Morador de Arraial do Cabo, morto por queda de árvore no Rio será enterrado neste sábado


Roberto Maggessi foi atingido após deslizamento no Alto da Boa Vista.Sepultamento será no Cemitério do Cajú, às 13h.
Roberto Maggessi de Souza, que morreu atingido por uma árvore após deslizamento de terra no Alto da Boa Vista, será enterrado neste sábado (5) no Cemitério do Cajú, às 13h. O corpo será velado na capela B, de acordo com a família da vítima. O homem era irmão da da ex-deputada Federal Marina Maggessi.
Roberto era casado e tinha duas filhas, de 14 e 8 anos de idade. A família morava em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, mas alugava um apartamento no Alto da Boa Vista quando vinha ao Rio, de acordo com a irmã. Essa semana ele estava na cidade para levar a filha para passar alguns dias na casa da ex-deputada.


Nesta quinta-feira, pedras rolaram de uma encosta e atingiram uma casa na Rua Boária, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, ferindo uma criança. A região foi uma das mais afetadas pela chuva, que causou alagamentos em ruas.Segundo informações do 6º BPM (Tiijuca), a vítima limpava a caixa d'água de uma residência, que fica em uma região de encosta, na Estrada da Paz quando foi atingido. Bombeiros do quartel da área foram acionados, mas quando chegaram ao local, o homem já havia morrido. De acordo com a Defesa Civil estadual, a morte não está sendo contabilizada como vítima fatal da chuva porque ainda não há confirmação de que a queda da árvore tenha sido provocada pelo temporal. Segundo o órgão, há uma morte confirmada de acordo com dados oficiais.
O corpo da vítima foi levado para a sede da associação de moradores do bairro. Roberto Maggessi de Souza deixa uma filha adolescente.
do G1

Comentários