Em Macaé, jornalista é condenado e preso por calúnia a autoridades

Inácio Cunha foi condenado a cumprir quatro anos e seis meses de prisão.
Comandantes da Polícia Mílitar e Bombeiros eram alguns dos alvos de críticas
.

Jornalista Inácio Cunha é preso acusado de calúnia em Macaé, RJ (Foto: Divulgação)Jornalista Inácio Cunha é preso acusado de calúnia
em Macaé, RJ (Foto: Divulgação)
O jornalista Inácio Cunha foi preso ontem (24) em Macaé, acusado de calúnias publicadas no jornal escrito por ele de maneira independente. A produção era distribuía pela cidade.
O jornalista foi preso quando passava em frente à Câmara Municipal do município, na Avenida Rui Barbosa. De acordo com o Comandante da Polícia Militar de Macaé, Ramiro Campos, que já foi alvo de críticas de Cunha, o jornalista foi condenado a cumprir quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto por calúnia. "Vários processos existiam contra ele", explicou o comandante. Inácio foi encaminhado à 123ª Delegacia de Polícia de Macaé e de lá será levado a uma unidade prisional.


Inácio se intitulava em seu blog como “o Polêmico”. O nome seria originário por relatos e supostas denúncias feitas por ele sobre pessoas da alta sociedade, políticos e oficiais da cidade de Macaé. Além do Comandante da PM, líderes do Corpo de Bombeiros e da Câmara de Vereadores do município eram alvos de críticas do jornalista.
Inácio também já teve textos publicados em outros veículos alternativos de Macaé. “Ele foi por um tempo colunista no meu jornal, do qual sou editor há 68 anos. Ele é um rapaz corajoso, destemido, mas utiliza uma linguagem considerada chula e acaba se perdendo”, disse o jornalista José Milbs, jornalista de O Rebate, jornal independente de Macaé.
Uma de suas últimas denúncias foi sobre a empresa Rodando Legal, que é responsável por apreensão, recolhimento e também leilões de carros. Em um dos seus textos, Cunha cita a empresa sob a alcunha de "Roubando Legal".
Jornalista Inácio Cunha é preso acusado de calúnia em Macaé, RJ (Foto: Divulgação)Jornalista foi levado à 123ª DP de Macaé na manhã de quinta-feira (24) (Foto: Divulgação)do G1

Comentários