Artistas gastam até 40% do cachê para usar fogos de artifício de forma segura em shows


Junior Silva/TBA
  • O cantor Luan Santana gasta em média R$ 3.000 com efeitos pirotécnicos em seus showsO cantor Luan Santana gasta em média R$ 3.000 com efeitos pirotécnicos em seus shows
    O uso de pirotecnia e fogos de artifício em shows é bastante popular no mundo todo, mas fazer isso de uma forma segura tem um custo. "Nós chegamos a gastar até 40% do cachê que recebemos para pagar a parte de efeitos especiais do show, de forma a garantir a qualidade do espetáculo e a segurança", diz Fabio Stanley, vocalista e produtor da banda de rock cover Destroyer Kiss.

Gil Alessi
A utilização irregular de fogos de artifício durante um show da banda Gurizada Fandangueira na boate Kiss em Santa Maria (RS), no domingo (27), é apontada como sendo uma das causas da tragédia que matou 235 pessoas.
O cantor sertanejo Luan Santanna é outro artista que utiliza pirotecnia em shows. "Chegamos a gastar até R$ 3.000 em fogos de artifício por apresentação", afirma Márcio Cardoso, produtor-executivo do cantor.
"E só utilizamos estes efeitos em locais externos, salvo exceções de casas de show que tenham o pé-direito bem alto. Mesmo assim, só fazemos mediante autorização de bombeiros".
Fogos de artifício na boate Kiss
Um vídeo institucional da boate Kiss, onde 235 pessoas morreram após um incêndio supostamente iniciado por fogos de artifício no domingo (27), mostra um sinalizador semelhante ao utilizado pelas torcidas em estádios de futebol aceso e preso a um balde com bebidas.
O material, postado em 2012, foi usado para divulgar uma das festas da casa noturna e contradiz depoimentos dos donos da Kiss de que fogos de artifício não eram usados na boate. O sinalizador que aparece na imagem não é o mesmo modelo que teria iniciado o fogo durante o show da banda Gurizada Fandangueira, conhecido como "sputnik".
"Nem o sinalizador nem o ‘sputnik’ devem ser utilizados em ambientes internos, já que a chama pode provocar incêndios e a fumaça produzida é tóxica", afirma Leonardo Gatti, diretor técnico da Associação Brasileira de Pirotecnia. "Existem fogos de artifício específicos para locais fechados."
  • Arte UOL
    Clique na imagem e veja: os itens de segurança que podem evitar incêndios em casas noturnas

Comentários