Ação Social e Habitação de São Pedro da Aldeia reabre CREAS e CRAS


 A Secretaria Municipal de Ação Social e Habitação já iniciou os trabalhos emergenciais e de melhorias para o setor. Como medida prioritária, a Secretaria reabriu o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município, cortou despesas e reorganizou toda a equipe de funcionários. A pasta de “Trabalho” agora está sob encargo da Secretaria de Agricultura. Por conta disso, as oficinas visando à geração de emprego e renda, como manicure, culinária, cabeleireiro, entre outros, não serão mais oferecidos nos CRAS. A medida também é uma normatização da Secretaria Estadual de Assistência Social.


A Secretária Municipal de Ação Social e Habitação, Sandra Coelho, explicou sobre o funcionamento dos CRAS. “O CRAS é um espaço que cumpre o que determina a lei do Sistema Único de Assistência Social e que visa o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários. Por isso, as unidades oferecem oficinas e atividades de cunho socioeducativo, com o objetivo de garantir os direitos e a plena cidadania dos aldeenses. O CRAS organiza a oferta de ações socioassistenciais a população e promove o bem estar e a proteção social as crianças, adolescentes, idosos e a família em geral. É um trabalho essencial de acolhimento, conscientização e inclusão social que contribui para a qualidade de vida dos nossos munícipes”, declarou.
A Secretária esclareceu que já estão sendo feitos trabalhos de identificação das demandas dentro dos bairros. “Nós já estamos visitando os bairros para fazer um levantamento das demandas locais e identificar quais são as principais necessidades da população para, posteriormente, implantar atividades, projetos e oficinas dentro dos CRAS para atender a essas solicitações. Nossa meta para o setor é implantar instrumentos para efetivar uma gestão participativa, que permita a articulação da sociedade civil e o Poder Público, bem como a integração com os conselhos municipais”, disse.
Atualmente, o município conta com seis CRAS localizados nos bairros Morro do Milagre, Balneário das Conchas, Rua do Fogo, São João, Porto da Aldeia e Alecrim. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Cada unidade conta com uma equipe técnica e de apoio, composta por coordenador, assistente social, psicólogo, orientador social, recepcionista e funcionário para serviços gerais. No local também é feito o cadastramento no Programa Bolsa Família, do Governo Federal. Já o CREAS oferece serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos.
Sandra também falou sobre as primeiras providências tomadas na sede, a fim de organizar o setor. “No primeiro momento, nós reunimos toda a equipe e fizemos um trabalho de motivação; cortamos despesas e estamos trabalhando com o mínimo necessário. Durante esse processo, contamos com a ajuda de outras secretarias, que nos orientaram e nos prestaram auxílio nos procedimentos administrativos. Agradeço muito a todos eles. Hoje conseguimos montar uma equipe técnica bastante dedicada, eficiente e capacitada para atuar nessa área que é tão abrangente e importante para o desenvolvimento social dos nossos munícipes”, declarou.

Comentários