Como surgiram as expressões fulano, beltrano e cicrano?

Fulano, beltrano e cicrano?

O que importa é a rima

Em língua portuguesa, o termo fulano quer dizer “uma pessoa qualquer”. A palavra vem do árabe fulãn, que significa “um certo”. Provavelmente se incorporou ao português durante a Idade Média. Naquele período a Península Ibérica estava sob ocupação dos árabes, que se instalaram por lá no ano 756. Eles saíram de Portugal em 1179. De Granada, no sul da Espanha, só foram expulsos em 1492. A presença muçulmana deixou sua marca nos idiomas da península. 
Não por acaso, a palavra “fulano” só existe em português e em espanhol. Beltrano vem do sobrenome Beltrão, ao qual foi adicionado o sufixo “ano” para rimar com fulano. Cicrano, um terceira palavra com a mesma terminação – que não significa absolutamente nada –, dá à expressão o sentido de que se trata de três indivíduos desconhecidos e diferentes. “Esse é um recurso da língua no qual as palavras são adaptadas pela rima para fazer uma brincadeira”, diz o professor de português Pasquale Cipro Neto. “A expressão ‘fulano, beltrano ecicrano’ é como ‘sem eira nem beira’, ou ‘por fora bela viola, por dentro pão bolorento’”, afirma Pasquale.





http://super.abril.com.br

Comentários