Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 18 de fevereiro de 2012

Polícia confirma que Ronaldinho Gaúcho é personagem de vídeo íntimo na internet


Astro alegou que tinha sido vítima de montagem ao aparecer tocando partes íntimas
Reprodução
Ronaldinho vídeo 450
Imagem do vídeo que mostrou Ronaldinho tocando suas partes íntimas
Era melhor Ronaldinho Gaúcho ter ficado quieto. O polêmico vídeo que apareceu na internet no fim do ano passado, no qual o astro aparecia tocando suas partes íntimas, é mesmo do jogador. As informações são do jornal Extra.
Quem confirmou a veracidade das imagens foi o delegado responsável pelo caso, Gilson Perdigão. “É ele mesmo”, disse. 
Em novembro do ano passado, Ronaldinho Gaúcho afirmou ter sido vítima de uma montagem e o departamento jurídico do Flamengo registrou boletim de ocorrência. Após a investigação, ficou constatado que não foi feita nenhuma mudança no vídeo, que conta, sim, com a presença de Ronaldinho, sem camisa e tocando em suas partes íntimas.

Na ocasião, o camisa 10 rubro-negro virou alvo de piadas na internet. Assustado com a repercussão, divulgou nota no site oficial do Flamengo, na qual afirmava ter tido seu site “invadido por hackers”.

Horário de verão termina no dia 26


Termina no próximo dia 26 de fevereiro a maior temporada de horário de verão desde 1985. Os relógios devem ser atrasados em 1 hora em 10 Estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além da Bahia e do Distrito Federal.
Neste ano, o período teve 133 dias pois quando há coincidência entre o dia previsto para o término do horário de verão e o domingo de carnaval, o encerramento deve ser no fim de semana seguinte. No caso, dia 26 de fevereiro de 2012. O objetivo é evitar que, no meio da folia, a população se esqueça de ajustar os relógios.
A estimativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) é a de que o horário de verão permita uma economia entre R$ 75 milhões e R$ 100 milhões para o País. Considerando-se todos os Estados atingidos pela medida, a diminuição da demanda estimada de eletricidade será de 4,6%, ou o equivalente a 2.650 megawatts.

Agências do INSS atenderão das 9h às 19h


Postos da Previdência passarão a funcionar das 9h às 19h para atender segurados do INSS a partir de 1º de março. O ministério informou anteontem que a ampliação do horário nas agências é em decorrência da mudança na carga horária de servidores que trabalham no atendimento ao público.

Polícia Civil divulga retrato falado de estuprador de menina de 12 anos na zona sul do Rio


 Retrato Falado
Crime aconteceu dentro de um ônibus que circulava no Jardim Botânico
A Polícia Civil divulgou o retrato falado do estuprador de uma menina de 12 anos na zona sul do Rio de Janeiro. Testemunhas estiveram na delegacia ontem (17) e contaram detalhes do que aconteceu no momento do crime.
Durante depoimento na Delegacia da Infância e Juventude, a menina e testemunhas ajudaram os peritos a produzir o retrato falado do estuprador. Segundo os relatos, ele é moreno e tem cerca de 1,60 m de altura.
Conforme informou a própria vítima à polícia, ela foi abordada pelo estuprador com uma arma e obrigada a ir para o último banco do veículo com ele, onde o abuso aconteceu sem que ninguém percebesse.
Uma das passageiras que estava no ônibus contou que só notou que algo estava errado depois que ele assediou outra mulher.
A vítima realizou o exame de corpo de delito, que comprovou que ela ainda é virgem, porém havia sinais de violência sexual. Materiais também foram recolhidos para analisar presença de sêmen no corpo da menina.
A polícia procura pelo suspeito.

Veja melhor horário para pegar as estradas neste sábado

Polícia Rodoviária Federal avisa que trânsito intenso deve melhorar a partir das 16h
Os motoristas que forem viajar neste sábado (18) encontrarão trânsito intenso, nesta manhã, nas principais estradas do Rio de Janeiro.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as estradas ficarão cheias até a tarde e o trânsito só deve começar a melhorar a partir das 16h.
Os pontos mais críticos são a ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói, rodovia Niterói-Manilha, no sentido região dos Lagos, e rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo.

Bom dia! O resumo dos jornais deste sábado, 18 de fevereiro.


O Globo
Manchete: Ficha Limpa poderá barrar mensaleiros por mais de 8 anos

Afastamento das eleições depende de condenação em julgamento no STF

Validada anteontem pelo Supremo Tribunal Federal, a Lei da Ficha Limpa terá entre seus primeiros efeitos retirar das eleições, pelo menos até 2020, políticos que vierem a ser condenados pelo escândalo do mensalão. O julgamento dos 38 réus está previsto para maio. Se condenados pelo STF, um órgão colegiado, os mensaleiros ficam impedidos de disputar cargos eletivos por oito anos, mais o tempo da sentença. Antes da Ficha Limpa, a inelegibilidade era de três anos. Para o juiz Marlon Reis, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, a decisão do STF reduz as chances de recursos apresentados por candidatos e dá segurança judídica ao processo eleitoral de 2012. (Págs. 1 e 3)

Blocos a caminho de novo recorde

Só a Bolsa Preta deve arrastar hoje 2 milhões, mesmo número de foliões de Salvador.

