Bom dia! Confira os destaques dos principais jornais desta Sexta-feira Santa, 29 de março. Prefeitura de Cabo Frio deflagra ‘Operação Semana Santa em Tamoios’ | Intervenção vai autuar invasões em áreas de proteção permanente





O Globo
Manchete: Vergonha brasileira - ONU: 40% dos presos sem sentença
Inspeção inédita mostra quantos em presídios aguardam julgamento

Organização visitou cinco capitais e constatou aprisionados em excesso e sem defesa

O Grupo das Nações Unidas sobre Detenções Arbitrárias concluiu que há excessiva privação da liberdade, baixíssima aplicação de medidas alternativas e grave deficiência de defensores públicos no Brasil. Foi a primeira visita ao país, em 22 anos de existência do grupo. Entre os 550 mil detentos, 217 mil - quase 40% - cumprem prisões preventivas.

A ONU ainda diz que a internação compulsória de dependentes de crack fere leis e tratados internacionais. O relatório final será apresentado, em Genebra, em 2014. (Págs. 1 e 3)

Emprego e renda em alta podem frear economia
Em fevereiro, a taxa de desemprego ficou em 5,6%, a menor para o mês em dez anos. O mercado de trabalho aquecido e a renda em alta devem segurar o crescimento da economia porque representam um custo elevado, sobretudo para a indústria, alertam especialistas. A renda média do trabalhador cresce há 16 meses na comparação anual. (Págs. 1 e 19)
Domésticos terão direito a PIS
Com a igualdade de direitos aos demais trabalhadores, os domésticos passarão a ter direito ao abono do PIS. Para os empregadores, isso representará um custo adicional de 1%. A medida ainda depende de regulamentação e deverá beneficiar quem ganha até R$ 1.235 por mês. (Págs. 1 e 20) 
O 1º lava-pés de Francisco
Nas comemorações da Semana Santa, o Pontífice criticou a crise de identidade de religiosos e beijou o pé de um dos 12 jovens infratores de um reformatório de Roma. Hoje, na Rocinha, a encenação da Via Sacra é feita só com moradores da comunidade. (Págs. 1, 11 e 25)
Comissão da Verdade: Dilma cobra resultados do trabalho
Torturada durante a ditadura militar, a presidente Dilma tem cobrado resultados mais concretos do trabalho da Comissão Nacional da Verdade: quer uma mudança no rumo dos trabalhos, como investimento maior nos depoimentos públicos dos parentes das vítimas e ações que sensibilizem a opinião pública. (Págs. 1 e 4)
Prêmio faz diferença: A festa da ética e da liberdade
Da blogueira Isadora Faber, 13 anos, ao presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, 58 anos, a festa de entrega do Prêmio Faz Diferença 2012 — promovido pelo GLOBO, com o apoio do Sistema Firjan —, realizada anteontem no Hotel Copacabana Palace, foi uma celebração da ética e da liberdade de expressão. (Págs. 1, 7, 8 e 9)
O Rio sem estádio: Volta Redonda com interdição
A interdição do Engenhão foi comemorada pelo comércio e pela hotelaria de Volta Redonda, onde serão disputados os clássicos e a fase final do Campeonato Carioca. Os clubes já reservam hotéis na cidade. (Págs. 1 e Caderno Esportes)



Reestruturação: Eletrobras tem alta de 16%
No dia em que anunciou prejuízo recorde de R$ 6,8 bilhões em 2012, o maior da história, a Eletrobras prometeu fazer uma reestruturação, o que animou investidores e levou a uma alta de 16% nas ações. (Págs. 1 e 21)
Nova vacina para febre aftosa
Imunizante sintético promete ser mais eficaz contra doença que atinge gado. (Págs. 1 e Ciência)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Um dia após polêmica, BC admite que inflação ficará acima da meta
Relatório afirma que IPCA será de 5,7% e PIB vai aumentar 3,1%

Pelo terceiro ano consecutivo, o Banco Central admitiu que não será possível cumprir a meta de inflação de 4,5%. A estimativa é de que o IPCA fique em 5,7% ao final de 2013, mesmo que os juros voltem a subir. A alta de preços anualizada deve chegar a 6,7% em junho. O Relatório Trimestral da Inflação foi divulgado ontem, um dia depois de a presidente Dilma Rousseff ter deixado o mercado tenso ao falar que não sacrificaria o crescimento para combater a inflação. O diretor do BC, Carlos Hamilton, disse que “juros são o pior remédio, à exclusão de todos os demais”. A instituição apresentou, pela primeira vez, a projeção para o crescimento do PIB em 2013, de 3,1%. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Análises

