO 


Este regime é a novidade mais recente no mercado, recém-saída do forno, que funciona à base de uma espécie de “miojo milagroso”. A massa japonesa, poderosa no combate à obesidade, é feita com água e konjac, uma raiz semelhante ao inhame. Na terra dos samurais, o macarrão é chamado de itokonnyaku ou shirataki e é consumido há mais de um século. Por aqui, no ocidente, o macarrãozinho ficou famoso graças a Nigella Lawson, chef de cozinha inglesa e apresentadora de um programa de televisão sobre gastronomia, transmitido no Brasil pelo canal GNT.

 
Nigella Lawson: a chef inglesa emagreceu depois de descobrir o itokonnyaku


Nigella, que perdeu quilinhos consideráveis no final do ano passado, atribuiu o sucesso da dieta ao tal miojo, que ganhou nos Estados Unidos uma pitada de marketing: lá, é conhecido comomiracle noodle ("macarrão milagroso"). A febre é tanta que o produto é vendido inclusive em sites como o Amazon. O macarrão de Nigella tem apenas 10 calorias por porção e zero carboidrato. Ele é composto por 97% de água e 3% de fibras na forma de uma substância chamada glucomanan. É ela que torna o alimento aliado do emagrecimento. Em contato com a água, o glucomanan se expande, criando volume no estômago e dando a sensação de saciedade.

Pontos a favor: o itokonnyaku propicia uma redução de estômago temporária, o que ajuda a emagrecer sem sentir fome. O macarrão também auxilia no controle do colesterol, da glicose, dos triglicerídeos e da pressão arterial. 


Pontos contra: além de ser insosso ao paladar (a massa precisa absorver o sabor dos temperos para se tornar palatável), o miojo milagroso tem poucos nutrientes. Portanto, deve ser usado apenas como complemento de um cardápio light balanceado e nutritivo.


DIETA DO DR. ATKINS

Criado pelo cardiologista americano Robert Atkins, o regime, que se popularizou nos anos 90, ficou conhecido no mundo inteiro como dieta da proteína. Desde então, nunca saiu de moda e deu origem, inclusive, à dieta da princesa, seguida à risca por Kate Middleton. Alimentos fonte de carboidrato, como arroz, pães e massas, estão proibidos. São permitidos apenas os ricos em proteína, como carne, frango, laticínios, bacon e ovos, que podem ser consumidos livremente. Dado o cardápio também rico em gorduras, pode soar estranho, mas o regime promete eliminar até oito quilos em um mês. É que, na falta de reserva de açúcar, o metabolismo usa gordura e massa muscular como fonte de energia.


Pontos a favor: fácil adesão, uma vez que não há restrição de quantidade dos alimentos, e perda rápida de peso.


Pontos contra: a maior parte do peso eliminado é de água e músculo. “A perda de gordura não é superior quando comparada com outras dietas”, garante Anne Belo. Além disso, o excesso de gordura e de proteína animal, bem como a falta de fibras no cardápio, são prejudiciais à saúde. A médio e longo prazo há alto risco de aumento do colesterol no sangue e de desenvolvimento de doença cardiovascular. O regime também pode influenciar o funcionamento dos rins e do intestino, causando gases, prisão de ventre, redução da absorção de nutrientes e mau hálito.


DIETA DUNKAN

Trata-se de uma releitura da dieta do Dr. Atkins feita pelo nutricionista francês Pierre Dunkan. Também conhecido como dieta da princesa após ter sido popularizado por Kate Middleton, o regime é capaz de eliminar três quilos em cinco dias.