Ao desfilar hoje às 7h na Candelária, o Cordão da Bola Preta espera quebrar mais um recorde. O bloco no ano passado arrastou dois milhões de foliões - o mesmo número de todo o carnaval de Salvador, segundo estimativas oficiais. O prefeito Eduardo Paes entregou ontem ao Rei Momo Milton Júnior, já em seu quarto reinado, a chave da cidade. Desta vez, em vez de van, ele chegou ao Palácio da Cidade de Limusine. Á tarde, o Bloco das Carmelitas levou às apertadas ruas de Santa Teresa mais de dez mil foliões. Só neste fim de semana desfilarão 171 blocos, 53 deles na Zona Sul. (Págs. 1 e 12 a 17)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Tráfego é intenso em direção à região dos Lagos na Niterói-Manilha


Via opera com faixa reversível no sentido Rio para facilitar trânsito de saída para o Carnaval
Os motoristas encontravam tráfego congestionado às 11h desta sexta-feira (17), na rodovia Niterói-Manilha (BR-101), em direção à região dos Lagos, devido à grande movimentação de saída para o feriado do Carnaval. Havia lentidão na chegada ao Trevo de Manilha, entre os quilômetros 298 e 297, em direção ao Espírito Santo. No sentido Rio, o tráfego estava intenso entre os quilômetros 288 e 299. 
O trânsito operava com uma faixa reversível entre os quilômetros 291 e 299 no sentido Rio para facilitar o fluxo em direção à região dos Lagos e aos municípios do norte fluminense. 

Em Cabo Frio, morador do Guriri afirma: “Se o ônibus demorar, o ponto de ônibus cai.”


Ponto de ônibus sem manutenção a mais de 5 anos .
Moradores do bairro Guriri, em Cabo Frio, estão preocupados com a segurança dos usuários e estudantes que utilizam ônibus coletivos e se abrigam em baixo deste ponto de ônibus, que fica em frente a um colégio da rede municipal de ensino. O ponto, que foi construído a mais de 10 anos e a manutenção não acontece a quase seis anos, está com as ferragens a mostra e sua estrutura causa medo. Alguns moradores não se arriscam e se escondem do sol em baixo de árvores próximo do local, mesmo sabendo que não é o ideal. Alguns alunos da rede municipal se aproveitam do fato de ter uma estrutura baixa para subir sobre a laje que ameaça desabar .
” _O nosso medo é se o ônibus demorar, o ponto pode cair em cima de nossa cabeça .” Afirma moradora do Sítio Guriri.

Rio-Juiz de Fora reabre parcialmente no sentido Rio, em Areal


Parte da rodovia estava interditada por causa de explosão de caminhão na quinta-feira
A concessionária que administra a rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040) reabriu parcialmente, no início da tarde desta sexta-feira (17), a pista sentido Rio na altura do km 38, em Areal, onde um caminhão de combustível explodiu na última quinta-feira (16). A pista sentido Juiz de Fora, que chegou a funcionar em mão dupla durante boa parte de quinta, operava normalmente às 12h30. 

Em Araruama, PM é espancado e atingido por tiros


Ele estava de folga dentro de um carro. O policial foi levado em estado grave para o Hospital Estadual Roberto Chabo.
Um Policial Militar foi espancado com barras de ferro por dois homens, na Praia dos Amores, em Araruama na noite de quinta-feira (16). Depois de ferido, o policial ainda foi atingido por pelo menos dois tiros. Ele estava de folga dentro de um carro. O policial foi levado em estado grave para o Hospital Estadual Roberto Chabo.
do INTER TV notícia

Lei da Ficha Limpa: Em Búzios, todos os pré-candidatos a prefeito permanecem no efetivo exercício de seus direitos políticos, sem estarem inelegíveis


340484
A Lei da Ficha Limpa, aprovada pelo Congresso e sanciona da dia 4 de junho de 2010 impede, dentre outros dispositivos, a candidatura de políticos condenados por um colegiado da Justiça (mais de um juiz). Segundo a Lei, fica inelegível, por oito anos a partir da punição, o político condenado por crimes eleitorais (compra de votos, fraude, falsificação de documento público), lavagem e ocultação de bens, improbidade administrativa, entre outros.
O STF se manifestava sobre duas dúvidas quanto a constitucionalidade da matéria: se a lei torna inelegível quem for condenado em órgão colegiado, mesmo se ainda couber recurso; e se quem renunciou ao cargo para escapar da cassação se torna automaticamente inelegível. Há divergências sobre quando começa a ser aplicada a pena. O STF entendeu: ‘os condenados em órgão colegiado ficam inelegíveis e quem renunciou a cargos eletivos para escapar de cassação, também’. 
Nesta quinta-feira (16), os ministros Ricardo Lewandowski e Carlos Ayres Britto se somaram a Luiz Fux, Joaquim Barbosa, Rosa Maria Weber e Cármen Lúcia na defesa do mecanismo que barra candidatos condenados por órgãos colegiados da Justiça. Gilmar Mendes divergiu do relator e apontou várias inconstitucionalidades, se juntando a José Dias Toffoli. Celso de Melo e Cezar Peluso.

