Em Araruama, chuva alaga bairro e água passa de dois metros

Bairro Sapolândia foi o mais atingido e 400 casas foram afetadas.
Centenas de pessoas tiveram que deixar as casas.
A situação em Araruama, na Região dos Lagos, ficou crítica depois da chuva da última quinta-feira (31). Quatro bairros foram atingidos e o mais afetado é o Sapolândia, onde as ruas continuam alagadas e centenas de pessoas estão desalojadas. Dezoito pessoas, entre elas crianças, passaram a noite em um abrigo montado na escola André Gomes dos Santos, no bairro Bananeiras. Outras centenas de pessoas estão na casa de parentes.

Depois da chuva da madrugada de sexta-feira (01), quatro bairros ficaram alagados e mais de 600 casas foram atingidas. Só no bairro Sapolândia, 400 moradias foram invadidas pela água, que chegou a passar de dois metros em alguns pontos, segundo a Defesa Civil. Moradores tiveram que improvisar e até uma caixa d´água foi usada como bote.
O bairro é uma área de ocupação irregular e a comunidade sofre com alagamentos constantes, mas tanta água acumulada assim só foi registrada em outra enchente há cerca de 10 anos.
Para a Defesa Civil, a prioridade é descobrir o que causou a inundação já que a quantidade que choveu seria suficiente para causar tantos estragos. A Defesa Civil aguarda ainda a chegada de uma equipe do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), para fazer o sobrevoo nos bairros atingidos em Araruama. A equipe da InterTv tentou saber quando seria esse trabalho, mas não conseguiu resposta do Inea. 
do G1

Comentários