Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 26 de maio de 2012

PF apreende 48 kg de pasta de cocaína e dá prejuízo de R$ 500 mil ao tráfico


Droga foi encontrada por cão farejador; três suspeitos foram presosDivulgação/Polícia Federalcachorro pfCão farejador da PF encontrou a cocaína dentro de um Kia SoulPoliciais da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) da Polícia Federal apreenderam 48 kg de pasta-base de cocaína durante uma blitz de rotina em Paraty, na região da Costa Verde, na manhã deste sábado (26). Três suspeitos foram presos.Segundo os agentes, o prejuízo estimado para os traficantes foi de aproximadamente R$ 500 mil, já que a droga, com alto teor de pureza, ainda seria refinada e receberia adição de outras substâncias antes de ser vendida.

A verdade sobre Xuxa


Xuxa
Por Luiz Cezar - 
Xuxa já esteve melhor na mídia. Tendo abusado dos recursos estéticos para apresentar-se como rainha dos baixinhos descobriu um novo meio de reposicionar sua imagem agora que as rugas já lhe são indisfarçáveis num rosto que lembra máscara de carnaval.
A ex-modelo, que começou sua carreira como acompanhante de personalidades famosas e posando para revista de mulheres nuas, num tempo de ditadura militar e acentuada rigidez moral, colou sua figura na do rei do futebol Pelé.
Como chegou até a ele só os “books” de casas noturnas poderão revelar, mas o fato é que tendo chegado a Pelé e aparecido em capas de folhetins de celebridades – que vendiam então bem mais que hoje – como loirinha do rei, foi mais fácil aproximar-se de outro dos famosos, de quem se dizia recorrer a figuras femininas para dissimular publicamente sua homossexualidade: o piloto Ayrton Senna.

Quando redes sociais provocam demissões


article image

Muito cuidado ao expor opiniões ou dados privados na internet. Elas podem custar sua reputação - e até o seu emprego

por Bolívar Torres
A internet possibilita a qualquer pessoa se manifestar publicamente. Mas a possibilidade indiscriminada de expressão também trouxe uma série de problemas: opiniões preconceituosas, críticas inoportunas, além, é claro, do oversharing. Talvez por não entender o alcance das ferramentas da web, há quem se expresse como se estivesse na mesa de bar, sem pensar ou medir as consequências. Muitos não entendem que aquilo que se coloca na internet pode ser compartilhado e encontrado por qualquer um. E o estrago vai muito além de situações constrangedoras: além de destruir sua reputação, pode provocar demissão e até prisão – como aconteceu na semana passada, quando uma estudante de direito foi condenada por discriminação por ter tweetado “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!” depois das eleições presidenciais de 2010.

Entrevista de Alexandre Martins a Revista Cidade



Revista Cidade - O senhor é filho de um empresário bem sucedido e poderia seguir esse mesmo caminho, no entanto optou pela política. Por quê?
Alexandre Martins  - Essa é uma pergunta que muitas vezes eu me faço. Na verdade eu nunca gostei de política. Eu achava que não tinha essa tendência. Mas todo homem é político, não é? Todo ser humano é político. Na minha família, eu sou descendente de português por parte de pai, tem políticos e eu não sabia. Quer dizer que o sangue já corria aqui (nas veias). Mas, eu comecei como um teste, para apoiar alguém vinculado também à igreja a qual pertenço, e acabei ficando. A minha proposta era vir em uma eleição, se eu não ganhasse eu não viria mais. Eu só concorri àquela eleição para vereador e essa para vice- prefeito. É uma das coisas que tenho em comum com o Mirinho, nós nunca perdemos uma eleição.

Cabo Frio terá festival da sardinha a partir de 8 de junho


FOTO: Herme de Castro (Infinity Eventos) - Paulo Massa, Mariana Lisboa (Infinity Eventos) e responsáveis por barracas do Festival da Sardinha em reunião de planejamento e degustação dos pratos
O bairro Vila Nova é tradicionalmente uma colônia de pescadores, onde muitas famílias ainda sobrevivem da pesca. O festival objetiva resgatar a culinária de raiz típica, incentivando pratos criativos e saborosos à base desse peixe que é a mais popular fonte de ômega-3.

Durante os três dias de evento o público terá a oportunidade de saborear mais de 35 pratos a base do peixe e os cabofrienses e visitantes terão muitos motivos para ficar com água na boca e, também, surpreenderem-se com a criatividade na elaboração das receitas.

Em Rio das Ostras, comediantes levam Show de Humor ao palco do Teatro da cidade

O Teatro Popular de Rio das Ostras recebe neste sábado, dia 26, às 20h, o “Show de Humor” com os atores Miguel Nader e Wagner Trindade. No palco, uma fusão do clássico Stand Up Comedy com personagens, performances e piadas. Tudo isso para garantir muitas gargalhadas a partir de situações cômicas do cotidiano e muito improviso.
Acreditando que o sorriso é capaz de prevenir doenças e combater o estresse, entre outros benefícios, Miguel Nader e Wagner Trindade criaram o espetáculo e revelam a comédia existente por trás de cada drama cotidiano.

Cabo Frio: programação da Festa de Corpus Christi

A Paróquia Nossa Senhora da Assunção realizará a Festa de Corpus Christi, de 7 a 9 de junho (quinta-feira a sábado). Na programação religiosa: missas (campal e na Igreja Matriz) e procissão com o Santíssimo Sacramento. Na festa externa, tendas de alimentação e shows na Praça Porto Rocha, com os cantores Ítalo Villar (quinta-feira), Alex Cohen (sexta-feira) e André Leono (no encerramento, sábado).
Programação:

Especialistas em comunicação falam sobre programas de humor e criticam "Pânico"


Alguns especialistas em comunicação estão alertando a sociedade brasileira para o fato de que programas exibidos pelas emissoras de TV têm um efeito em cadeia sobre a educação de crianças e adolescentes, informou o site Jornal Dia Dia. Eles falaram, principalmente, sobre os chamados programas de "humor fácil" e criticaram o "Pânico", da Band.

Vídeo contra a exploração sexual será veiculado nos aeroportos do país


Os principais aeroportos do país exibirão vídeo de sensibilização contra a exploração sexual comercial.  Produzido pelo Sesi em parceria com a Caixa, o vídeo questiona  “Que tipo de lembrança você anda trazendo das suas viagens?”, após mostrar cenas de um homem – sempre acompanhado por uma jovem, calada e vestida de short bem curto –  retornando de viagem até seu reencontro com mulher e filhos. A exibição termina com a frase “Exploração Sexual – O Brasil não quer isso para seus meninos e meninas”, slogan da campanha. O vídeo também está disponível no endereço http://www.youtube.com/watch?v=_C02XvsXpJM&feature=relmfu.

Em Guarus, distrito de Campos, PM apreende maconha e crack

Em Campos, a Polícia Militar apreendeu neste sábado (26) no distrito de Guarus 150 pedras de crack, mais 1 kg da droga, 1,5 kg de maconha e material para embalar. Dois homens foram presos em flagrante. O caso está sendo registrado na delegacia do distrito.
do Intertv

Dia nacional do combate ao glaucoma serve para alertar o diagnóstico precoce da doença


Glaucoma
Na data em que se comemora o Dia Nacional de Combate aoGlaucoma, médicos e pacientes alertam para a necessidade do diagnóstico precoce da doença, considerada “silenciosa” por não apresentar sintomas. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a doença alcança de 1% a 2% da população acima dos 40 anos no mundo, o que corresponde a aproximadamente 2,9 milhões de pessoas.
O Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, comemorado anualmente em 26 de maio, foi instituído pela Lei nº 10.456/2002 para dar mais visibilidade à doença, que, sem diagnóstico, é tratada somente quando a percepção da perda parcial da visão já foi instalada. No caso da doença em estágio avançado, há comprometimento do campo visual e embaçamento constante. A perda da visão é progressiva.