‘A lei está em total compatibilidade com a Constituição de 88’, afirmou Ayres Britto. Segundo ele, a Constituição brasileira tinha mesmo que ser mais dura no combate à imoralidade e à improbidade. ‘Porque a nossa história não é boa. Muito pelo contrário, a nossa história é ruim’.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Cerca de 90 mil veículos devem passar pela ponte Rio-Niterói nesta quinta-feira


Movimento em direção à região dos Lagos já começa a se intensificar para o Carnaval
O Carnaval ainda não chegou, mas os motoristas já se preparam para sair da capital fluminense. A expectativa é de que passem pela ponte Rio-Niterói nesta quinta-feira (16), 90 mil veículos. A partir desta sexta-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal vai colocar uma faixa reversível na Niterói-Manilha, entre São Gonçalo e Itaboraí, na região metropolitana. 
A concessionária que administra a Via Lagos espera que 24 mil veículos passem pela rodovia nesta quinta. Na sexta, a expectativa é de que 44 mil circulem em direção à região dos Lagos. O horário de maior movimento é entre as 16h e as 23h.

Estoque dos bancos de sangue cai com chegada do carnaval


Hemorio será um dos hemocentros a ficar aberto durante a folia
O Ministério da Saúde alertou para a queda nos estoques de sangue dos hemocentros do país com a proximidade do carnaval. Pelos dados do ministério, a quantidade de sangue estocado cai, em média, 25% neste período. Essa redução é decorre do fato de que muitas pessoas que poderiam doar viajam justamente quando a demanda por transfusões é maior, por causa do aumento do número de vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana.
A assessoria do Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (Hemoes), em Vitória, informou que o estoque de sangue está baixo. O Hemoes recebe, em média, de 70 a 90 doações por dia. Ontem, só recebeu 58. Isso porque muita gente deixa a capital capixaba para se divertir nas cidades litorâneas com mais tradição de carnaval.
Além das dificuldades pelo período de festa, a unidade móvel do Hemoes para recolhimento de sangue não estava funcionando e a rede de saúde do estado não fez nenhuma campanha para estimular a doação no período pré-carnavalesco.

Em Campos, viaturas da PM estão com a documentação atrasada


Os carros oficiais estão isentos do pagamento do IPVA, mas não do DPVAT. O seguro obrigatório foi pago pela Polícia Militar, mas a vistoria não está em dia.
O que pensar quando carros da Polícia não estão em dia com a documentação? É isso acontece em Campos.
O alerta foi dado por um militar durante a paralisação da semana passada. Apesar de toda viatura da PM ser isenta de IPVA, tem que ter o seguro obrigatório pago e a vistoria anual feita para ter o licenciamento em dia.
A viatura está na rua, mas o carro da Polícia Militar de Campos está com a documentação atrasada. No site do Detran do Rio de Janeiro, o veículo consta com o licenciamento de 2010.
Pelo código de trânsito brasileiro, a infração para quem está o documento atrasado é gravíssima. A multa é R$191,54 e o motorista ainda acumula sete pontos na carteira.

‘Bloco dos fujões’ puxa fila e esvazia plenário da Câmara


Deputados enforcam sessão - não sem antes registrar presença para garantir R$ 2 mil pelo dia de ‘trabalho’ - e fogem para aeroporto
O carnaval começou três dias antes para os deputados federais. Nada que os impeça, no entanto, de receber cerca de R$ 2 mil apenas para marcar presença no painel fantasma da Câmara. Na quarta-feira, 15, a Casa fez sessão deliberativa somente para analisar projetos previamente acordados, sem votação nominal. Bastou a deputados marcarem presença para não sofrer desconto no salário, garantindo a folia pré-carnavalesca remunerada.
Cenário comum somente às quintas-feiras, quando os deputados voltam para os seus Estados, a Câmara ficou vazia na quarta-feira, na esteira do bloco dos fujões. A maioria dos deputados anotou presença, garantiu o salário e foi embora. É o caso, por exemplo, do deputado Fernando Torres (PSD-BA): ele marcou presença no plenário às 9h04 e, minutos mais tarde, às 9h42 foi flagrado no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, pela reportagem do Estado.

Federações já costuram sucessor de Ricardo Teixeira


Weber Magalhães, à esquerda, e Teixeira - Fábio Motta/AE
Nome mais indicado é o do vice-presidente da Região Centro-Oeste, Weber Magalhães
Sílvio Barsetti - estadão.com.br
Os indícios de que Ricardo Teixeira deve deixar a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) até o carnaval – pediria licença ou renunciaria – deflagrou um movimento de federações estaduais em busca de um nome que pudesse substitui-lo.
Há em curso uma articulação de algumas dessas entidades para que o atual vice-presidente da CBF da Região Centro-Oeste, Weber Magalhães, ocupe o cargo se Teixeira realmente deixar a confederação.
Não tolerariam o nome de José Maria Marin, vice da Região Sudeste e, pelo estatuto da CBF, o indicado à vaga por ser o mais velho entre todos os cinco vices. Weber Magalhães presidiu a Federação Brasiliense de Futebol de 1996 a 2004 e chefiou a delegação brasileira na Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e Japão. É homem de confiança de Teixeira, para quem trabalhou como assessor parlamentar entre 1989 e 1992 em Brasília.

Explosão de caminhão fecha rodovia Rio-Juiz de Fora nesta quinta-feira


Motorista escapou, mas ficou ferido; trânsito está fechado nos dois sentidos
Uma carreta que carregava combustível bateu e explodiu na manhã desta quinta-feira (16) na BR 040 (rodovia Rio-Juiz de Fora), em Areal, no km 38, na pista sentido Juiz de Fora. Segundo a concessionária que administra a via, o tráfego estava fechado nos dois sentidos às 7h por causa do acidente. O motorista conseguiu escapar da explosão, mas ficou ferido. Ele foi levado para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios, no sul fluminense. 

Bom dia! O resumo dos jornais desta quinta-feira, 16 de fevereiro.