José Paulo Kupfer: Ênfases distintas (Págs. 1 e B1)

Celso Ming: Vacilação (Págs. 1 e B2)

Papa lava pés de jovem infrator
Na cerimônia do Lava-Pés, Francisco retomou costume de seus tempos de padre. Lavou e beijou os pés de 12 jovens infratores da periferia de Roma. (Págs. 1 e Vida A13)
Eletrobrás tem prejuízo de R$ 6,9 bi
Afetada pelo novo marco regulatório do setor elétrico, a Eletrobrás teve prejuízo líquido de R$ 6,879 bilhões em 2012, o pior resultado de sua história e o maior prejuízo entre as empresas de capital aberto brasileiras. A companhia apresentou ontem seu plano de negócios até 2017. Entre as ações, prevê um projeto de desligamento incentivado, com dispensa de até 5 mil funcionários, e espera reduzir o custeio em 30% em 3 anos. (Págs. 1 e Economia B6)
Servidores deixam Comissão de pastor
Dezessete dos 19 funcionários da Comissão de Direitos Humanos da Câmara foram dispensados ou pediram para sair após a posse do pastor Marco Feliciano (PSC-SP). (Págs. 1 e Nacional A6)
Coreia aponta armas contra EUA
Coreia do Norte voltou seus mísseis para bases dos EUA após americanos terem enviado à Península Coreana aviões “invisíveis” capazes de lançar armas nucleares. (Págs. 1 e Internacional A8)
Governo agilizará patente de remédio prioritário (Págs. 1 e Vida A11)

Fernando Gabeira 
Oposição sonolenta

Não existem eleições ganhas antes da hora, mas não se deve contar com milagres. E eles só favorecem os que estão de pé, os que cedo madrugam. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Antero Greco 
Mais do mesmo

Andrés Sanchez não desponta como a guinada que imagina Romário, que demorou para perceber como era nociva a antiga cúpula da CBF. (Págs. 1 e Esportes E2)

Milton Hatoum 
Jovens, vão às ruas!

O problema é que esse pastor não é apenas caricato e histriônico. Ele e outros deputados foram vergonhosamente eleitos para comissões relevantes. (Págs. 1 e Caderno 2, D10)

Notas & Informações
Uma leitura para Dilma

Ler o relatório do BC, que prevê inflação alta até 2015, seria instrutivo para a presidente. (Págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Montadoras pedem para o governo congelar IPI
Estava previsto que o imposto cobrado de carros 1.0 subiria para 2,5% a partir de segunda-feira, 1º de abril. Em reunião com o ministro Guido Mantega, empresários pediram para que o Planalto mantenha o tributo nos atuais 2% por mais três meses. Alegaram que as vendas vêm perdendo fôlego desde o início do mês. Caso o IPI seja elevado, o preço dos carros também aumentará. Como a inflação é o maior problema do governo no momento, tudo indica que a reivindicação deve ser atendida. (Págs. 1 e 7 a 9)
Lição de humildade
O papa Francisco voltou a surpreender o mundo ao escolher um cenário inédito para parte das celebrações da semana santa. Em um instituto penal que abriga menores, em Roma, ele lavou e beijou os pés de 12 jovens, lembrando um gesto de humildade de Jesus diante dos apóstolos na Última Ceia. Hoje, no Distrito Federal, encenações da via-sacra contam a história do calvário e da ressurreição de Cristo. Organizadores da mais famosa delas, a do Morro da Capelinha, em Planaltina, estimam que 200 mil pessoas acompanharão o espetáculo, previsto para começar às 16h. (Págs. 1, 14, 24 e 25)
No país, 113 mil domésticas são demitidas
Dispensas ocorreram em janeiro e fevereiro. Pesquisa do IBGE mostra que, apesar da redução no número de empregos, o salário da categoria foi o que mais cresceu nos últimos 12 meses: 7%. (Págs. 1 e 11)
Píer desaba e deixa seis desaparecidos
O acidente foi provocado pelo desabamento de um porto privado em Santana (AP), a 20km de Macapá. Área é explorada pela mineradora Anglo American. Buscas serão retomadas hoje. (Págs. 1 e 6)
Quem diria: um distrital dá as cartas no Senado (Págs. 1 e 2)