CCRIA E GRUPO CRECHE NA COXIA CONVIDAM: OFICINA DE TEATRO EM CABO FRIO!!!




 O ATOR E O EXTRA-ORDINÁRIO

A oficina pretende investigar o trabalho do ator em busca de um corpo que fuja dos padrões realistas e/ou ordinários - ordinários no sentido de corriqueiro, comum, cotidiano. Uma interpretação que seja capaz de encontrar na densidade do espaço o material necessário para o desenvolvimento do seu trabalho.

A oficina acontecerá nos dias 1,2 e 3 de Junho no CCRIA (Casa de Criação Creche na Coxia) - Rua América Ferreira da Silva, número 3 Parque Burle - Cabo Frio.(Atrás da UPA)
SEXTA: 19h as 22h
SÁBADO: 14h as 19h
DOMINGO: 14h as 19h

Valor do Investimento: R$ 60,00
Inscrições: grupocrechenacoxia@gmail.com - Basta mandar um e-mail com o nome todo e a idade.

CORRA! As inscrições estão bombandooo!!!

Em carta à Dilma, Brigitte Bardot sai em defesa dos jegues brasileiros

Atriz francesa pediu à presidente a interrupção das vendas para a China, onde os animais são abatidos e utilizados na indústria cosmética
por Luciana Franco
Maurilo Clareto
Tradicionalmente usados no transporte de cargas e de pessoas, animais estão sendo substituídos e abandonados nas rodovias nordestinas (Foto: Maurilo Clareto/Ed Globo)
A atriz francesa Brigitte Bardot – reconhecida defensora dos animais – enviou nesta semana uma carta à presidente do BrasilDilma Rousseff, pedindo o fim do que considera um "genocídio de jegues" que são criados no Nordeste do Brasil e exportados à China para serem abatidos e utilizados na indústria cosmética. "Eu, que tanto amei o Brasil na minha passagem por Búzios, fico triste em ver que esse país colabora com a China para matar, a cada ano, 300 mil jegues", escreveu Bardot, que criou uma associação protetora de animais com seu nome. 

Em Cabo Frio, dois casos de violência marcam o início do fim de semana

Em Cabo Frio, dois casos de violência há pouco: um homem foi morto a tiros na rua 25 de dezembro, próximo ao ponto das vans, no bairro São Cristóvão: é a segunda morte em uma semana no bairro.
E na sexta (25), por volta de 21h30 um taxista foi assaltado. Ele pegou dois passageiros, no bairro Passagem que pediram corrida para o bairro Porto do Carro, onde anunciaram o assalto. Os dois homens estavam armados e obrigaram o taxista a seguir até o bairro Alecrim, em São Pedro da Aldeia. Os bandidos fugiram deixando a vítima no local. O taxista precisou andar por duas horas até conseguir ajuda. Além do carro, os assaltantes levaram R$ 200, relógio, celular e um rádio. Os bandidos ainda não foram localizados.

do intertv

TRE precisa de mesários voluntários para eleições 2012


Confira no vídeo a entrevista com o chefe do Cartório da 96º Zona Eleitoral, Marcelo Bessa.

Se você que quer trabalhar como mesário voluntário nas eleições deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio está precisando de ajuda.


É muito simples: é só acessar o site do TRE e preencher um formulário. Até o dia oito de agosto, as pessoas serão selecionadas pelo juiz eleitoral.


Confira no vídeo a entrevista com o chefe do Cartório da 96º Zona Eleitoral, Marcelo Bessa.

Marcha das Vadias protesta hoje contra culpabilização de mulheres em casos de estupro


Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil
A Marcha das Vadias ganhou este ano caráter nacional e ocorrerá simultaneamente hoje (26) em mais de 20 cidades do Brasil e do mundo, incluindo Toronto, no Canadá. Entre as cidades brasileiras que devem realizar o protesto, previsto para começar às 13 horas, estão Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), São Paulo (SP), São Carlos (SP) e Sorocaba (SP).
Os organizadores da marcha no Rio de Janeiro esperam superar o número de mil participantes, registrado no ano passado. A informação foi dada à Agência Brasil por Daniela Montper, uma das organizadoras do evento.


Bom dia! Vamos com as principais notícias dos jornais deste sábado, 26 de maio.


 

O Globo
Manchete: Dilma enfrenta ONGs e ruralistas com 12 vetos
No total, são 44 mudanças, e DEM ameaça ir à Justiça
A menos de um mês da abertura da Rio+20, a presidente Dilma Rousseff sancionou ontem, com 12 vetos, o novo Código Florestal, endurecendo regras contra o desmatamento. Dilma vetou a anistia aos desmatadores, que fora aprovada na Câmara, e editou uma medida provisória com 32 mudanças, entre elas a que obriga produtores rurais a recuperar áreas degradadas nas margens de rios, de acordo com o tamanho da propriedade. “Não tem anistia”, resumiu a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Ao todo, as 44 modificações provocaram reações de ambientalistas, que defendiam o veto total, e de ruralistas. O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) ameaça ir à Justiça contra a MP que será editada segunda-feira. O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Homero Pereira (PSD-MT), disse que os cortes foram mais “palatáveis” que o esperado. Para ONGs como WWF, Greenpeace e SOS Mata Atlântica, o texto tem brechas jurídicas. (Págs. 1, 3 a 10)

Novo Código Penal deverá incluir crimes ambientais (Págs. 1 e 10)
Consumidor "verde" gasta mais
Pesquisa do GLOBO mostra que o consumidor ecologicamente correto, de produtos como os de higiene, alimentos, roupas e decoração, paga, em média, 90% mais. (Págs. 1 e 36)
Galeão restringirá voos domésticos durante a Rio+20 (Págs. 1 e 21)
PT arrecadou R$ 44 milhões de empresas
Meses depois, em março, partido quitou dívidas com banco do mensalão

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Receita Federal terá concurso para preencher 950 vagas

Faixa de salário para os cargos varia de R$ 7.000 a R$ 13.000
O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a criação de um concurso público para a Receita Federal do Brasil. A decisão foi divulgada, nesta quinta-feira (24), no Diário Oficial.
O concurso, de âmbito nacional, irá selecionar candidatos para 950 vagas, sendo 200 para o cargo de auditor-fiscal e 750 para analista-tributário. A faixa de salário para estes cargos é de R$ 7.000 a R$ 13.000 segundo a tabela de remuneração dos funcionários públicos da instituição.

Cabral: O rei do Rio perdeu o trono, a pose e a voz

Surpreendido pela cachoeira que engoliu a Delta e o deixou com água pela cintura, o governador Sérgio Cabral permanece refugiado no Palácio Guanabara. Longe dos jantares com a Turma do Guardanapo, das festas bancadas pelo amigo Fernando Cavendish, dos jatinhos emprestados por Eike Batista e das margens do Sena, Cabral tem de consolar-se com os torpedos de Cândido Vaccarezza. As mensagens tão melosas com o destinatário quanto cruéis com o idioma são insuficientes para devolver ao governador a alegria de viver e, sobretudo, a loquacidade dos tempos em que, fantasiado de Rei do Rio, batia boca até com menino de morro. O vídeo reprisado pela seção História em Imagens ressuscita o Cabral dos tempos em que era do Lula, não de um Vaccarezza.
Veja/coluna do Augusto Nunes

Contribuintes poderão parcelar dívidas com Previdência Social pela internet

Os contribuintes que devem à Previdência Social podem parcelar as contribuições na página da Receita Federal na internet. A novidade foi lançada nesta sexta-feira (25/5), no Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte.
A pessoa física ou a empresa que não estão em dia com a Previdência Social podem requerer o parcelamento tradicional, em até 60 meses. O pedido, no entanto, só podia ser feito nas unidades do Fisco. Segundo o subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita, Carlos Roberto Occaso, com o novo sistema, 60 mil contribuintes deixarão de ir aos postos de atendimento da Receita a cada mês.