O Globo

Manchete: Orçamento 2012 - Saúde perde R$ 5,4 bi em corte de gastos da União

Do total bloqueado, R$ 25 bi eram para investimentos; Congresso reage 
O governo anunciou ontem corte de R$ 55 bilhões nas despesas do Orçamento deste ano, mas incluiu no cálculo R$ 20 bilhões em despesas obrigatórias, que na prática não podem ser cortadas. Dos R$ 35 bilhões efetivamente contingenciados, R$ 25 bilhões estavam destinados a investimentos, sendo R$ 20,3 bilhões por emendas parlamentares. Saúde e Educação não escaparam da tesoura: as duas pastas tiveram R$ 7,4 bilhões em emendas bloqueados. A Saúde perdeu mais: R$ 5,473 bilhões. Houve forte reação no Congresso. Do total do corte, só R$ 10 bilhões se referem a custeio, ou manutenção da máquina. Programas como o PAC, o Minha Casa Minha Vida e o Brasil Sem Miséria foram preservados. Com isso, a equipe econômica sustenta que não comprometerá o crescimento da economia. Ano passado, o corte anunciado foi de R$ 50 bilhões, mas ficou em cerca de R$ 30 bilhões. (Págs. 1, 3 e Miriam Leitão) 

Ficha Limpa: STF deve validar para este ano

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje que a Lei da Ficha Limpa já poderá ser aplicada nas eleições municipais deste ano. Ontem, o plenário da Corte tentou concluir o julgamento, mas a decisão foi adiada para hoje. Por enquanto, há quatro votos pela constitucionalidade da lei e um pela inconstitucionalidade. Seis ministros ainda vão se manifestar. (Págs. 1, 9 e Merval Pereira) 

Dirigente do Senado emprega fantasma

Primeiro-secretário do Senado, Cícero Lucena (PSDB-PB) emprega uma funcionária fantasma. Jacquelyne de Lucena Aguiar, empresária na Paraíba e que passaria parte do tempo na Espanha, não comparece ao trabalho. (Págs. 1 e 13) 

Crise reduz lucro da Vale no trimestre

A recessão na Europa se abateu sobre a Vale, e a companhia apresentou um lucro 21% menor em dólares no 4º trimestre, chegando a US$ 4,7 bi. No ano, o ganho ainda foi recorde, de US$ 22,9 bilhões. (Págs. 1 e 25) 
Irã faz duplo desafio ao Ocidente

No mesmo dia em que convocou embaixadores de seis países da Europa para ameaçar cortar as vendas de petróleo, o Irã pôs em uso ontem as primeiras varetas nucleares produzidas no país, além de anunciar mais 3 mil centrífugas. (Págs. 1 e 33) 

Brasil tem gasolina das mais caras

Combustível custa aqui até 70% mais do que em Nova York
Apesar do controle de preço dos combustíveis, o brasileiro paga uma das gasolinas mais caras do mundo. Estudo de consultoria americana mostra que o produto no país custa 40% a mais do que em Buenos Aires e 70% acima do que é cobrado em postos de Nova York. O levantamento foi feito em janeiro deste ano e tomou como base a cidade de São Paulo. Em 35 países pesquisados, o Brasil é o 13º entre os que têm o combustível mais caro. (Págs. 1 e 27) 

Na Bacia de Campos, novo vazamento

É o terceiro desde novembro (segundo da Petrobras). Desta vez, vazaram cerca de 4.700 litros de óleo da plataforma P-43. (Págs. 1 e 26)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: PIB europeu cai e mais 4 países estão em recessão

Economia do bloco recua 0,3% e revela dificuldade de aliar crescimento a cortes 
A economia europeia encolheu 0,3% no quarto trimestre de 2011. Agora, Itália, Holanda, Bélgica e República Tcheca entraram na lista de países em recessão ao lado de Portugal e Grécia. 
Estes países representam cerca de um quarto do PIB da União Europeia. O resultado revela as dificuldades enfrentadas pelo bloco para conciliar crescimento com cortes nos gastos públicos. (Págs. 1 e Mundo A)
Vaguinaldo Marinheiro
O resultado fortalece crítica a cortes. (Págs. 1 e Mundo A11) 

Obama recupera popularidade com economia melhor

Com a melhora da economia, Barack Obama voltou a ser aprovado por 50% dos americanos - índice que não atingiu desde a morte de Bin Laden - e venceria os republicanos se a eleição fosse hoje. Segundo pesquisa, 62% dos que votam na oposição desaprovam seus pré-candidatos. (Págs. 1 e Mundo A13) 

Renata Lo Prete

Piora relação entre Mantega e Nelson Barbosa
Antes mais amistosa, a convivência entre o ministro da Fazenda e seu secretário-executivo piorou. Barbosa já aventou a possibilidade de deixar o governo. (Págs. 1 e Poder A4) 

Para exportar, empresa precisa de até 12 carimbos

Para exportar seus produtos, empresas brasileiras têm de obter aprovação de até 12 órgãos, além de serem submetidas a mais de cem leis e a 130 encargos. Hoje só 0,4% das firmas são exportadoras. O governo avalia facilitar o processo. (Págs. 1 e Mercado B9) 

Bancada tucana em SP pede Serra e fim de prévias

Os deputados estaduais do PSDB em São Paulo fizeram apelo pela candidatura de José Serra à prefeitura paulistana. Em nota, 21 dos 22 integrantes da bancada defenderam ainda o cancelamento das prévias. (Págs. 1 e Poder A8)

