Político que agrediu jornalista ganha cargo de secretário em prefeitura de MT


Conhecido como Kirrarinha, Lourivaldo Rodrigues de Morais era vereador de Pontes e Lacerda (MT) quando, em junho de 2010, resolveu dar um tapa no rosto da repórter Márcia Pache, da TV Centro Oeste, afiliada do SBT. Dois anos e seis meses depois, o que aconteceu? A jornalista sofreu de depressão e está afastada do trabalho. Filiado ao DEM, o político acaba de virar secretário municipal de Esportes. Colunista da Veja.com, Augusto Nunes relembra a agressão que acabou em cargo público, e o Comunique-se reproduz seu texto na íntegra.
Augusto Nunes
Na manhã de 28 de junho de 2010, a jornalista Márcia Pache tentou entrevistar no Centro Integrado de Segurança e Cidadania de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso, o vereador Lourivaldo Rodrigues de Morais, vulgo Kirrarinha. Então candidato a deputado estadual pelo DEM, o corrupto juramentado acabara de desfiar um punhado de mentiras para safar-se de mais um dos tantos casos de polícia que coleciona desde a adolescência. A repórter da TV Centro Oeste, vinculada ao SBT, queria saber o que havia alegado.
Só conseguiu pronunciar quatro palavras: “Vereador, o senhor fala…”. Antes que completasse a pergunta, Kirrarinha respondeu com uma inverossímil bofetada no rosto de Márcia. Ninguém por perto defendeu a vítima da agressão absurda. Fora a própria repórter, ninguém nas imediações pareceu perplexo com o tapa na cara da liberdade de imprensa e do Brasil decente.
A cassação do mandato, aprovada pela maioria da Câmara de Vereadores, não encerrou a carreira política do protagonista da selvageria. Em vez de expulsá-lo sumariamente, o comando nacional do DEM consolou o correligionário com a presidência do diretório municipal de Pontes e Lacerda. Nesta terça-feira, o prefeito Donizete Barbosa do Nascimento, o Donizete da Len, eleito pelo PPS, retribuiu o apoio do DEM com a entrega da Secretaria de Esporte ao meliante que chefia o partido.
Para tratar-se de uma depressão, Márcia Pache está afastada do emprego. Graças à conivência dos homens da lei e à lentidão paquidérmica dos tribunais, Kirrarinha aguarda em liberdade o desfecho dos processos que protagoniza. Agora no papel de secretário de Esporte, o especialista em nocaute de jovens indefesas vai ajudar o prefeito a manter a cidade no noticiário político-policial.
Kirrarinha-secretario-vergonha-nacional
Kirrarinha: agressor de jornalista e secretário de Pontes e Lacerda
(Imagem: Reprodução/Site Vergonha Nacional)



marcia_apache_2013
[ACESSE O VÍDEO DA AGRESSÃO CLICANDO NA IMAGEM]
Márcia Pache: agredida, afastada da TV, com depressão e, diferentemente de seu agressor, sem cargo público 

(Imagem: Reprodução/TV Centro Oeste)
Redação Comunique-se

Comentários