DIETA DAS NOTAS
 
Carolina Dieckmann, Monique Evans e William Bonner: redução de medidas depois da dieta das notas

Parecido com a dieta dos pontos dos Vigilantes do Peso, o regime criado pelo endocrinologista Guilherme de Azevedo já foi adotado por famosos como Carolina Dieckmann, Susana Vieira, Fátima Bernardes e William Bonner para diminuir as medidas. Uma nota é atribuída a cada alimento. Está tudo liberado, desde que não se ultrapasse a nota do dia, estabelecida de acordo com a altura, o sexo e a idade de cada indivíduo. O regime também propõe a quantidade e a frequência com que cada alimento deve ser consumido. Seguida à risca, a dieta queima um quilo por semana. Clique aqui para ver um exemplo de cardápio


Pontos a favor: quem não abre mão de um docinho ou de alguma outra comida específica se adapta bem a essa dieta, porque ela não tem restrições alimentares. Basta cumprir a cota de notas. O regime também ajuda a estabelecer o tamanho das porções e a frequência com que determinados alimentos devem ser consumidos, o que é positivo em termos de reeducação alimentar.


Pontos contra: para a pesquisadora Anne Belo, do INC, a proposta de notas e estrelas dadas aos alimentos é um pouco confusa. Segundo Gabriela Maia, outro ponto importante é que o regime não leva em conta a qualidade das refeições. “Uma pessoa pode escolher comer todas as notas do dia em bridageiro, por exemplo, o que estimula ainda mais a compulsão alimentar”, alerta.




DIETA DA CONTAGEM DE AÇÚCARES

Celebridades como a atriz Luiza Tomé e a ex-modelo Monique Evans já recorreram à badalada clínica do nutrólogo Alberto Serfaty, com unidades no Leblon e na Barra, para perder peso. Vera Fisher frequenta o consultório até hoje. O médico é um dos maiores entusiastas brasileiros da dieta de baixo carboidrato, rica em proteínas, que promete eliminar até oito quilos em um mês. Restringir a ingestão de açúcares e derivados ao máximo de 40 g por dia é a base deste regime, que obriga o organismo a queimar sua reserva energética estocada. A ênfase é dada à ingestão de proteínas magras (peixe, frango, peru etc), gorduras monossaturadas (como azeite de oliva extra virgem, azeitonas e abacate), gorduras poli-insaturadas (nozes, avelãs, castanhas, óleo de linhaça, germe de trigo, gergelim etc) e açúcares complexos (como os das frutas), vegetais e grãos integrais como lentilhas e feijões.


Pontos a favor: assim como a dieta dos pontos, este programa alimentar é bastante flexível. Por não oferecer grandes restrições, o regime não gera tanta ansiedade como outros mais restritivos. O limite de açúcares no cardápio ajuda ainda a modular a secreção de insulina no sangue, que, em excesso, leva à fome e pode causar também infartos, derrame e diabetes.

Pontos contra: assim como outros regimes à base de proteínas, a maior parte do peso eliminado é de água e massa muscular. A restrição exagerada de carboidratos, a falta de fibras e o consumo elevado de proteínas também podem trazer consequências prejudiciais à saúde, como aumento de ácido úrico e colesterol no sangue, oscilações de humor e intestino preso. “Uma pessoa saudável deve ingerir 290 g de açúcares por dia. O consumo diário de apenas 40 g fica muito aquém das necessidades do organismo”, afirma a nutricionista Gabriela Maia. Segundo ela, dietas como esta devem ser seguidas por um curto período de tempo, como no máximo sete dias.

Professora ofende gays, é presa, xinga policiais e chuta carro


No interior de São Paulo, mulher de 41 anos hostilizou um casal de homossexuais. Ao ser presa, chamou os policiais de "coxinhas"
A professora J.O.S.C., de 41 anos, foi presa em flagrante, sexta-feira (7), em Tietê, a 145 km de São Paulo, acusada de ter ofendido um casal de homossexuais que andava de mãos dadas pelas ruas da cidade. De acordo com a Polícia Militar, os dois homens, de 23 e 47 anos respectivamente, foram chamados de "bichas e boiolas" pela professora ao cruzar com ela pela rua. Os ofendidos chamaram a polícia. De acordo com a PM, os policiais que atenderam a ocorrência foram desacatados pela mulher, que os chamou de "coxinhas".

