No Fluminense, Marcos Felipe se surpreende com inscrição na Libertadores: 'Honra'


Goleiro de apenas 16 anos festeja o reconhecimento após se destacar na conquista da Al Kass Internacional Cup e ganha elogios de Diego Cavalieri
Por Edgard Maciel de Sá
Caracas, Venezuela
Marcos Felipe goleiro do Fluminense (Foto: Al Kass International Cup / Divulgação)Marcos Felipe defende um pênalti na Al Kass Cup:
surpresa na lista de inscritos para a Libertadores
(Foto: Al Kass International Cup / Divulgação)
O Fluminense enviou no último domingo para a Conmebol a lista de 30 jogadores inscritos para a fase de grupos da Libertadores. E entre muitos nomes já conhecidos, destaque para o de um jovem goleiro de apenas 16 anos: Marcos Felipe. Um dos responsáveis pela conquista do recente título da Al Kass Internacional Cup Sub-18, no Catar, a revelação de Xerém não escondeu a surpresa ao receber a notícia.
- Fiquei muito surpreso e só tenho a agradecer a Deus e ao Fluminense por mais essa oportunidade - frisou Marcos Felipe, titular da seleção brasileira sub-17.


A tendência, no entanto, é que ele apenas integre a lista para o caso de uma emergência. Dos quatro goleiros inscritos na competição, por exemplo, Marcos foi o único que não viajou com o elenco para a Venezuela, onde o Fluminense enfrenta o Caracas na próxima quarta-feira. O mais provável é que o jovem não seja relacionado para nenhuma partida e dê lugar a outro jogador de linha à medida que o Tricolor for avançando na competição. Nada, no entanto, que diminua sua empolgação.
- É uma honra muito grande só saber que o meu trabalho está sendo reconhecido. Ajudar o Fluminense é sempre muito bom, em uma Libertadores então... Mais ainda - garantiu. 
Elogios de Cavalieri
É um menino novo ainda, de só 16 anos, mas com um potencial enorme e que já vem se destacando no início da carreira, o que é sempre bom".
Diego Cavalieri
No título conquistado no Catar, Marcos se destacou principalmente nas quartas de final contra o Real Madrid e na final diante do PSG. Ambas as partidas foram definidas na disputa de pênaltis. Contra os espanhóis, o goleiro defendeu duas cobranças. Na decisão pegou mais uma. Desempenho que rendeu elogios até de Diego Cavalieri, que o definiu como um menino de ouro.
- Marcos é um excelente goleiro, que tem passagens pelas seleções de base e fez um excelente trabalho no Catar. Ele já treinou com a gente nos profissionais para começar a se adaptar com a rotina mais puxada. É um menino novo ainda, de só 16 anos, mas com um potencial enorme e que já vem se destacando no início da carreira, o que é sempre bom. Falar dele é fácil. É um menino de ouro e muito trabalhador - destacou o camisa 12 das Laranjeiras.

Comentários