Foto legenda: Tragédia

Parentes de detentos de presídio em Honduras aguardam informações do incêndio que matou 357 pessoas anteontem à noite; causas são desconhecidas. (Págs. 1 e Mundo A14)

Polícia apreende cheques que ligam Teixeira a firma suspeita

A Polícia Civil de Brasília apreendeu cheques nominais de R$ 10 mil ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Eles foram emitidos pela empresa suspeita de superfaturamento em amistoso da seleção, em 2008.
Oficialmente, os cheques eram para pagar o arrendamento de uma fazenda de Teixeira, no Rio. Ele diz que o negócio é legal. (Págs. 1 e Esporte D5) 

Editoriais

Leia "Inércia no Planalto", sobre cortes de R$ 55 bilhões no Orçamento; e "Medicina e Indústria", acerca das relações entre médicos e laboratórios. (Págs. 1 e Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Dilma veta todas as emendas ao Orçamento e corta R$ 55 bi

Propostas de parlamentares agora dependem de negociações, diz governo; Saúde e Educação são afetados
O governo anunciou um corte de R$ 55 bilhões no Orçamento de 2012. Todas as emendas que os parlamentares apresentaram, no total de R$ 20,3 bilhões, foram bloqueadas, o que pode gerar problemas para a presidente Dilma Rousseff no Congresso em ano eleitoral. A secretária de Orçamento Federal, Célia Corrêa, disse que a medida é reversível, mas vai depender de negociações com o governo. Orçamentos de ministérios estratégicos, como Saúde e Educação, caíram R$ 5,5 bilhões e R$ 1,9 bilhão, respectivamente. Ainda assim, a ministra Miriam Belchior (Planejamento) insistiu que não houve cortes: "No caso da Saúde, trabalhamos com o valor determinado pela Constituição, e na educação, um pouco além". O contingenciamento eleva os investimentos e permite que haja no fim do ano um superávit primário (economia para pagar juros da dívida) equivalente a R$ 139,8 bilhões, ou 3,l% do PIB. (Págs. 1 e Economia B1 e B4) 
Lincoln Portela 
Líder do PR na Câmara
"Se for corte das emendas individuais (no Orçamento), o governo bebeu. Se for de emendas de bancadas, a governo também bebeu" 

PSDB articula fim das prévias para Serra ser candidato

Oito meses depois de anunciar a realização de prévias inéditas para escolher um candidato a prefeito, líderes do PSDB começaram a atuar para derrubar a disputa interna, abrindo caminho para o ex-governador José Serra concorrer à Prefeitura de São Paulo. No Palácio dos Bandeirantes, já se fala em compensações para os quatro pré-candidatos que entraram na disputa, marcada para o dia 4 de março. (Págs. 1 e Nacional A4) 

Irã anuncia avanços em programa nuclear

O Irã anunciou avanços em seu programa nuclear com a inauguração de 3 mil novas centrífugas de última geração, a produção de combustível nuclear enriquecido a 20 % e a construção de mais quatro centrais. "A era de fazer bullying contra nações passou", disse o presidente Mahmoud Ahmadinejad. Ao mesmo tempo, Teerã mostrou-se disposta a retomar a negociação sobre o programa nuclear. (Págs. 1 e Internacional Al5 e Al6) 
Brasil sugere retomar acordo com Teerã
O acordo com o Irã formulado na gestão Lula e rejeitado pelos EUA ainda vale, disse o enviado brasileiro para o Oriente Médio, Cesário Melantonio Neto. (Págs. 1 e Internacional A13)

Brasil sugere retomar acordo com Teerã

O acordo com o Irã formulado na gestão Lula e rejeitado pelos EUA ainda vale, disse o enviado brasileiro para o Oriente Médio. Cesário Melantonio Neto. (Págs. 1 e Internacional A13)

Fotolegenda: Fogo mata 357 em Honduras

Um incêndio em um presídio superlotado em Honduras matou, segundo o governo, 357 pessoas. As famílias das vítimas, irritadas com a falta de informações, tentaram invadir o complexo e houve confronto com a polícia. (Págs. 1 e Internacional A19)

Início da safra

Linha de alimentos especiais de pequenos produtores começa com arroz.(Págs. 1 e Paladar) 

Fotolegenda: Carnaval antecipado

09h04: O deputado Fernando Torres (PSD-BA) marca presença no plenário da Câmara.
09h42: Torres já estava no aeroporto. Outros fizeram o mesmo. (Págs. 1 e Nacional A10)

Estados Unidos acham chumbo em 400 batons (Págs. 1 e Vida A21)

Choque de trens fere 38 em São Paulo (Págs. 1 e Cidades C5)

Thomas Friedman

Tal pai, tal filho
Os descendentes das 20 mil vítimas que Hafez Assad fez há 30 anos em Hama perderam. O medo e sua voz está em toda a Síria. (Págs. 1 e Visão Global A18) 

Demétrio Magnoli

Duplipensar
A lacuna entre a realidade e a ideologia sugere que, aos 32 anos, o PT alcançou um estado de equilíbrio sustentado sobre o rochedo da mentira. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2) 

Notas & Informações

Investimentos empacados
A presidente Dilma Rousseff continua atrasada na execução de seus planos de investimento. (Págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: Governo tira R$ 7,4 BI da saúde e da educação