Brasil passará por crivo da ONU em direitos humanos


A Revisão Periódica Universal (RPU) é um mecanismo inovador do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (CDH) que, em 2012, entra em seu segundo ciclo. Este mecanismo determina que todos os 193 Estados-membros da ONU sejam submetidos periodicamente a uma revisão, entre seus pares, de sua situação de direitos humanos.
O Brasil passou pela primeira vez pelo mecanismo em 2008 e recebeu 15 recomendações sobre diversos temas. O país passará novamente pelo crivo da RPU em maio de 2012. O processo preparatório, no entanto, iniciou-se em novembro de 2011. As informações são da ONG Conectas.

3 marcas tradicionais que podem morrer em 2012


Saiba quais são as marcas em risco de extinção e as que podem dar a volta por cima neste ano, segundo a consultoria CoreBrand
Scott Olson/Getty Images
 Filmes da Kodak
Kodak luta para sobreviver ao fim da era dos filmes e corre o risco de desparecer em 2012, diz consultoria
A CoreBrand, empresa de estratégia em comunicação, divulgou na última semana suas previsões para 2012, incluindo a potencial extinção de três marcas que já foram influentes no passado.
A primeira delas é a Kodak, que reinou durante a era das máquinas fotográficas de filme, mas não consegue fazer com sucesso a transição para a era digital.
A segunda é a Saab. Com mais de 60 anos de vida, a fabricante sueca já fascinou os fãs de automóveis com seus sedãs no passado, mas hoje luta contra a falência.
A terceira maca ameaçada de extinção, segundo a consultoria, é a Sears, cadeia de lojas de departamentos americana. Embora tenha anunciado planos de vir para o Brasil recentemente, a marca está prestes a fechar mais de 100 lojas nos Estados Unidos graças ao fraco desempenho da rede.

A (sensual) história da Barbie

Glamur, polêmicas familiares, dinheiro e até sacanagem envolvem o mundo cor-de-rosa da verdadeira bonequinha de luxo
por Marcella Chartier

1. Filhinha da mamãe

Barbie é o apelido de Barbara Millicent Roberts, filha da criadora da boneca. Os irmãos de Barbara também são famosos: Ken virou o namorado (sim, na vida real Ken e Barbie são irmãos) e Skipper é irmã de Barbie também no mundo dos brinquedos. O verdadeiro Ken era homossexual, apesar de ter constituído família com uma mulher. Ele morreu de aids em 1994.



2. Brinquedo de adulto



O design da Barbie foi inspirado em uma personagem de quadrinhos pornô alemã, chamada Bild Lilli, e isso ninguém esconde. Mas os detalhes não são oficiais: de acordo com o jornalista americano Jerry Oppenheimer, o designer que fez a boneca era viciado em sexo e criou as medidas dela de acordo com gostos pessoais.




3. Que (falta de) saúde!



Se a Barbie fosse uma mulher de 1,68 metro, ela teria 50 centímetros de cintura, 69 de busto e 73 de quadril. Uma mulher tão magra deixaria de menstruar normalmente, segundo uma pesquisa da Universidade de Helsinque. Ainda assim, a britânica Sarah Burge achou boa ideia gastar 500 mil libras em cirurgias plásticas para ficar igual à boneca. Por ano, ela paga cerca de 22 mil para manter tudo no lugar.




4. Perua



Mais de 70 estilistas de alta-costura já criaram roupas para ela, incluindo Gucci, Versace e Armani. Para a confecção das roupas já foram usados mais de 95 milhões de metros de tecido. E os altos números estão também nos acessórios: a Barbie já teve mais de 1 bilhão de pares de sapatos e joias de diamantes avaliadas em US$ 600 mil, do joalheiro australiano Stefano Canturi.




5. Bonequinha de luxo



Foi depois de criar a Barbie, em 1959, que a Mattel entrou no ranking das 500 maiores empresas dos EUA. Demorou 3 anos para que eles conseguissem atender à demanda dos consumidores, de tanta procura pela boneca. Hoje, são vendidas 172 800 Barbies por dia no mundo, ou seja, 2 por segundo.




Fontes Mattel; Toy Monster: The Big, Bad World of Mattel, de Jerry Oppenheimer.