‘Situação de índios no Mato Grosso do Sul é vergonhosa’

Por Gabriel Bonis e Matheus Pichonelli

O informe de 2012 da Anistia Internacional sobre direitos humanos destacou preocupação em relação às comunidades indígenas submetidas a discriminação, ameaças e violências envolvendo disputa de terras no Brasil. A situação mais grave, de acordo com a ONG, não está na Amazônia, onde projetos de infraestrutura como a usina hidrelétrica de Belo Monte já afetam a vida da população local, mas sim no Mato Grosso do Sul. Na região, a lentidão no processo de demarcação de terras indígenas expõe as comunidades a um “alto risco de violações dos direitos humanos”.

Entenda por que o conflito envolvendo as terras guarani-kaiowá tornou-se uma das maiores tragédias do País na área dos direitos humanos.

Levantamento do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) mostra que cerca de 1.200 famílias estão hoje acampadas à beira de rodovias à espera da restituição de suas terras. A situação levou a uma série de episódios violentos patrocinados por grupos armados durante todo o ano de 2011.
A Anistia Internacional lembrou que, em setembro último, homens armados usaram caminhões, fizeram disparos com balas de borracha, incendiaram barracos e espancaram moradores em Pyelito Kue. “Diversas pessoas, inclusive crianças e idosos, ficaram gravemente feridas no ataque, que foi descrito pelo Ministério Público Federal como configurando genocídio e formação de milícias rurais.”

Protestos de indígenas no Mato Grosso do Sul, que esperam voltar às terras dos ancestrais, mas enfrentam resistência de governo e violência dos fazendeiros. Fotos: Cimi
Em novembro, 40 pistoleiros, muitos deles encapuzados, atacaram o acampamento de Guaiviry, próximo à fronteira com o Paraguai. Eles atiraram no cacique Nísio Gomes e levaram seu corpo em uma caminhonete. O destino do líder indígena até hoje é desconhecido.
O relatório destaca ainda a condenação por formação de quadrilha, tortura e sequestro de três homens acusados de matar o líder Guarani-Kaiowá Marcos Veron, espancado até a morte em 2003. Eles recorreram da decisão e estão em  liberdade.
“Essa situação é uma vergonha para todos nós”, define o diretor-executivo da Anistia Internacional no Brasil, Atila Roque.
Embora grave, a situação em Mato Grosso do Sul não tem sensibilizado a opinião pública da mesma forma como a de indígenas afetados por obras de infraestrutura na Amazônia. “Eles vivem numa fronteira já muito deteriorada do ponto de vista da preservação do próprio território, uma área de muita disputa. É como se houvesse um silêncio em torno deles”, afirma Roque.
Outro agravante é a proximidade com a fronteira agrícola e o baixo controle do poder público sobre os interesses privados (representados em diversas instâncias do poder, enquanto a população indígena segue subrepresentada politicamente).
“O Brasil possui um sistema político que gera um padrão de representação deficitária, que não garante a presença de diferentes populações. Isso vale uma discussão mais ampla sobre como a política se financia e também o sistema de votos. Mas é um debate que o Brasil tem dificuldade de fazer porque o status quo se beneficia desse modelo.”
Fotos: Conselho Indigenista Missionário
Uma outra dificuldade, segundo Tim Cahill, pesquisador de Brasil da Anistia Internacional, é a baixa participação desses povos na definição das políticas voltadas a eles e também a falta de acesso ao sistema de Justiça. Para Cahill, a situação do Mato Grosso do Sul não é difícil de resolver, pois as áreas indígenas são pequenas em relação a outras, como a Raposa Serra do Sol. “É uma população pequena e ameaçada pela violência e pela pobreza devido ao impacto da indústria da cana-de-açúcar, que os tira da terra e ainda os empurra a trabalhar nas plantações em condições degradantes. Isso poderia ser resolvido se houvesse vontade do governo em negociar com os latifundiários do estado e comprar essas terras para os indígenas. O governo diz que está fazendo isso e tentando arranjar uma solução.”
Apesar da situação no Mato Grosso do Sul, a Anistia Internacional considera que o Brasil possui hoje um arcabouço jurídico avançado em relação à preservação dos direitos indígenas. O problema, diz Cahill, é a implementação destas leis.
“Há um processo novo de expansão econômica que não está somente ameaçando o direito das populações, mas está levando a rever essa legislação [de defesa dos índios e demarcação de terras] com processos no Congresso”, afirma.
Belo Monte. Além da situação na fronteira, a Anistia Internacional emitiu no documento uma série de alertas sobre o impacto de megaempreendimentos na vida de populações vulneráveis. A ONG lembrou que em outubro do ano passado a presidenta Dilma Rousseff expediu um decreto “para facilitar o licenciamento ambiental de grandes empreendimentos econômicos” que afetam as terras de comunidades indígenas ou quilombolas.
“O Brasil precisa reconhecer os direitos destes povos e garantir que sua expansão econômica não seja feita à custa da vida deles”, diz Cahill.
Balas de disparo contra índios de área de conflito. Foto: Cimi
Sobre Belo Monte, o relatório critica a recusa do Brasil a acatar medidas cautelares sobre o projeto determinadas pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos para proteger a saúde e a integridade da população local. “O Brasil, que tem uma tradição no apoio e valorização dos espaços multilaterais, reagiu mal”, lamenta Atila Roque.
A Anistia demostrou preocupação também com a situação de ativistas rurais e lembrou a morte do casal ambientalista José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, assassinados a tiros há exato um ano por pistoleiros no município de Ipixuna, no Pará. Eles denunciavam as atividades ilegais de madeireiros, fazendeiros e produtores de carvão da região. Apesar da prisão de um mandante e dois supostos executores, as ameaças contra os familiares das vítimas permanecem.
Milícias. A ONG destaca ainda a atuação de grupos de extermínio e milícias que no ano passado mataram a juíza Patrícia Acioli com 21 tiros em frente de sua casa em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, e casos de tortura e maus-tratos nas superlotadas penitenciárias brasileiras, que hoje abrigam 500 mil internos – dos quais 44% ainda esperavam julgamento. Alerta também para o risco de remoções forçadas de moradores nas grandes cidades para dar espaço às obras da Copa do Mundo de 2014.

Estuprador de menina de sete anos é preso ao ir à delegacia registrar furto de celular

Extra
Jorge Matiel, de 55 anos, foi preso, nesta sexta-feira, por policiais da 10ª DP (Botafogo), ao ir até a unidade fazer um registro de um furto de celular. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, contra ele havia um mandado de prisão pelo crime de atentado violento ao pudor.
Ele teria violentado, ainda segundo informações da polícia, uma menina de sete anos no Morro da Chacrinha, na Tijuca, em 1999.
Jorge estava foragido da Justiça desde 2002, quando foi condenado.

Conheça as principais estreias desta sexta-feira

Divulgação
Entra em cartaz nesta sexta-feira (25) MIB - Homens de Preto 3, com a dupla Will Smith e Tommy Lee Jones.
No filme, os agentes J (Will Smith) e K (Tommy Lee Jones) estão de volta... no tempo. J descobre que há segredos no universo que K nunca lhe disse — segredos que se revelarão à medida que ele se junta ao jovem agente K (Josh Brolin) para salvar seu parceiro, a agência e o futuro da humanidade.
Divulgação
A Delicadeza do Amor traz Audrey Tautou (O Fabuloso Destino de Amélie Poulain) no papel principal. No filme, ela é uma jovem bonita e tem o casamento perfeito. Mas, quando seu marido morre num acidente, seu mundo vira de ponta-cabeça
Divulgação
Flores do Oriente, que estreia nesta sexta (25), se passa na devastada cidade de Nanjing, em 1937, em que o perigo das ruas fez com que um grupo inimaginável de refugiados se reunisse em uma igreja: um bando de crianças em estado de choque, algumas sedutoras e provocantes cortesãs e um renegado americano que se passa por padre para salvar a própria pele
Divulgação
Na comédia francesa Hasta la Vista!, Três jovens de 20 anos amam beber vinho e paquerar as mulheres, mas ainda são virgens. Sob o pretexto de conhecer as vinícolas espanholas, eles embarcam em uma viagem com um objetivo definido: perder a virgindade. E nada os impedirá, nem mesmo suas deficiências físicas: um deles é cego, o outro está confinado a uma cadeira de rodas e o terceiro é paraplégico
Divulgação
Mr. Sganzerla - Os Signos da Luz é um filme-ensaio que recria o ideário do cineasta Rogério Sganzerla por meio dos signos mais recorrentes de sua filmografia, como Orson Welles, Noel Rosa, Jimi Hendrix e Oswald de Andrade

