No Rio, jovem morre em briga de bate-bolas na zona norte


Um jovem morreu e dois se feriram em brigas envolvendo grupos de bate-bolas - brincadeira de mascarados do Carnaval do Rio de Janeiro - na madrugada desta terça-feira (12) na região metropolitana da capital. O caso mais grave ocorreu em Bento Ribeiro, zona norte, onde um rapaz, que não teve o nome nem a idade divulgados pela Polícia Civil, morreu depois de ser baleado.


O caso está sendo investigado por policiais da Divisão de Homicídios. Eles já começaram a ouvir testemunhas e estão em busca do autor dos disparos. Uma das brincadeiras mais tradicionais do Carnaval do Rio, o bate-bola é visto com maior frequência no subúrbio da cidade e na Baixada Fluminense, onde os participantes costumam sair em grupos com fantasias iguais.
Mascarados, vestidos com mortalhas coloridas e portando uma bola amarrada em uma corda, eram famosos principalmente por assustar crianças com apitos e com o barulho que a esfera faz ao ser batida no chão, mas a rivalidade entre os grupos de fantasiados e as agressões entre eles associaram a brincadeira a episódios de violência durante o Carnaval.
No município de Nilópolis, um grupo que seguia para um bloco de bate-bolas em Queimados, também nesta madrugada, foi baleado quando tentava embarcar em um trem na Estação Olinda. Homens armados que estavam na composição efetuaram quatro disparos para impedir que os jovens entrassem, e dois deles acabaram feridos e tiveram que ser hospitalizados.
do Terra

Comentários