Equipe econômica anuncia bloqueio de R$ 55 bilhões no Orçamento de 2012 a fim de garantir crescimento do PIB de 4,5% e manter a inflação sob controle. Medidas aumentam a pressão para o BC reduzir a taxa básica de juros. Contingenciamento preserva o PAC. (Págs. 1, 10 a 14 e Entrelinhas, 4)

Teixeira deve dar adeus à CBF

Todo-poderoso no futebol brasileiro há 23 anos, o dirigente está acuado por denúncias. Pessoas ligadas a ele disseram ao Correio que a renúncia está próxima. (Págs. 1, 8 e 9)

Fotolegenda: Dor, comoção e suspeitas

Cerca de 200 pessoas acompanharam com faixas e cartazes o enterro de Marcelo Dino, de 13 anos. Emocionado, o pai do adolescente, o presidente da Embratur, Flávio Dino, pediu ao governador Agnelo Queiroz urgência na investigação. Ele afirmou no Twitter que o Hospital Santa Lúcia omite informações relevantes sobre o caso. O Conselho Regional de Medicina também vai apurar as causas da morte do estudante que estava na UTI. (Págs. 1, 27 e 28) 
Vale tem lucro recorde de US$ 22,8 bi (Págs. 1 e 15)

Irã: Programa nuclear do país mostra avanços

Num desafio ao Ocidente, o presidente Ahmadinejad celebra a produção de combustível e anuncia novos reatores. (Págs. 1 e 22) 

AIDS: Jovens desconhecem gravidade da doença

Segundo pesquisa, pessoas entre 15 e 24 anos têm muitas dúvidas sobre o HIV. O contágio cresceu nessa faixa etária. (Págs. 1 e 8) 

Fotolegenda: Fogo mata 375 presos em Honduras

O incêndio pode ter começado após uma rebelião no presídio, a 80km de Tegucigalpa. Revoltados, parentes dos detentos entraram em confronto com a polícia. (Págs. 1 e 23) 

Justiça pode cassar salários de Bandarra e de Guerner (Págs. 1 e 30)

GDF define normas para a área ambiental do lago (Págs. 1 e 32)

MP investiga discriminação no concurso do Detran- DF (Págs. 1 e 13)

Ficha Limpa com ampla vantagem no STF

A votação da constitucionalidade da lei foi suspensa ontem após quatro ministros se colocarem a favor da proibição de candidaturas de políticos condenados pela Justiça. Apenas um magistrado foi contra. Nos casos de renúncia, como a de Joaquim Roriz, o resultado é ainda mais folgado: 5 x O. (Págs. 1, 2 e 3)

------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
Manchete: Formalização e renda maior aumentam carga tributária

A carga tributária subiu de 32,72% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 para 33,99% do PIB em 2011, puxada principalmente pela alta expressiva dos impostos ligados à renda, responsável por metade do avanço, segundo estimativas do economista Bernard Appy, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda e diretor da LCA Consultores. Tributos relacionados à folha de salários e a bens e serviços também contribuíram para a elevação.
O processo de intensa formalização da economia - tanto de trabalhadores como de empresas - é fundamental para explicar o movimento, diz Appy, assim como os ganhos expressivos no rendimento do trabalho e no lucro das companhias. Ele acredita que a tendência de maior formalização deve continuar nos próximos anos, especialmente no mercado de trabalho. (Págs. 1 e A16)

TJ-SP autoriza precatório como garantia

As empresas que discutem na Justiça débitos com o Fisco obtiveram um precedente importante no Tribunal de Justiça de São Paulo. A Corte autorizou uma empresa a oferecer como garantia, em uma ação de cobrança do Estado, um precatório no valor de R$ 600 mil. Para se defender nas chamadas ações de execução fiscal - movidas para a cobrança de tributos -, os contribuintes são obrigados a oferecer bens ou a fazer depósitos judiciais. Nesse caso, o Tribunal paulista, em decisão inédita, permitiu que um precatório substituísse os bens normalmente apresentados pelas companhias. Além disso, permitiu que a empresa use o título para pagar o débito, caso seja vencida no processo. (Págs. 1 e E1)

Para o Brasil, Rio+20 não é só ambiental

Rio+20 é uma conferência sobre desenvolvimento com pilares econômico, social e ambiental. "Não é uma conferência ambiental, é sobre desenvolvimento sustentável. Quem está tirando o foco da Rio+20 são eles [os europeus], colocando apenas o pilar ambiental na mesa". As afirmações são do embaixador André Corrêa do Lago, negociador-chefe do Brasil na Rio+20, que acontece em junho. Para ele, está claro o embate entre países ricos e emergentes sobre os limites do crescimento. "O que não se pode aceitar é que os países desenvolvidos considerem que nós temos que repensar o que é padrão de consumo de classe média, e eles não". (Págs. 1 e A13)

Banco de investimento faz mal à saúde

Acrescente a profissão de banqueiro de investimentos na lista das coisas que podem fazer mal à saúde.
Pesquisa da Universidade do Sul da Califórnia identificou insônia, alcoolismo, palpitações, distúrbios alimentares ou temperamento explosivo em 25 profissionais, acompanhados durante dez anos, desde que deixaram a faculdade de administração e passaram a trabalhar em bancos de investimentos. Todos desenvolveram alguma doença física ou emocional relacionada ao estresse. (Págs. 1 e C18)