Em Arraial do Cabo, pedalada ecológica


A Secretaria do Ambiente de Arraial do Cabo através do Departamento de Qualidade Ambiental e a Sociedade Cooperativa Educacional Cabista – SOCEC realizou uma pedalada ecológica pelo Parque Natural municipal da restinga de Massambaba até a Lagoa Azul. O evento aconteceu nesta sexta-feira, 25, e teve início às 7h30 e terminou por volta das 12h, com a participação de aproximadamente 60 pessoas, entre técnicos da SEMA,  alunos, professores e funcionários do colégio SOCEC.       

Jornalista brasileiro é detido na Síria; Itamaraty diz que ele não sofre ameaças


Nesta sexta-feira (25/5), foi confirmado que o jornalista brasileiro Klester Cavalcanti está detido na Síria, informou a Globo News. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Tovar Nunes disse que não pode repassar nenhuma outra informação para não atrapalhar a negociação com as autoridades sírias. Local, data e o motivo da prisão não foram revelados. Segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty, o jornalista já estaria solto e recebendo assistência da embaixada.
Crédito:Reprodução
Repórter da IstoÉ Gente está detido na Síria

Segundo o embaixador, qualquer informação pode prejudicar o jornalista, porque a situação é delicada. O repórter está em boas condições físicas, não sofre ameaças e aguarda a regularização do Itamaraty para deixar o país.

Cavalcanti é ex-editor no portal do jornal O Estado de S. Paulo. Segundo um colega de trabalho no jornal, o brasileiro deveria ter retornado da viagem na última terça-feira (22/5). O jornalista atua na revista IstoÉ Gente há poucos meses. 

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

Caso Veja: CPMI tem pesos diferentes para convocar jornalistas a depor


 Por Najla Passos e Vinicius Mansur/Carta Maior - de Brasília
Veja
Policarpo Júnior, vice-presidente deVeja
A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga os crimes cometidos pelo bando do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, abriu uma excessão à regra de não convocar integrantes da mídia para depor, e chamou um jornalista formado pela Faculdade Icesp, de Brasília, registrado na Delegacia Regional do Trabalho sob o número 6704/15/147-DF, acusado de funcionar como uma espécie de leva e traz entre os bandidos e integrantes de meios de comunicação como a revista semanal de ultradireita Veja, entre outros, acessados facilmente pela quadrilha. Não houve nenhum protesto, por parte dos parlamentares ou da mídia tradicional, em função de um membro desta categoria profissional ter sido convocado. Nem mesmo daqueles que afirmavam, reiteradamente, que jornalistas seriam impedidos de depor por força de lei.

Prefeitura de Búzios começa a retirar quiosques irregulares na Praia da Ferradura


A Prefeitura de Búzios, deu início nesta sexta-feira à retirada de um dos nove quiosques que serão demolidos na Praia da Ferradura. A medida atende a uma determinação do Ministério Público Federal (MPF). Ao todo, terão que ser demolidos 40 estabelecimentos irregulares na Prainha e em Arraial do Cabo. A pedido do MPF, a 2ª Vara Federal de São Pedro da Aldeia concedeu duas liminares determinando que as prefeituras interditem e efetuem a demolição dos quiosques em dez dias, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Durante a manhã desta sexta-feira, o deck que ficava em frente ao quiosque foi retirado e, à tarde, começou a demolição efetiva do estabelecimento. Os donos já haviam sido notificados e, não houve resistência.

Alair Corrêa – Festa de aniversário diferente!

http://bethmichel.com.br/
Em comemoração aos seus 70 anos, meu querido amigo Alair Corrêa optou por uma festa de aniversário diferente e ecumênica . Serão realizadas várias manifestações religiosas em vários templos das mais diversas denominações e em diversos bairros da cidade. Abaixo vai uma lista dos convites para estas cerimônias para que seus amigos e admiradores optem por aquela que mais se adeque às suas crenças e esteja mais próxima de suas residências, afim de comemorar a data. A comemoração final será igualmente ecumenica e se realizará no Riala Parque. Anotem!

Em Araruama, Cine Sesc chega neste sábado

Neste sábado (26) o projeto Cine Sesc chegará ao município de Araruama para exibição gratuita do filme “Rio”, às 19 horas, na Praça do Centro do distrito de São Vicente de Paulo.
Com direção de Carlos Saldanha (o mesmo de “A Era do Gelo”), “Rio” é uma divertida aventura sobre Blu, uma arara azul domesticada que nunca aprendeu a voar, e tem uma vida tranquila e confortável ao lado de Linda, sua dona e melhor amiga. Acreditando que Blu é o último pássaro de sua espécie, eles vivem juntos na cidade de Mosse Lake, em Minessota, e iniciam uma aventura quando descobrem que existe uma outra arara azul vivendo na cidade do Rio de Janeiro.

“Minha Casa Minha Vida” em Maricá: obras criam 246 vagas de emprego

A construção de cerca de 3 mil apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida em Maricá vai exigir a contratação imediata de 246 profissionais. As vagas acabam de ser disponibilizadas pela secretaria municipal de Trabalho, que firmou uma parceria com a empresa responsável pela construção das unidades com o objetivo de aproveitar a mão de obra local qualificada.  
Há oportunidades para pedreiro (30 vagas); carpinteiro (30); bombeiro hidráulico (20); eletricista (30); soldador (04) e serralheiro (04), além de operadores de máquinas e encarregados de produção, elétrica e ferragem, entre outras funções.

Em Arraial do Cabo, demolição dos quiosques e do estacionamento da Prainha foi suspensa por 180 dias

 Prefeitura recorreu e a Justiça concedeu à liminar
Depois de receber uma determinação do Ministério Público Federal para que sejam demolidos todos os quiosques e o estacionamento da Prainha, a Prefeitura de Arraial do Cabo através da Procuradoria Geral do município recorreu e a justiça concedeu à liminar.

Búzios Beauty Fashion: feria para profissionais da beleza

Entre os dias 26 e 28 de maio, no Hotel Atlântico Búzios, acontece a Búzios Beauty Fashion, uma feira para profissionais de estética  que atuam não apenas na cidade, mas em toda a Região dos Lagos. O evento começa às 14h00 e se encerra às 23:30 todos os dias.
Na programação, além de expositores vendendo produtos a preço de fábrica, haverá seminários de cortes, penteados e cor com Giovanno Gamba, Sillmarcos e Augustu’s Di Carvalho.
Mais informações pelo telefone: 2623-2360 ou pelo site http://www.buziosbeutyfashion.com/

Em São Pedro da Aldeia, III Olimpíada Ortográfica de Soletração

Alunos, professores, diretores e profissionais da Educação em geral participaram hoje pela manhã da abertura da III Olimpíada Ortográfica de Soletração, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa. O evento contou com a palestra do autor e escritor Júlio Emílio Braz, que traz em suas obras assuntos direcionados para o público infanto-juvenil, abordando temas atuais como drogas, violência, preconceito, entre outros. Esse projeto é uma realização da Prefeitura, por meio da SEMED – Secretaria Municipal de Educação.
 

