Municípios da Região dos Lagos começam a receber ICMS Verde

São Pedro da Aldeia está entre os primeiros do ranking.
Cerca de R$ 178 milhões devem ser repassados aos municípios.
Do G1 Região dos Lagos
O Governo do Estado do Rio de Janeiro estima distribuir quase R$ 178 milhões de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços entre os 92 municípios. A tabela de 2013 foi divulgada com destaque para São Pedro da Aldeia , na Região dos Lagos, e Silva Jardim, na Baixada Litorânea.


Iniciativas como o reflorestamento da Reserva do Poço das Antas, para aumentar a área de Mata Atlântica como forma de preservação da flora e da fauna, principalmente do Mico-Leão-Dourado, espécie que já esteve ameaçada de extinção e que ainda não está fora de perigo.
Os cuidados com a Lagoa de Juturnaíba que fornece água para toda a Região dos Lagos, credenciam Silva Jardim como o primeiro colocado na lista do Governo do Estado.
O ICMS verde é uma forma de compensar os municípios por investimentos em projetos ambientais e restrição do uso do território. Os critérios de avaliação levam em conta ações em unidades de conservação, qualidade da água, como captação e tratamento de esgoto e gestão de resíduos, a coleta e a destinação do lixo.
Os municípios que sediam aterros sanitários estão sendo valorizados e receberam maior pontuação. São Pedro da Aldeia se destacou neste quesito. O aterro sanitário da cidade recebe os resíduos de sete municípios. Outras cidades também vão receber mais dinheiro de ICMS Verde. Dos sete municípios da Região dos Lagos, quatro subiram de posição. 
Está em 23º colocado, subiu quatro posições. A melhoria na qualidade do tratamento de esgoto foi determinante. O município deve receber R$ 2.826,821 milhões.
A cidade está em 26º, a inclusão do Parque Estadual da Costa do Sol, do programa de Coleta de Lixo Seletiva Solidária valeram pontos. A estimativa de arrecadação em 2013 deve ser de R$ 2.562, 551 milhões.
Arraial do cabo
É o 30º no ranking, 10 posições a frente do que estava em 20 12. Também contou pontos a inclusão do Parque Estadual da Costa do Sol  e o envio do lixo para o aterro sanitário de São Pedro da Aldeia. A arrecadação deve girar em torno de R$ 2.264, 860 milhões.
O município caiu sete  posições, ocupa a 42º colocação. Previsão de arrecadação é de R$ 1, 4 milhões.
Desceu quatro  posições, está no 29º lugar e deve receber R$ 2,3  milhões.
O pior colocado da região, ocupa o 45º lugar, duas posições abaixo do que em 2012. O ICMS verde deve ser de R$ 1,3 milhões.

Comentários