Receita de caipirinha de mexerica e canela


claudia-comida-e-bebida-caipirinha-de-mexerica
Pronto em: 2 minutos
Ingredientes:
400 ml de cachaça envelhecida
3 mexericas do tipo morgote, sem casca e sem sementes, cortadas em gomos
Açúcar a gosto
Cubos de gelo a gosto
Canela em pó para polvilhar
Modo de preparo:
Em uma coqueteleira, amasse a mexerica com o açúcar e 100 ml da cachaça. Coe e transfira para uma jarra. Acrescente o restante da cachaça e bastante gelo. Polvilhe com canela e sirva. Rende 4 copos do tipo baixo.

'Ilhados' em Campos assinam termo de compromisso


ITALO NOGUEIRA
ENVIADO ESPECIAL A CAMPOS (RJ)

Sem conseguir convencer os moradores de Três Vendas, em Campos dos Goytacazes (RJ), a saírem de casa após o alagamento do bairro, a prefeitura tenta fazer com que os que optaram por ficar "ilhados" assinem termo de responsabilidade por permanecer na área.
"Oferecemos a oportunidade deles saírem. É normal a prefeitura coletar esses termos caso a pessoa queira ficar em área de risco", disse o secretário de Defesa Civil, Henrique Oliveira.

Petrobras recebe até domingo inscrições para concurso com salários de até R$ 6 mil


Provas serão aplicadas no dia 5 de fevereiro para candidatos de nível médio e superior
Os interessados em participar do concurso da Petrobras têm até este domingo (8) para se increver no processo seletivo. São 90 vagas para níveis médio e superior de ensino, com salários que variam de R$ 1.437,55 a R$ 6.217,19. 
Os interessados em participar do processo seletivo devem se cadastrar no site da Fundação Cesgranrio, responsável pelo concurso. As taxas de inscrição são de R$ 35 para nível médio e R$ 50 para superior. 
As oportunidades para cargo de nível médio são para técnico de administração e controle júnior; técnico de contabilidade júnior; técnico de manutenção júnior - ênfase em elétrica; técnico de manutenção júnior - ênfase em mecânica; técnico de operação júnior; técnico de química júnior; técnico de segurança júnior; técnico de suprimento e logística júnior. 

Começam as inscrições para o Sisu; sistema oferece 108 mil vagas pela nota do Enem


São 64 mil apenas nos cursos de bacharelado no sistema que usa a nota do Enem

Da Agência Brasil
Estudantes que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2011 já podem se inscrever para disputar uma das 108 mil vagas em universidades públicas que serão oferecidas por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).
As inscrições começaram à 0h deste sábado (7). As oportunidades estão distribuídas em 3.327 cursos de universidades federais e estaduais, além de institutos federais de Educação Profissional.  
O maior número de vagas disponíveis (64 mil) está nos cursos de bacharelado. Há, por exemplo, 2.487 vagas em cursos de direito, 1.443 em medicina e 3.958 em graduações na área de administração.

Além das carreiras mais disputadas nos vestibulares tradicionais, há oportunidades em cursos menos conhecidos pelos estudantes como astronomia, ciências ambientais, produção cultural e mineração. 

Em Nova Friburgo, calote de R$ 56 mi para reconstrução do município


Com "nome sujo", município teve os recursos federais bloqueados pelo Tesouro Nacional
Carlyle Jr.
CÓRREGO_DANTASJadson Marques / 02.01.2012 / Agência Estado -Por causa do atraso nas obras, um novo temporal colocou Nova Friburgo em alerta máximo para novas enchentes
As obras de reconstrução de Nova Friburgo, na região serrana do Rio, que poderiam devolver a tranquilidade aos sobreviventes da tragédia das chuvas de 2011, ficaram paradas por quase três meses por causa de uma dívida de R$ 56 milhões da prefeitura com o INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social).
O impasse colocou a cidade na lista de inadimplentes do Cauc (Cadastro Único de Convênios), que funciona como espécie de SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) dos municípios. Com o “nome sujo”, cerca de R$ 6 milhões, recursos federais destinados à parte das obras de recuperação e prevenção de novos desatres, foram bloqueados pelo Tesouro Nacional. 

