Em Cabo Frio, mutirão de limpeza nas praias do Peró e Conchas


Mutirão organizado pelo movimento Ondas do Peró será neste sábado.
Movimento tem apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e prefeitura
Movimento Ondas do Peró, em Cabo Frio, RJ - Foto 2 (Foto: Ernesto Galioto)Movimento Ondas do Peró, de Cabo Frio, vai realizar novo mutirão de limpeza nas praias  (Foto: Ernesto Galioto)
Um mutirão de limpeza vai tomar conta das areias das praias de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, no próximo sábado (12). Criado há sete meses, o movimento Ondas do Peró lançou neste verão a iniciativa – que está sendo copiada em outras praias do Rio -- de recolher o lixo deixado pelos banhistas na orla da cidade. A Prefeitura de Cabo Frio anunciou que no dia do mutirão já estarão nas praias do Peró e das Conchas as novas lixeiras e os novos equipamentos para a limpeza da orla.


Munidos de sacos biodegradáveis e luvas, os voluntários iniciaram o trabalho no começo do mês pela Praia do Peró. Lá, foram recolhidos quase uma tonelada de detritos. O ponto de encontro deste sábado é a Cabana do Pescador — um bar localizado entre as praias das Conchas e do Peró — a partir das 9h. No local, conhecido como "Casa do Tufão", foram filmadas cenas da novela Avenida Brasil.
"Criei o grupo há sete meses, com um movimento de conscientização pela internet. Num curto intervalo de tempo, já tinha adicionado mais de 2.700 interessados. Decidimos sair da internet e agir nas praias. Foi num sucesso logo no primeiro encontro e não param de chegar pessoas para aderir ao movimento", comemora Marcelo Valente.
Para o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc,  campanhas como a que será realizada no sábado em Cabo Frio são fundamentais para a preservação do meio ambiente: "O lixo deixado na praia atrai os pombos, que provocam doenças, principalmente nas crianças. Muitos não sabem que a contaminação da areia afeta a saúde das pessoas. Os que deixam detritos na areia acabam nadando no seu próprio lixo, pois os detritos vão para o mar e também são nocivos à fauna marinha. Já resgatamos muitas tartaturas e animais engasgados com plásticos e outras sujeiras que os banhistas deixam nas praias. É como fazer xixi na própria sopa", disse o secretário.
O Ondas do Peró tem apoio do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Secretaria municipal de Meio Ambiente de Cabo Frio, do Grupo CCR e do do comércio do Peró. O Inea já enviou uma equipe para fazer um trabalho educativo com os banhistas na última edição do evento e vai repetir a parceria. Os educadores, além de dar instruções sobre reciclagem, ensinam a fazer adubo.
"Atentamos muito para a importância da coleta seletiva. As pessoas precisam entender que jogar lixo na lixeira não é mais suficiente. Temos que cuidar do nosso lixo. Dar a correta destinação a ele ", observa Júlia Carquejo, assistente técnica de Educação Ambiental do Inea.
do G1

Comentários