Em Arraial do Cabo, fim de semana com filmes gratuitos

Neste final de semana, os moradores de Arraial do Cabo poderão desfrutar mais uma vez do projeto “Cinema de Graça”. Os filmes são exibidos no Cinema Municipal, com duas sessões no sábado e no domingo, a partir das 18h. O projeto é da Superintendência da Juventude do município, que desde 2009 exibe filmes gratuitos para a população.
É bom lembrar que para assistir filmes censurados é necessária a apresentação de documento com foto.
Os filmes desse final de semana são os seguintes:
Sábado 26/05:
18h: Winter o Golfinho
20h: Assalto em Dose Dupla
Domingo 27/05:18h: Compramos um Zoológico
20h: Frankenstein

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Em Cabo Frio, polícia estoura refinaria de drogas



A refinaria funcionava no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio. No local, os policiais encontraram 1 kg de cocaína, além de produtos químicos e materiais para embalar a droga. Dois homens foram presos

Bom dia! Os destaques dos jornais desta quinta-feira, 24 de maio.


 


 

Folha de S.Paulo
Greve de 12 horas no metrô para SP e provoca tumulto
Agora S.Paulo
Aposentadoria de 1990 terá que ser incluída na revisão pelo teto
O Estado de S.Paulo
Só 5% das obras da Copa estão prontas
O Globo
Dilma fará vetos ao Código Florestal de olho na Rio+20
Correio Braziliense

Câmara Legislativa, nova em folha, já vai ser reformada
Estado de Minas

Por dentro da mansão do medo
* Valor Econômico*
Saída de dólares é a maior desde 2008
Brasil Econnômico

Mercedes tem 'excedente de 1.500 funcionários' e não descarta cortes
Zero Hora

Nova lei derruba tabu do sigilo nos salários dos órgãos públicos
*
Jornais internacionaisThe New York Times (EUA)
Discussão de líderes sobre crise na zona do euro não avança
The Washington Post (EUA)
Paquistão condena médico, e irrita dos EUA
Le Figaro (França)
Hollande e Merkel, a confrontação
El País (Espanha)
Primeira cúpula entre Hollande e Merkel divide mais a Europa
Clarín (Argentina)
Diferença entre dólar paralelo e oficial chega a 37%


quarta-feira, 23 de maio de 2012

Crianças encontram recém-nascido dentro de saco plástico

Menino foi levado para maternidade e foi encontrado ainda com a placenta
Ueliton Guimarães
localbebe
Local onde bebê foi encontrado ficou com vestígios de sangue
Duas crianças que brincavam na rua encontraram um bebê em um saco plástico, na tarde desta quarta-feira (23). O recém-nascido foi achado na rua Manoel Batista, no Jardim Nazareno, em Piabetá, distrito de Magé, na Baixada Fluminense. As crianças perceberam que o saco plástico se mexia.

Em Búzios, prefeitura vai recorrer da decisão da justiça sobre demolição de quiosques na Ferradura

A Prefeitura de Búzios vai recorrer da decisão da Justiça que, através do Ministério Púbico Federal (MPF), determinou a retirada dos quiosques instalados na Praia da Ferradura. De acordo com a decisão judicial, o Município deve retirar todo o entulho produzido pelas demolições e proibir a instalação de novos quiosques no local.  Para Ministério Público Federal, os quiosques estariam em área de preservação permanente (APP).

EM CABO FRIO, II CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Nesta sexta feira, 25 de maio, a Prefeitura de Cabo Frio através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COMUD – PCD) realizará a II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Justiça determina que Búzios e Arraial façam demolições de quiosques

Em Búzios, são nove estruturas que funcionam sem licença ambiental. Já em Arraial, são 31 quiosques construídos em toda a extensão da Prainha.
A justiça determinou que as prefeituras de Búzios e Arraial do Cabo façam a demolição de quiosques em duas praias da Região dos Lagos. O prazo para que isso aconteça é de 10 dias. Em Búzios, são nove estruturas que funcionam sem licença ambiental na Praia da Ferradura. Na ação, movida pelo Ministério Público Federal, a prefeitura deve recuperar a área degradada pelas construções.

Bom dia! O resumo dos principais jornais desta quarta-feira, 23 de maio.