Em Arraial do Cabo, material de pesca irregular é apreendido pela secretaria do Ambiente


As redes para pescar camarão que estavam sendo colocadas às margens da Lagoa de Araruama só podem ser instaladas a 50 metros do local.
 A secretaria do Ambiente de Arraial do Cabo apreendeu, ontem (6), redes de camarão que estavam sendo colocadas às margens da Lagoa de Araruama na Ponta das Coroinhas, em Pernambuca. Por lei, as redes para esse tipo de pesca só podem ser instaladas a 50 metros da margem. Todo o material apreendido foi encaminhado ao horto municipal.
do RJ INTER TV 2ª Edição

Em Cabo Frio, taxistas insistem em cobrar por tabela e ignoram o taxímetro obrigatório


Eles confessam que não usam taxímetro na alta temporada, praticando preços tabelados, e prefeitura afirma que eles podem ser punidos.
Tabela na mão e taxímetro desligado. A ação irregular acontece em Cabo Frio, onde taxistas estão cobrando corridas por preço fixo, sem usar o equipamento obrigatório.
Alguns taxistas confessam que não usam taxímetro na alta temporada, praticando preços tabelados. Cada um deles carrega uma cópia da tabela no carro. Eles afirmam que a tabela foi elaborada pela própria prefeitura.

Em Maricá, bebê é sequestrado e abandonado na praça por mulher que teria se arrependido


A mãe foi vacinar o filho quando uma mulher ofereceu a ela um bombom. Depois de comer o doce, ela dormiu na calçada e a criança foi levada.
Um bebê de apenas quatro meses foi sequestrado e devolvido à mãe ontem (6) em Maricá, na Região dos Lagos. Ele foi encontrado na praça do centro da cidade e resgatado pelo Conselho Tutelar. A mãe da criança contou ter recebido um sonífero da mulher que levou o bebê.
A mãe foi vacinar o filho quando uma mulher que estava em uma rua próxima ao posto de saúde ofereceu a ela um bombom. Depois de comer o doce, ela se sentiu mal e dormiu na calçada. Quando acordou, a criança havia desaparecido.

Cesta de remédio mais em conta para aposentados


Além de aumento de benefícios do INSS, representantes da categoria vão negociar com governo oferta de medicamentos de uso contínuo na rede de Farmácia Popular
Representantes de aposentados e pensionistas do INSS, na briga por melhores benefícios, vão propor ao governo a criação de cesta de medicamentos de uso contínuo que saiam de graça ou com preços mais em conta para os idosos. O objetivo é ampliar a linha de produtos da rede Farmácia Popular. Remédios para osteoporose, doença pulmonar, insuficiência cardíaca, analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos, além de colírios e diuréticos — que não estão na Farmácia Popular —, seriam incluídos na lista.
- Tem muito médico que receita remédios que os idosos não podem comprar, por causa do preço. Se o medicamento estiver disponível na Farmácia Popular, isso vai facilitar a vida dos aposentados, avalia o presidente do Sindicato Nacional da categoria, ligado à Força Sindical, João Batista Inocentini.

Menos sal no pão dos brasileiros


Anvisa orienta padarias para preservar saúde dos consumidores
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na quinta-feira (7) documento orientando padarias, restaurantes e lanchonetes a reduzirem o sal em seus alimentos: a prioridade é o pão francês. A população brasileira costuma consumir 12 gramas de sal por dia. Somente um pãozinho já tem quase 1 grama. Se fossem ingeridas a cada 24 horas apenas 5 gramas — como recomenda a Organização Mundial de Saúde — a hipertensão e as mortes por infarto cairiam em até 10% no Brasil. E a redução de óbitos por derrame seria de 15%.
- Nossa meta é reduzir gradativamente a quantidade de sódio nos alimentos sem perda do paladar. Até 2014, pretendemos que haja redução de 10% do sódio no pão francês, explicou a gerente-geral de Alimentos da Anvisa, Denise Resende.
O sódio é o principal elemento do sal: corresponde a 40% da composição do alimento. Nos 5 gramas de sal recomendados, por exemplo, há 2 gramas de sódio. Nos rótulos dos produtos, é a quantidade de sódio que vem registrada.

