Anatel deve antecipar prazo para desocupação da frequência que permitirá 4G na Copa


O prazo para que as TVs por assinatura desocupem a faixa de frequência de 2,5 GHz se encerraria no dia 30 de junho, mas a Anatel deve antecipar este prazo, determinando a saída imediata das TVs nos seis municípios que sediarão a Copa das Confederações, noticiou a Folha de S.Paulo.


A faixa 2,5 GHz foi leiloada, no ano passado, para as TVs começarem a oferecer o serviço de internet 4G. Porém, para o serviço ser oferecido, é necessário que as TVs que ainda usam essa faixa para suas transmissões migrem para outros modelos, como TV via cabo ou satélite.

A Anatel deve publicar nesta sexta-feira (1/3) uma medida cautelar exigindo a desocupação da faixa, sob pena de suspensão das licenças de funcionamento e lacre das estações que não cumprirem a determinação.

Segundo a Folha, a antecipação será feita porque a Anatel entendeu que o prazo inicial impediria a implementação do 4G em Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Salvador e Recife.

Comentários