O Globo
Manchete: Câmara manobra contra punição de contas-sujas
Em sessão-relâmpago, deputados tentam derrubar decisão do TSE
Numa votação-surpresa, a Câmara aprovou ontem projeto que permite o registro de candidaturas de políticos que tiveram contas eleitorais reprovadas — os chamados contas-sujas. Na prática, é uma manobra para pressionar o Tribunal Superior Eleitoral a rever resolução deste ano que proíbe candidaturas de quem teve contas rejeitadas. Todos os partidos, com exceção do PSOL apoiaram a proposta. Numa articulação inusual, os deputados votaram, na mesma sessão, a urgência e o mérito do projeto, que seguirá agora para o Senado, Mesmo se for aprovado pelos senadores, porém, há dúvidas quanto à sua aplicação na eleição deste ano. Os partidos tinham recorrido ao TSE para tentar derrubar o veto aos contas-sujas, que impede 21 mil candidatos de concorrerem este ano. Como o TSE ainda não respondeu, a Câmara se antecipou. (Págs. 1 e 11)
Ex-diretor agia em nome da Delta
Cachoeira é levado da cadeia para sessão da CPI, mas se recusa a responder a qualquer pergunta
No dia em que o bicheiro Carlinhos Cachoeira passou duas horas e meia na CPI e se recusou a responder a qualquer pergunta, irritando deputados e senadores, o relator da comissão, deputado Odair Cunha (PT-MG), revelou que o ex-diretor da Delta no Centro-Oeste, Cláudio Abreu, tinha procuração da empresa para movimentar contas que teriam abastecido empresas de fachada do contraventor. Com base na informação, a CPI passa a ter dados para quebrar o sigilo da Delta em todo o país, o que vinha sendo evitado por parlamentares do PT e do PMDB, embora a Justiça do Distrito Federal já tenha quebrado o sigilo da construtora. O silêncio de Cachoeira, que teve o tempo todo a seu lado o advogado Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça, pode levar a uma revisão do trabalho da CPI. “Se estamos perguntando diante de uma múmia, o que vão pensar de nós?”, protestou a senadora Kátia Abreu (PSD). (Págs. 1, 3 a 10 e Elio Gaspari, 6)
Julgamento do mensalão deve durar de 3 a 5 semanas
O presidente do STF, ministro Ayres Britto, propôs ontem um cronograma para o julgamento do mensalão que prevê de 3 a 5 semanas de trabalhos, a serem iniciados em 4 de junho. O prazo, no entanto, depende da apresentação do voto do ministro revisor, Ricardo Lewandowski. (Págs. 1 e 12)
STF divulgará salários de ministros e servidores
O Supremo Tribunal Federal decidiu divulgar na internet o salário de seus ministros e funcionários. Serão publicados nome do servidor, vencimentos básicos e eventuais gratificações. A decisão, unânime, foi tomada para garantir o cumprimento da Lei de Acesso à Informação. (Págs. 1 e 11)
Trabalho escravo pode levar a confisco
A Câmara dos Deputados aprovou ontem, em segundo turno, uma Proposta de Emenda Constitucional que prevê a expropriação, sem qualquer indenização, de propriedades rurais ou urbanas onde for constatado trabalho escravo. A bancada ruralista era contrária ao projeto e travava sua tramitação desde 2004, mas ontem saiu derrotada. O texto agora será apreciado pelo Senado. (Págs. 1 e 13)
Brasileiros: 45% da renda vão para dívidas
O novo pacote do governo para evitar a queda do PIB, estimulando o consumo, foi lançado em meio ao endividamento recorde das famílias. Em abril, sô as dívidas financeiras representavam em média 45% da renda anual. Esse percentual era de 24,9% em janeiro de 2007. (Págs. 1, 21, 22 e Míriam Leitão)
Montadoras pressionaram por crédito
Ao justificar o incentivo às montadoras com corte de impostos de carros, o ministro Mantega admitiu que elas ameaçavam dar férias coletivas devido aos estoques altos e à falta de crédito. O governo estuda liberar mais recursos de depósitos compulsórios dos bancos. (Págs. 1 e 23)
Ministério abre sindicância sobre FGTS
Após auditoria da CGU encontrar irregularidades, o Ministério do Trabalho anunciou sindicância para apurar o baixo retorno de aplicações do FGTS. Atas das reuniões do Conselho do Fundo serão públicas. Assessor e suplente do Conselho foram exonerados. (Págs. 1 e 26)
Juiz do Rio não permite casamento gay
Sem decisão final da Justiça sobre o tema, um juiz do Rio nega todos os processos de casamento entre casais do mesmo sexo. Com base na decisão do STF que reconheceu a união estável, outros tribunais têm autorizado o casamento gay. (Págs. 1 e 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Montadoras cortam preço de veículos em até 10%
Descontos são anunciados após pacote do governo para estimular o consumo
Um dia após o governo anunciar a redução de impostos para o setor, as montadoras começaram a baixar os preços dos automóveis.
Fiat, Ford, Renault, JAC e Hyundai anunciaram reduções. Os descontos divulgados variam de 4,9% a 10,3%, principalmente para os modelos de carros populares. (Págs. 1 e Mercado B1)
Governo estuda medidas para 'reestruturar' a inadimplência. (Págs. 1 e Poder A12)
Greve paralisa metrô paulistano a partir de hoje
Em assembleia com 25% da categoria, os metroviários decidiram entrar em greve a partir de hoje. A prefeitura anunciou que o rodízio de carros poderá ser suspenso. O pré-candidato a prefeito José Serra disse que greves se intensificam em ano eleitoral. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
Aref pediu propina de R$170 mil, diz dono do Bahamas
No primeiro depoimento formal contra Hussain Aref Saab, o empresário Oscar Maroni disse ao Ministério Público que o ex-diretor da prefeitura paulistana lhe pediu R$ 170 mil para regularizar um hotel em Moema.
O advogado de Aref negou a acusação. (Págs. 1 e Cotidiano C5)
Cachoeira se cala, mas diz que ainda tem muito a falar
O bicheiro Carlinhos Cachoeira irritou a CPI que o investiga ao se negar a responder a 30 das 60 perguntas feitas por parlamentares durante duas horas e meia de depoimento, alegando que falará antes à Justiça. Disse, porém, que, se for reconvocado, terá “muito a dizer”. Integrantes da CPI o chamaram de “marginal” e “arrogante”. (Págs. 1 e Poder A4)
Fernando Rodrigues
CPI naufraga porque está sem rumo, sem foco e desorientada. (Págs. 1 e Opinião A2)
Réus pedem que STF não julgue mensalão com "faca no pescoço"
Dez advogados de réus do mensalão fizeram um apelo aos ministros do STF para que eles não julguem a ação com a “faca no pescoço”, relata Felipe Seligman.
Trata-se de referência a frase dita pelo ministro Ricardo Lewandowski após o julgamento da denúncia dos acusados, em 2007, e revelada pela Folha. (Págs. 1 e Poder A9)
Supremo divulgará salário e benefícios de seus ministros
Para cumprir a Lei de Acesso, o STF decidiu que publicará o salário e demais benefícios de servidores, ministros e ex-ministros. A decisão só vale, inicialmente, para a corte. Pagamentos de alto valor feitos a juizes foram um dos motivos da crise que envolveu o CNJ. (Págs. 1 e Poder A11)
Comissão de Anistia nega indenização ao Cabo Anselmo (Págs. 1 e Poder A10)
Editoriais
Leia “Déficit de ousadia”, sobre os limites do estímulo ao consumo e a necessidade de reorientar a economia para o investimento e a produtividade. (Págs. 1 e Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Cachoeira se cala e CPI mira Delta
Diante do silêncio do contraventor, alvo central da comissão, parlamentares podem avançar na quebra do sigilo nacional da empreiteira
O contraventor Carlinhos Cachoeira negou-se ontem a responder às perguntas elaboradas pela CPI que se dedica a investigar o escândalo do qual é pivô. O impasse gerado por sua falta de colaboração teve um efeito colateral indesejado pela base aliada: colocou a Delta no alvo da CPI, que deve avançar na quebra de sigilo nacional da empreiteira. Com ar irônico, que beirou o deboche, Cachoeira repetiu que só vai falar após sua audiência judicial, marcada para 31 de maio e 1º de junho. Quarenta perguntas depois, a CPI acatou a sugestão da senadora Kátia Abreu (PSD-TO) para encerrar a sessão. “Estamos aqui perguntando a uma múmia. Não vou ficar dando ouro para bandido”, disse. Ainda assim, houve embate entre governo e oposição: de um lado, os aliados do Planalto e o PT, que tentaram envolver o governador de Goiás, o tucano Marconi Perillo, no esquema de Cachoeira; de outro, os tucanos, que fizeram perguntas que citavam o governador do Distrito Federal, o - petista Agnelo Queiroz, que teve assessores flagrados em negociações com Cachoeira. (Págs. 1 e Nacional A4, A6 e A7)
Carlinhos Cachoeira
Contraventor
“Não vou falar. Pedimos para reavaliar nossa vinda aqui. Quem forçou para eu vir aqui foram os senhores”
Kátia Abreu
Senadora (PSD-TO)
“Estamos aqui perguntando a uma múmia. Não vou ficar aqui dando ouro para bandido”
Márcio Thomaz Bastos: De ministro a advogado de bicheiro