SUS oferece novas próteses mamárias para mulheres que tiveram problema com implantes de silicone


Serviço pode ser usado mesmo por quem fez a colocação do implante em clínica privada
O SUS (Sistema Único de Saúde) financia cirurgias plásticas e novas próteses mamárias para as brasileiras que implantaram silicone e precisam passar por reparação. 
O serviço já existe na rede pública de saúde e vale inclusive para pacientes que têm as próteses da marca francesa Poly Implant Prothèse (PIP). A paciente que for fazer a substituição deve passar por exames no SUS e ter prescrição feita por um médico conveniado ao Sistema Único de Saúde. 
A troca pode ser feita mesmo por mulheres que receberam a prótese de silicone em clínicas particulares e agora não têm condições financeiras para fazer uma nova cirurgia.

Toda prótese como um elemento estranho ao corpo sofre um processo de envelhecimento e desgaste normal. No caso das próteses de mama, a duração estimada é de 10 anos.

Reajuste de aposentados que ganham acima do salário mínimo volta a ser negociado


A presidente Dilma Rousseff mandou o governo reiniciar as negociações com os sindicatos sobre o reajuste de nove milhões de segurados do INSS que ganham acima de um salário mínimo (R$ 622). Segundo o jornal "Correio Braziliense", apesar de resistir à ideia de um aumento maior, a presidente encaminhou um ofício, em 26 de dezembro, aos ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, para que conversem com os representantes dos aposentados a partir de fevereiro.

Inmetro: novas regras de segurança e eficiência energética para micro-ondas


Empresas terão prazo de 12 meses para se adequarem às mudanças previstas para fabricação de micro-ondas
O Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) anunciou novas regras de segurança e eficiência energética para a fabricação de fornos micro-ondas, a fim de prevenir acidentes e incluir o produto no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE).
Entre as principais mudanças, os aparelhos terão que informar o quanto consumem de eletricidade, como já acontece com outros eletrodomésticos da linha branca. Os micro-ondas receberão a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (Ence), que indica o nível de eficiência energética. De acordo com uma pesquisa de opinião feita pelo Inmetro, a Ence influencia a decisão de compra para 78% dos consumidores brasileiros ouvidos.

Bom dia! Os destaques dos jornais deste sábado, 7 de janeiro


O Globo
Manchete: Águas de janeiro - Alerta de temporais só existre em 20% das cidades sob risco

Anunciado há um ano, sistema federal começou a funcionar em novembro

Numa estação marcada por enchentes, apenas um em cada cinco municípios com alto risco de desastres naturais é supervisionado pelo órgão encarregado de enviar alertas. O Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, do Ministério de Ciência e Tecnologia, foi anunciado há um ano e instalado só em novembro de 2011, ao custo de R$ 14 milhões. Até hoje, das 251 cidades sob risco, apenas 56 têm mapeamento dos problemas. Ontem, choveu forte no leste de MG: duas pessoas foram soterradas em Governador Valadares, elevando para 12 o número de mortos. No Rio, 500 moradores de Três Vendas, distrito de Campos relutam a deixar suas casas, onde a água chegou a dois metros de altura. (Págs. 1, 3 a 12, 16 a 18 e editorial "Estado perde eficiência").
Arte com direitos autorais
Lei não cumprida de repasse de percentual a artistas ou herdeiros motiva uma ação na Justiça e esquenta o debate sobre direitos autorais. (Pág. 1 e Segundo Caderno) 

Inflação na meta, por muito pouco

O IPCA, que mede a inflação oficial, fechou o ano de 2011 em 6,5% no teto da meta do governo. A redução do IPI sobre eletrodomésticos, no fim do ano, foi importante para deixar a taxa controlada em dezembro, segundo o IBGE. (Págs. 1, 29 e 30 e editorial "Inflação precisa sair da zona de perigo")

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Cabral está com medo de uma greve da PM


Reprodução do Informe do Dia
Reprodução do Informe do Dia
A ordem do Palácio Guanabara já foi dada ao comandante-geral da PM, coronel Erir Ribeiro: agir implacavelmente e impedir qualquer reunião de policiais militares, e se for preciso, prender líderes administrativamente. O medo de Cabral é de que o movimento de policiais militares que aos poucos está se espalhando pelo Brasil chegue ao Rio de Janeiro. No final do ano passado teve greve no Maranhão, e agora na virada do ano foram os policiais militares do Ceará que cruzaram os braços. 