Os gregos que escapam dos cortes

A revolta de grande número de gregos contra as medidas de austeridade adotadas pelo governo contrasta com o silêncio de uma instituição que foi poupada dos cortes: a poderosa Igreja Ortodoxa. Uma nova taxa sobre terras afeta todos os gregos, mas isenta a igreja, que é a segunda maior proprietária de terras do país, com um patrimônio avaliado em mais de € 1 bilhão. Os padres são funcionários públicos e seus salários, mesmo reduzidos agora, mantêm-se elevados.
Não são apenas eles os privilegiados: a lista inclui os armadores gregos. A navegação marítima contribui com 6,7% do Produto Interno Bruto, mas as atividades dos armadores são isentas de impostos. Seus acionistas tampouco pagam impostos sobre dividendos. (Págs. 1 e C18)

Argentina multa e pressiona a YPF

O governo argentino aumentou a pressão sobre a petroleira YPF, controlada pela espanhola Repsol. Após autuação fiscal da AFIP, a Receita argentina, a filial ficou com suas operações externas suspensas até o pagamento de uma multa de US$ 8 milhões. Segundo a agência governamental Telam, a YPF é uma das 300 empresas que estão sendo punidas pela AFIP nos últimos dias.
O governo quer que a YPF amplie investimentos na exploração do campo de petróleo e gás não convencional de Vaca Muerta, na Patagônia. Com déficit comercial na conta de energia previsto em US$ 6 bilhões neste ano, o governo tem pressa para reverter a queda de reservas e acena com a possibilidade de encampar as áreas de exploração. (Págs. 1 e A12)

Infraestrutura atrai Eaton a novos negócios

Conhecida por seus negócios de componentes automotivos, a Eaton abriu nova frente de atuação no país: o gerenciamento de energia. Seu maior passo nessa direção foi a abertura de uma fábrica de componentes elétricos em Jundiaí (SP), onde instalou linhas de produção de equipamentos como painéis eletrônicos de média e baixa tensão para sistemas de distribuição e controle de energia. "Muitos dos nossos produtos são usados em infraestrutura", diz o presidente global da empresa, Alexander Cutler. A meta é praticamente dobrar o faturamento até 2015 para US$ 1,9 bilhão. (Págs. 1, B1 e B8)

Brasileiros comandam GM fora do país

Há 87 anos no Brasil, a General Motors jamais escalou um executivo nascido no país para presidir suas operações. Mas a partir de março é o engenheiro paulista Sérgio Rocha quem vai dirigir a filial da montadora na Coreia do Sul, que produz quatro vezes mais veículos que a brasileira. A paranaense Isela Costantini vai comandar a GM argentina.
Com 32 dos 52 anos de idade dedicados à companhia, Rocha passou a maior parte do tempo envolvido no processo de globalização dos veículos, uma indicação de que a ascensão na carreira poderá levá-lo a voos mais altos. O aumento da participação coreana no processo de desenvolvimento mundial de veículos da GM é seu maior desafio. A filial coreana exporta quase tudo o que produz. (Págs. 1 e B18)

Campanha eleitoral na França ameaça bancos com taxas e mais controles (Págs. 1 e A12)

WEG quer aproveitar crise para aquisições na Europa (Págs. 1 e B19)

Governo cria grupo para monitorar exposição a derivativos, diz Oliveira (Págs. 1 e C2)

Petrópolis planeja crescimento

Com apenas quatro fábricas, mas na vice-liderança do mercado de cervejas, a Petrópolis já estuda a construção de uma nova planta em no máximo dois anos. Hoje, concentrada no Sudeste e Centro-Oeste, a meta é se tornar uma cervejaria nacional. (Págs. 1 e B17)

Em crise, Frangosul reduz produção

Em dificuldades há três anos, a Doux Frangosul suspendeu a produção de embutidos e empanados, reduziu abates de suínos e aves e colocou parte dos funcionários em férias coletivas. (Págs. 1 e B28)

JBS amplia capacidade em 10%

A JBS acertou nesta semana o arrendamento de quatro frigoríficos do grupo Guaporé, do Mato Grosso, com capacidade total de abate de 3.050 cabeças/dia. Com o acordo, a empresa amplia sua capacidade no Brasil em 10%. (Págs. 1 e B28)

Nova Embrapa avança na CAE

Projeto de lei que transforma a Embrapa em sociedade de economia mista e abre o capital da empresa teve parecer favorável do relator na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, onde será apreciado em caráter terminativo antes de seguir à Câmara. (Págs. 1 e B30)

Carreira nas alturas

O bom momento da economia e, particularmente, da indústria de petróleo e gás no país aumenta a procura por pilotos de helicópteros, que experimentou um boom em 2007/8, mas ainda cresce entre 15% e 20% ao ano. (Págs. 1 e D1)

Dividendo no país é o maior dos Brics

Entre os Brics , a bolsa brasileira é a que apresenta o maior retorno médio com dividendos. Além disso, o mercado acionário local está mais barato que a média de outros emergentes, segundo estudo da Ágora Corretora. (Págs. 1 e D2)

PDV exclui seguro-desemprego

Em processo contra o antigo Banespa, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que o trabalhador que aderir a plano de demissão voluntária (PDV) não terá direito ao seguro-desemprego. (Págs. 1 e E1)
Ideias

Ribamar Oliveira
Corte no Orçamento anunciado pelo governo inclui R$ 20,5 bilhões em despesas obrigatórias e não é crível. (Págs. 1 e A2)

Ideias

Raghuram Rajan
Na Europa todos se perguntam por que os políticos não enxergam o abismo à frente e não se unem para resolver a crise. (Págs. 1 e A15)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Saúde sofre o maior corte no Orçamento