A defesa de Carlinhos Cachoeira está a cargo de Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça. Saudado na CPI como “digníssimo” e “grande jurista”, Thomaz Bastos já avisou que seu cliente jamais falará com a comissão. Em entrevista a Fausto Macedo, ele negou constrangimento com o silêncio: “Ao contrário, foi uma coisa respeitosa”. (Págs. 1 e Nacional A6 e A7)
Jovens ficam sem partido na eleição egípcia
O Egito chega hoje à sua primeira eleição presidencial após a queda de Hosni Mubarak sem que os jovens que lotaram a Praça Tahir para tirar o ditador tenham conseguido se organizar em um partido, informa o enviado Roberto Simon. Eles vão às urnas divididos. (Págs. 1 e Internacional A11 e A13)
Mercado reage mal a pacote de estímulo
O pacote de estímulo ao consumo lançado pelo governo teve efeito negativo no mercado financeiro. A Bovespa fechou em queda, o dólar deu novo salto e os juros no mercado futuro dispararam. Para os investidores, as medidas, além de tímidas, não reforçam a oferta. (Págs. 1 e Economia B1)
Justiça barra, mas metroviário aprova greve
Os metroviários e o governo de São Paulo não chegaram a um acordo sobre reajuste de salários e a categoria decidiu entrar em greve. O Metrô conseguiu ontem na Justiça do Trabalho liminar que determina 100% de operação no horário de pico (5h às 9h e das 17h às 20h) e 85% nos demais horários. (Págs. 1 e Cidades C1)
Prejuízo com a seca pode superar R$12 bi (Págs. 1 e Vida A17)
Tutty Vasques
‘Somos uns boçais!’
O ser humano não tem cura! Basta acenar com um carrinho mil e essa raça abana o rabinho para medidas que facilitam a compra de veículos. (Págs. 1 e Cidades C6)
Dora Kramer
Cru e quente
Como ocorre aos apressados, a CPI do Cachoeira degustou o prato tão cru quanto quente, por força de um princípio constitucional elementar. (Págs. 1 e Nacional A6)
Notas & Informações
Prisioneiro do ressentimento
O ex-presidente Lula está mais velho e mais sofrido, mas nem por isso mais sábio. (Págs. 1 e A3)
-----------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: O cinismo da esfinge
Irônico, Cachoeira foge de todas as perguntas, irrita deputados e senadores, e deixa a sensação de que a CPI, a cada dia mais desacreditada, empacou de vez
Logo no início da sessão, o bicheiro fez até piada: “Essa é uma boa pergunta para ser respondida depois", debochou, amparado pela Constituição que lhe dá o direito ao silêncio. A senadora Kátia Abreu ficou enfurecida. “Estamos aqui perguntando para uma múmia”, disse. E defendeu o encerramento imediato do depoimento na CPI, que investiga as ligações políticas do esquema criminoso chefiado por Carlinhos Cachoeira. Frustrados, alguns parlamentares temem o enterro precoce da comissão. (Págs. 1, 2 a 4 e Visão do Correio, 14)
Quebra de sigilo da Delta surpreende CPI (Págs. 1 e 3)
Cheia de Charme: Mulher de bicheiro causa frisson
Mendonça, de camisa branca, provocou alvoroço entre parlamentares, servidores e jornalistas ao chegar ao Congresso para acompanhar o depoimento do marido, Carlinhos Cachoeira, e logo foi apelidada de “Musa da CPI”. (Págs. 1 e 4)
Presidente da Câmara se agarra a mordomia
Casa, comida, carro, avião... Marco Maia (PT-RS) acha pouco. Diz que deputados têm menos benefícios que a população e defende 14° e 15° salários. (Págs. 1 e 6)
Mensalão: Três sessões semanais para julgar o processo
Os ministros do STF definiram ontem a realização de mais plenárias durante o período de análise dos processos contra os 38 réus do caso. A expectativa é de que o julgamento dure seis semanas, com a extensão dos horários para a noite. O cronograma final, no entanto, ainda não foi aprovado. (Págs. 1 e 5)
Lei mais rígida pune o trabalho escravo no país (Págs. 1
IPI menor: Vendas de carros devem crescer 20%
Após amargarem queda nos negócios em abril, as concessionárias apostam no aumento da procura por veículos novos. Muitos consumidores foram conferir os preços depois da redução de impostos - os descontos chegam a 10% — e alguns já saíram com um zero km. (Págs. 1, 10 e 31)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
Manchete: Governo avalia mais ações para destravar o crédito
Enquanto aguarda o desenrolar da crise na zona do euro, com a possível saída da Grécia da união monetária, o governo prepara mais quatro ações para destravar o crédito e estimular a retomada. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, revelou ontem que avalia a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) na portabilidade do crédito habitacional e um mecanismo que ajude a reestruturação da inadimplência bancária. Analisa também a ampliação do crédito e redução de seu custo para motocicletas e a desoneração do PIS/Cofins pagos pelas companhias de saneamento básico.
O ministro informou que a intenção do governo é permitir ao mutuário transferir a sua dívida para outro banco que apresentasse condições mais favoráveis de pagamento. Essa operação, segundo Mantega, seria feita sem o pagamento do IOF ou de qualquer outra taxa. Hoje, os bancos cobram tarifas elevadas para permitir a transferência dos débitos. (Págs. 1 e A3 a A6)
Inadimplência força bancos a renegociar
Os bancos estão autorizando os escritórios de cobrança a renegociar financiamentos de automóveis em atraso. A prática, que inclui a redefinição das condições da dívida (juros e prazo), era incomum, uma vez que, nesses financiamentos, o carro é a garantia real do crédito. “Os bancos têm mudado a orientação para uma política de conciliação com o cliente em atraso”, diz Leonardo Coimbra, sócio do Grupo Cercred, empresa de recuperação de crédito.
A depreciação dos carros usados provoca perdas porque quanto mais baixo o valor do bem, menos dinheiro o banco recupera com sua retomada. Se os bancos não renegociarem os contratos, a inadimplência das carteiras, hoje em 5,5%, ficará ainda mais alta. (Págs. 1 e C12)
Incentivo aos carros, sem contrapartida
O elenco de medidas anunciado pelo governo nesta semana ajudará a aumentar a venda de automóveis, mas segue na contramão do que governos de outros países têm feito para envolver os automóveis em planos de mobilidade urbana sustentável. A expressiva maioria dos programas de incentivos lançados no mundo nos quatro últimos anos atrela a redução de impostos à eficiência energética e controle de emissões.
Recentemente, os técnicos da equipe econômica chegaram a uma fórmula para atrelar incentivos fiscais ao consumo de combustível dos veículos, como se faz, há algum tempo, nos Estados Unidos e Europa. Mas representantes da indústria discordaram da metodologia e o plano foi adiado. (Págs. 1 e A6)
Fotolegenda: Enfim, eleições
Líderes religiosos ouvem discurso do candidato da Irmandade Muçulmana à presidência, Mohanimed Morei, nas eleições de hoje e amanhã no Egito, a primeira após seis décadas sob jugo militar. No total, são 12 concorrentes e ninguém pode prever com segurança quem será vencedor. (Págs. 1 e A11)
Zona do euro tenta evitar ruptura
Em reunião hoje, líderes europeus devem anunciar alguma medida para suavizar o baque do programa de austeridade nas economias em crise da zona do euro. Mas, a portas fechadas, vão discutir políticas controversas para tentar reformar a máquina econômica do bloco.
Com a crise política na Grécia ameaçando despedaçar a zona do euro, a oposição alemã a medidas mais drásticas será novamente questionada pelos países com finanças públicas mais debilitadas. É pouco provável que o encontro produza decisões, mas as eleições gregas no mês que vem podem mudar radicalmente o cálculo político na zona do euro. (Págs. 1 e A11)
Captação de debêntures da Rodovias do Tietê é adiada
A Rodovias do Tietê, concessionária que administra 406 quilômetros de estradas no interior de São Paulo, deve adiar pela segunda vez o fechamento de sua oferta de R$ 650 milhões em debêntures. A empresa foi a primeira a receber autorização para captar recursos no mercado conforme a Lei nº 12.431, que reduziu a zero a alíquota do Imposto de Renda no investimento de pessoas físicas e estrangeiros em debêntures de projetos de infraestrutura. A concessionária é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) controlada igualmente pelo grupo Bertin e pela portuguesa Ascendi.
A emissão, prevista para fechar na quarta-feira passada, foi adiada para hoje e agora deverá passar para o dia 30, apurou o Valor. Procurados, a companhia e o Barclays, coordenador líder da oferta, não comentaram o assunto. (Págs. 1 e C12)
WTorre negocia com ALL criação de um porto em Praia
A América Latina Logística (ALL) negocia com a WTorre a construção de um terminal portuário em Praia Grande, no litoral de São Paulo, com investimentos totais estimados em R$ 5 bilhões. O objetivo da ALL, que persegue um plano de diversificação dos negócios, é encontrar um meio de expandir a capacidade de exportação de sua mais nova empresa, a Vetria Mineração, de extração e beneficiamento de minério de ferro em Corumbá (MS).