Globo divulga novo visual da Globeleza


O visual 2012 de Aline Prado
É com este visual que a Globeleza Aline Prado surgirá na ela da Globo este ano. A bela já gravou a vinheta de Carnaval deste ano e a emissora já bateu o martelo: o filmete irá ao ar a partir do dia 15 deste mês. Antes, porém, a mulata fará uma participação num dos vídeos do “Samba da Globalização” cantados por Arlindo Cruz, que será exibido a partir de sábado.

Inscrições para o Sisu começam à meia-noite; há vagas em 3,3 mil cursos


Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A partir da meia-noite de hoje (6), estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 podem se inscrever para disputar uma das 108 mil vagas em universidades públicas que serão oferecidas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As oportunidades estão distribuídas em 3.327 cursos de universidades federais e estaduais, além de institutos federais de Educação Profissional.
O maior número de vagas disponíveis (64 mil) está nos cursos de bacharelado. Há, por exemplo, 2.487 vagas em cursos de direito, 1.443 em medicina e 3.958 em graduações na área de administração. Além das carreiras tradicionalmente mais disputadas nos vestibulares tradicionais, há oportunidades em cursos menos conhecidos pelos estudantes como astronomia, ciências ambientais, produção cultural e mineração.

No Rio, escolas de samba começam ensaios técnicos na Sapucaí; veja a programação


Campeã de 2011, Beija-Flor será a primeira a se apresentar no próximo domingo
Carnaval
Foliões poderão assistir aos preparativos das agremiações
Os cariocas poderão conferir, a partir de domingo (8), as novidades das escolas de samba dos grupos especial e de acesso A do Rio de Janeiro para o Carnaval 2012. Além dos ensaios nas quadras, os foliões terão a opção de assistir aos ensaios técnicos no sambódromo, no centro da cidade.

Pré-sal, royalties e as mudanças na legislação


Por Adital
Desde sempre, vultosas somas de recursos envolvem a área do petróleo. Com o advento do pré-sal, esses valores tendem a crescer magistralmente, justificando todo o esforço acadêmico e social, no sentido de garantir aplicação socialmente justa dessas relevantes riquezas.
O crescimento do PIB do Brasil de 7,5%, ocorrido em 2010, o guindou à posição de sétima economia do mundo. Diferentemente dos países componentes do G7, o Brasil está posicionado no 73º lugar no ranking do IDH 2010, com um valor de 0,699, abaixo inclusive do IDH médio da América Latina e Caribe que é de 0,706 (PNUD, 2010).
É já por demais sabida a capacidade que têm as elites brasileiras de se apropriar dos vários espaços de poder no sentido exclusivo dos seus interesses. Precisa-se evitar que ocorra o mesmo com os recursos do pré-sal.
Os Royalties

Por que não devemos apoiar as greves policiais?


Por Pró-Núcleo da União Popular Anarquista
O principal acontecimento político de fins de 2011 e início de 2012 em Fortaleza foi a greve dos Policiais Militares. Ela sucedeu o intenso período das mobilizações populares em defesa da educação, marcada centralmente pela perseguição política e repressão aos professores estaduais em greve.

Movimento gay prefere Lula a Dilma


 
Para Toni Reis, Lula entendia melhor as reivindicações do movimento LGBT. Foto: Brizza Cavalcante/Ag. Câmara
A presidenta Dilma Rousseff passou de ano “raspando” em sua estréia no cargo mais importante do país, na avaliação da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis). Apesar de ter prometido em sua campanha eleitoral que lutaria para garantir o respeito aos direitos humanos, inclusive os dos homossexuais, Dilma não conseguiu avançar em seu primeiro ano, segundo lideranças do movimento. Para eles, a presidenta cedeu a pressões de setores religiosos e não se abriu para as reivindicações da comunidade. Uma postura bem diferente da adotada pelo ex-presidente Lula, mais aberto ao diálogo e receptivo aos pedidos dos homossexuais, observam representantes de entidades ligadas à causa.