Tesoura do governo passa afiada também nos ministérios das Cidades e da Defesa e nas emendas parlamentares
O Ministério da Saúde teve redução de 5,9% de sua verba, enquanto o das Cidades sofreu bloqueio de R$ 3,32 bilhões (15,09%) e o da Defesa ficou com R$ 3,31 bilhões (5,1%) a menos. Foram cortadas todas as emendas parlamentares, num total de R$ 20,3 bilhões, o que provocou revolta no Congresso. Já os recursos dos programas de Aceleração do Crescimento (PAC), Minha casa, minha vida e Brasil sem miséria estão integralmente mantidos. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ressaltou a preservação dos investimentos. Segundo ele, as medidas garantirão o crescimento econômico e darão espaço para novas quedas da taxa básica de juros (Selic).
R$ 55 bi: Total congelado
R$ 5,47 bi: Perda da Saúde
Concursos públicos são mantidos
Servidores já brigam por reajuste. (Págs. 1, 3, 4 e o EditoriaL ‘Saúde terá verba menor’, 6)

Projetos por atacado se multiplicam

A clonagem de projetos de lei se espalhou pelo país. O Estado de Minas encontrou várias cidades em que propostas idênticas às vendidas em site de ex-vereador do Paraná, esquema denunciado na edição de ontem, foram aprovadas pelo Legislativo. Além de Contagem, a criação da Semana Educativa Pipas sem Mortes nas Escolas Públicas, por exemplo, foi sancionada nos municípios paulistas de Indaiatuba, Franca e Ribeirão Preto. (Págs. 1 e 8)

Ficou para hoje

Julgamento da Lei Ficha Limpa no STF deve terminar com decisão favorável a sua legalidade. (Págs. 1 e 5)

Senado: Obrigação de usar farol durante o dia é aprovada (Págs. 1 e 21)

Leis antipirataria marcam debates em encontro geek (Págs. 1 e Informática)

Ricardo Teixeira perto de deixar o comando da CBF (Págs. 1 e Super Esportes)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Reencontro de arrepiar (Págs. 1 a 7)

Dilma corta emendas dos parlamentares

Bloqueio de R$ 55 bilhões criou briga certa com o Congresso. Um dos objetivos seria ampliar os investimentos. (Págs. 1 e Economia 1)

Incêndio em Honduras mata mais de 350 presos (Págs. 1 e 12)

Oposição quer auditoria sobre compra de fogos

Cresce a pressão em cima da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, mas o prefeito João da Costa avisa que não vai fazer prejulgamentos. (Págs. 1 e 3)

Maior cartola do País pode deixar a CBF

Após 23 anos no poder, o todo-poderoso Ricardo Teixeira deve renunciar hoje. Apesar de alegar problemas de saúde, possível divulgação de documentos que ligariam seu nome à corrupção apressaram a decisão. (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: Lote de 150 veículos de traficantes irá a leilão em março

Governo do Estado passa a gerenciar a venda de bens apreendidos em ações das polícias, cuja renda será utilizada no combate às drogas no país. (Págs. 1 e 44)

Caxias festeja sua força

Abertura da 29ª edição da Festa da Uva, hoje, contará com a presença de Dilma Rousseff. (Págs. 1, 14 e Editorial ,18)

Comando: Presidente da CBF a um passo da renúncia

Decisão de Ricardo Teixeira abrirá corrida entre as federações estaduais para liderar futebol brasileiro. (Págs. 1 e Esportes)

Temor mundial: Irã pode ter bomba atômica em dois anos

País anuncia fabricação de combustível nuclear. (Págs. 1 e 30)

Freio nos gastos: Cortes de R$ 55 bi atingem orçamento

Saúde, Cidades e Defesa são os mais afetados. (Págs. 1 e 6)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete: Governo corta R$ 55 bi, extermina emendas, mas tenta preservar PAC

Os ministros Guido Mantega e Miriam Belchior anunciaram um contingenciamento que não poupou nem a área social e muito menos as emendas parlamentares. O corte, que excluiu os investimentos no PAC, tenta garantir a meta do superávit primário. (Págs. 1 e 4)

Brasilprev põe nova classe média na mira

Empresa presidida por Sérgio Rosa teve lucro recorde em 2011 e aposta na ascensão econômica do brasileiro para continuar crescendo. (Págs. 1 e 40)

Weg vai crescer com aquisições

Objetivo da fabricante de equipamentos é quadruplicar receita em oito anos. (Págs. 1 e 32) 

Vale fechou o ano passado com lucro recorde

Resultado da mineradora foi de US$ 22,9 bilhões em 2011, "um desempenho extraordinário", disse o presidente Murilo Ferreira. (Págs. 1 e 48)
Crise força governo da Itália a cobrar imposto da Igreja

Proposta prevê taxação de prédios religiosos usados comercialmente. Igreja italiana tem € 9 bilhões em imóveis. (Págs. 1 e 46)

Lucro menor não abala o otimismo de dirigente da Bolsa

O valor de mercado e o lucro da BM&FBovespa caíram, mas Edemir Pinto, seu presidente, calcula que 45 empresas farão oferta de ações em 2012. (Págs. 1 e 42)

O dote do PSD

Petistas e tucanos fazem os cálculos para saber se é vantagem ter partido de Gilberto Kassab como aliado. (Págs. 1 e 10)

Sem clima

O físico José Goldemberg critica a lentidão do Itamaraty para trazer chefes de Estado à Rio+20. (Págs. 1 e 8)
EBC Serviços