Até agora, a Vetria faria o embarque do minério por um terminal a ser erguido em Santos. Esse terminal, no entanto, não atende toda a capacidade futura demandada pela empresa. A projeção é produzir 20 milhões de toneladas de minério por ano no início da operação (programada para 2016), podendo chegar a 27,5 milhões nos anos seguintes. (Págs. 1 e B1)
Cresce reação à proposta de súmula vinculante sobre guerra fiscal (Págs. 1 e E1)
Arrecadação cresce menos
A arrecadação de tributos federais somou R$ 92,6 bilhões em abril, alta de 3,49% sobre o mesmo mês de 2011, descontada a inflação. O crescimento real caiu pela metade comparado à média de janeiro a março. (Págs. 1 e A5)
Chávez "constrói" sua reeleição
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, usa programa habitacional inspirado no Minha Casa, Minha Vida para movimentar a economia do país e alavancar sua candidatura à reeleição. (Págs. 1 e A14)
BBC lança mais um canal no Brasil
A BBC vai estrear na segunda-feira um novo canal no Brasil. A programação do BBC HD será formada por séries, documentários, musicais e outros programas de entretenimento produzidos pela rede britânica. (Págs. 1 e B3)
Passaredo amplia a frota
Com planos de dobrar o número de rotas no Brasil em três anos, a Passaredo anunciou ontem, na França, contrato de US$ 450 milhões com a fabricante de turboélices ATR para a compra firme de dez aeronaves e opção por mais dez. (Págs. 1 e B6)
Êxito brasileiro na Farm Bill
Investida brasileira no Congresso americano contra medidas protecionistas aos produtores rurais dos EUA começa a fazer efeitos e proposta da Farm Bill exclui garantia de preço ao algodão. (Págs. 1 e B15)
Socorro ao algodão
Governo se prepara para eventual apoio à comercialização do algodão. Há dois anos sem subsídios, a colheita começa em dez dias e metade da produção esperada entrará no mercado com preços, em média, 25% mais baixos que há um ano. (Págs. 1 e B16)
Compras defensivas
Com o consumo em alta e a boa previsibilidade quanto à geração de caixa, as ações das empresas de shoppings centers ganham destaque como papéis defensivos na bolsa, ao lado das elétricas. (Págs. 1 e D2)
Novas oportunidades
Bom momento do mercado de seguros no Brasil, com o crescimento da economia e o fim do monopólio oficial na área de resseguros, valoriza os executivos do setor e atrai ao país profissionais que até então faziam carreira no exterior, como Peter Rebrin, da Zurich. (Págs. 1 e D3)
Ideias
Cristiano Romero
Há sinais concretos de que o crédito, após seguidas rodadas de redução dos spreads bancários, começa a fluir. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Martin Wolf
Não se pode transformar economias enfraquecidas do euro em regiões permanentemente sustentadas por transferências. (Págs. 1 e A13)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Ninguém merece tanto deboche
Foi um escárnio. Obrigado por decisão do Supremo Tribunal Federal a depor na CPI que investiga seu envolvimento com políticos, o bicheiro Carlinhos Cachoeira não só se negou a responder às perguntas como chegou a ironizar os parlamentares. Mesmo assim, deputados e senadores não abriram mão dos holofotes, insistindo nas indagações e em reações de revolta diante do silêncio do contraventor. A presença ostensiva do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, advogado de Cachoeira, defendendo seu cliente e justificando sua negativa em colaborar com a comissão, gerou indignação nas redes sociais. (Págs. 1, 3, 4 e o Editorial ‘Um tapa no rosto', 8)
R$ 42,5 mil
Custo do silêncio de Cachoeira, somando-se um dia de trabalho de 32 parlamentares na CPI à despesa com o efetivo da Polícia Federal.
Ninguém merece tanto transtorno
Foram 274 toneladas e 10 quilômetros de aborrecimento, das 5h30 às 8h45 de ontem, no Anel Rodoviário e em outros corredores de BH. Acarreta bitrem saiu de João Monlevade, no Vale do Aço, levando uma grande peça usada em plataforma de petróleo para o Rio de Janeiro. Próximo ao Bairro Buritis, Região Oeste da capital, houve pane em um dos dois caminhões que puxavam a carga. Não havia no comboio um veículo para substituí-lo de imediato e a via foi fechada até a chegada de reboques da BHTrans: não há no Anel estrutura para solução de problemas em situações de emergência. O caos é resultado também de uma ação mal planejada para um transporte considerado de risco em uma rodovia de grande movimento. (Págs. 1, 19 e 20)
195 minutos
Tempo que o Anel Rodoviário ficou interditado no sentido Belo Horizonte-Rio, até a chegada dos reboques e a abertura parcial da pista.
Machismo: Passageiro deixa avião pilotado por mulher
Homem é expulso de voo da Trip em Confins ao se recusar a decolar sob comando feminino. (Págs. 1 e 25)
Calote: Custo do carro vai além das prestações
A compra financiada pensando apenas no custo da parcela explica a alta de 5,7% da inadimplência nesse setor de janeiro a março. Para um carro de R$ 50 mil, com R$ 15 mil de entrada, a mensalidade de R$ 1.277 é acrescida de R$ 1.187,60, em média, com IPVA, taxas, seguro, revisão, gasolina e outras despesas. (Págs. 1 e 12)
Bancos
Juros caem, mas tarifas sobem o triplo da inflação. (Págs. 1 e 13)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Fifa aposta em Pernambuco
Entidade confirma Estado na Copa das Confederações, mas é necessário cumprir prazos para se manter como sede.
Alternativas
Fifa tem diferentes tabelas para o "ensaio" da Copa de 2014, no caso de alguma cidade não atingir suas metas.
Alta no custo
Obras da arena devem ser finalizadas até fevereiro, dez meses antes do prazo, e governo vai bancar os extras.
Programação
Estado deve sediar três jogos da Copa das Confederações, nenhum do Brasil. (Págs. 1, Esportes 1, e Economia 2 e 4)
João da Costa e Rands buscam apoio no PT
Nos bastidores pré-candidatos pressionam a Executiva Nacional que amanhã deve decidir sobre a prévia do partido. (Págs. 1, 3 a 5)
Hora da virada no ensino público
Alunos e professores da rede estadual estão ansiosos com a chegada dos tablets. (Págs. 1 e 2)
Silêncio de Cachoeira esvazia sessão da CPI (Págs. 1 e 6)
Governo estuda medidas contra a inadimplência (Págs. 1 e Economia 5)
Propostas para impedir o uso eleitoral da seca
Entidades querem enviar troca de água por voto. Ontem choveu em duas áreas do Sertão. Dívidas de agricultores serão renegociadas. (Págs. 1, Cidades 2 e Economia 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: STF decide divulgar salários de ministros, servidores e inativos
Decisão unânime da mais alta corte da Justiça brasileira atende à nova Lei de Acesso à Informação. Valores irão para a internet junto ao nome dos beneficiários. (Págs. 1, 8 e 10)
IPI dos carros: Economia acelerada e trânsito paralisado
Ao ativar vendas, governo aquece setor que detém 8% da riqueza do país, mas gera sacrifícios para as cidades. (Págs. 1 e 14)
Fotolegenda: Cachoeira na CPI
Bicheiro ficou calado diante da comissão que investiga escândalo de corrupção e tráfico de influência do qual é o suposto pivô. (Págs. 1 e 6)
Por que famosos entraram no "Veta, Dilma"
Ambientalistas orientam artistas na luta contra texto do Código Florestal. (Págs. 1, 4 e 5)
Egito: A Primavera Árabe testada nas urnas
Depois de seis décadas de ditadura, 52 milhões de egípcios começam a eleger hoje o presidente. (Págs. 1 e 20)
A seca "engole" os rios (Págs. 1 e 21)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete: Crise dos bancos da Espanha se agrava e mobiliza líderes europeus
A delicada situação das instituições espanholas será o principal tema da reunião dos chefes de Estado da Europa hoje, em Bruxelas. Estimativas indicam € 184 bi em créditos de reembolso duvidoso, o que representa 60% do total das carteiras. (Págs. 1 e 36)
Pacote de incentivos provoca polêmicas
Enquanto o comércio aplaude redução de impostos, economistas avaliam que endividamento das famílias vai atrapalhar a venda de veículos. (Págs. 1 e 4)
Só 8% dos multimercados dão um bom retorno (Págs. 1 e 30)
Nada a declarar
Carlinhos Cachoeira entrou mudo e saiu calado, mas seu silêncio pode fazer barulho, pois aumentou a pressão para a CPI quebrar os sigilos bancário, fiscal e telefônico da empreiteira Delta. (Págs. 1 e 8)
A rival colombiana que enfrenta a CCR
A ISA, que já atua no Brasil na área de energia, prepara estreia em concessão de rodovias. (Págs. 1 e 16)
Faturamento de cartões salta 23%
No primeiro trimestre do ano, receita do setor atingiu R$ 178 bi, de acordo com a Abecs. (Págs. 1 e 31)
É pouco!
Só a Petrobras está entre as 100 marcas mais valiosas do mundo. Porque o país não emplaca grifes lá fora? (Págs. 1 e 24)
EBC Serviços