Calote do consumidor volta a crescer em 2011


Após recuar em 2010, inadimplência chega a 5,34% no ano passado, segundo CNDL
Mariana Londres
O calote do consumidor crescer 5,34% no ano passado, informou nesta sexta-feira (6) a CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas). O resultado vai na contramão do registrado em 2010, quando a inadimplência recuou 1,85%.
De acordo com a CNDL, o principal motivo para a queda na inadimplência em 2010 foi o aumento do emprego e da renda e a injeção dos recursos do 13º salário na economia. 

No Aeroporto de Cabo Frio, Polícia Federal faz operação de combate ao tráfico


Passageiros, bagagens e também as cargas que chegaram durante o dia foram vistoriados por policiais e por cães farejadores.
A Polícia Federal vem reforçando a fiscalização em diversos terminais de passageiros do interior do estado, e ontem (5) a operação foi desencadeada no Aeroporto Internacional de Cabo Frio. O objetivo é coibir a entrada de drogas e checar a documentação dos estrangeiros que entram no país.
Os passageiros que embarcaram ou desembarcaram no aeroporto de Cabo Frio durante todo o dia foram revistados pelos policiais e tiveram as bagagens verificadas por cães farejadores. A novidade não incomodou turistas como a advogada Érica Corrêa, que chegava com a família de Minas Gerais. Ela sabe que a Região dos Lagos recebe muitos estrangeiros nessa época do ano, e considera a operação como positiva.

Em Maricá, quatro pessoas são presas com drogas


Eles estavam com 212 pedras de crack, 159 trouxinhas de maconha e 141 sacolés de cocaína
Três homens e uma mulher foram presos com drogas na noite de quinta-feira (5), em Maricá, região metropolitana do Rio.
Com eles, a polícia encontrou 212 pedras de crack, 159 trouxinhas de maconha e 141 sacolés de cocaína.
Policiais do Batalhão de São Gonçalo (12º BPM) faziam um patrulhamento na comunidade do Saco da Lama, no bairro da Amizade, quando suspeitaram do grupo.
Todos foram autuados por tráfico de drogas na Delegacia de Maricá (82ª DP), onde o caso foi registrado.
R7

Bom dia! Os destaques dos jornais desta sexta-feira, 6 de janeiro.


O Globo
Manchete: Águas de janeiro - Cheia avança no estado e expõe obras malfeitas

Trecho de BR reconstruído pelo Dnit é arrastado por rio pela 3ª vez desde 2007 

Pela terceira vez desde 2007, o Km 120 da BR-356 (Itaperuna-Campos) não resistiu à força das correntezas do Rio Muriaé, no Noroeste Fluminense. Ontem, com o rompimento de um dos diques que cercam Campos, um pedaço da rodovia foi levado pelas águas. Quando uma rachadura de 20 metros apareceu, a Defesa Civil teve que retirar às pressas os quatro mil moradores do distrito de Três Vendas, a 15 km do Centro da cidade. Em janeiro de 2007, uma mulher morreu ao cair com o carro na cratera da BR-356, e, em dezembro de 2008, o próprio Dnit cortou parte da estrada para facilitar o escoamento da água represada. "Nestes anos, só houve a reconstrução da estrada", criticou o coordenador de Defesa Civil do Noroeste Fluminense, Douglas Paulich. O superintendente substituto do Dnit, Celso Crespo, disse que o órgão é que é vítima das inundações: "O Dnit está sendo vítima desta enchente." (Págs. 1 e 13 a 15) 
No Piauí, tragédia em barragem não mereceu verba (Págs. 1 e 12) 
Ministro: Congresso aumentou recursos para Pernambuco (Págs. 1 e 10)