Mané Garrincha terá aparelho antiapagão (Págs. 1 e 22)

Onu critica condições das prisões no Brasil (Págs. 1 e 6)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Faltam padres no país dos católicos
A nação com o maior número de católicos precisa de pelo menos mais 10 mil padres para se juntarem aos 20 mil que já atuam nas paróquias. O ideal, segundo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é um sacerdote para cada grupo de 10 mil católicos. Belo Horizonte tem 675, mas precisa dobrar este número. A arquidiocese da capital acompanha a média nacional de ordenação de seis padres por ano. Para ampliar o quadro, a Igreja investe na pastoral das vocações e no trabalho missionário. A formação de um padre requer oito anos de estudos. O ingresso no seminário exige frequência nas missas, experiência na catequese, presença em grupo de jovens e círculos bíblicos e compromisso com o celibato.

Conheça os dois pequenos municípios de Minas que são berços de muitos bispos. (Págs. 1, 17 e 18)

Beijo da humildade
O papa Francisco deu mais uma demonstração de humildade ao celebrar a missa da quinta-feira santa em um centro de detenção na periferia de Roma e lavar e beijar os pés de 12 jovens que cometeram crimes. “Entre nós, quem está mais alto deve estar a serviço dos outros”, disse o pontífice, ao conclamar os padres a ajudarem os pobres e sofredores. (Págs. 1 e 14)
Início da duplicação da 381 só no 2º semestre (Págs. 1 e 21)

Nova tática para tirar Feliciano
Estratégia para forçar a saída do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) da Presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara prevê renúncia coletiva de seus integrantes. PPS vai apresentar também denúncia contra ele no Conselho de Ética por “mau uso”de dinheiro público. (Págs. 1 e 3)
Lei das domésticas: Gastos com caseiro trazem preocupação
Trabalhador mora no local do serviço, muitas vezes com a família, e tem as contas de luz e água bancadas pelo patrão. Controle da jornada divide especialistas e deixa empregadores mergulhados em dúvidas. (Págs. 1 e 11)
Dengue: Receitas caseiras viram armas contra mosquito
Medo leva população a adotar misturas como limão com cravo-da-índia em pratinhos, mas especialistas alertam que uso inadequado pode causar intoxicação. (Págs. 1 e 19)
Fora eixo: Economia de BH no rumo Leste-Oeste
O avanço do comércio e de serviços (70% do PIB de BH) em bairros como Santa Efigênia (Leste) e Buritis (Oeste), além da Avenida do Contorno,mudou o perfil da economia da capital, revela a primeira reportagem da série. (Págs. 1 e 10)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Carros-pipa sob suspeita
Racionamento na RMR aumentou a procura em cerca de 50% e demanda provocou aparecimento de distribuidoras clandestinas. Elas prejudicam o comércio legal e ampliam o risco de contaminação da água e de doenças, segundo a Vigilância Sanitária.

Barragens estão em colapso.

Prejuízos se multiplicam.(Págs. 1 e Economia/Cidades 1 e 2)

Demonstração de humildade durante cerimônia da Igreja e movimento intenso das estradas (Págs. 1 e 7)

Rombo na Chesf passou de R% 5 bilhões (Págs. 1 e Economia)

Câmara aprova internamento compulsório (Págs. 1 e Cidades)

Trabalho: Governo tem pressa pela regulamentação da categoria de diarista

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Policiais reféns e três bancos assaltados na mesma cidade
Em 30 minutos, quadrilha rende três PMs, invade agências do Banrisul, Banco do Brasil e Sicredi em Campestre da Serra, espalha pânico entre clientes e foge. É o segundo ataque do tipo no município em dois meses. (Págs. 1, 4 e 5)
Efeito Francisco
Como fazia em Buenos Aires na época de cardeal, Papa lavou os pés de jovens detentos em Roma, o bispo auxiliar de Porto Alegre repetiu o gesto na Fase. (Págs. 1, 22, 30 e 31)
Três taxistas são mortos na Fronteira Oeste
Polícia de Santana do Livramento analisa relação entre vítimas e suspeita de execução. (Págs. 1 e 34)
Porto Alegre: Prefeitura vai rever preço da passagem para 2014
Redução de custos das concessionárias com veículos pode baratear tarifa. (Págs. 1 e 26)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços

Comentários