Turismo 365 dias: Cabo Frio já pensa na baixa temporada


Cabo Frio aposta em parceria para incrementar o setor de turismo
Parceria com setor hoteleiro visa oferecer descontos significativos.
Encontro do setor de turismo de Cabo Frio, RJ (Foto: Telma Flora)
Encontro do setor de turismo de Cabo Frio, discute ações para a baixa temporada. (Foto: Telma Flora)
Do G1 Região dos Lagos

Objetivo é diminuir os problemas causados pela sazonalidade.
Por Telma Flora

Alavancar a economia local, dinamizando a cadeia produtiva do turismo no período de baixa temporada do primeiro semestre. Esta é a finalidade da secretaria de Turismo de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, através de seus coordenadores executivos e turismólogos, durante os encontros que estão sendo realizados durante toda esta semana no auditório da prefeitura , com representantes dos setores de hospedagem, gastronomia, moda praia e comércio.
A discussão com os setores, que também visa diminuir os problemas causados pela sazonalidade, propõe a realização do projeto em parceria com a iniciativa privada, que oferecerá descontos significativos de seus serviços a fim de movimentar a economia local.
"Cabo Frio é uma cidade litorânea cujo maior apelo é o segmento de sol e praia, o que atrai muitos turistas na alta temporada, chegando a manter os 6.275 leitos com 100% de ocupação. No entanto, este índice cai bruscamente após o carnaval, deixando esses leitos ociosos, provocando sérios desdobramentos econômicos em toda a cadeia produtiva do turismo local",  enfocou Milton Roberto, da secretaria de Turismo, observando que em pesquisa realizada pela própria Sectur, entre os meses de março e junho, a média de ocupação não é superior a  40%.
Principal pólo econômico, cultural e turístico da Costa do Sol, Cabo Frio está há apenas duas horas da cidade do Rio de Janeiro e dispõe de rodovia com fácil acesso a outros grandes centros emissores de turistas, como por exemplo: interior de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.
"Ficamos contentes com a reunião marcada e a oportunidade de debater a atividade turística. Foi de bom proveito, comentou o proprietário da Pousada Águas do Forte, Kleysson Oliveira, e um dos participantes do encontro, ressaltando os pontos onde foram discutidos sobre a busca de novos clientes em um raio de 600 km e sobre atrações em lugares variados.
Para o proprietário da Pousada Duna dos Peró, Manoel Lúcio da Costa, a reunião foi “muito oportuna. " Parabenizo a coordenadoria executiva da secretaria por esta iniciativa. Estamos precisando nos fortalecer. Será muito importante o direcionamento da divulgação do destino Cabo Frio nas cidades com grande potencial de emissão de turistas. Esta divulgação atrairá pessoas de São Paulo, como Cruzeiro, Taubaté, São José dos Campos e Ribeirão do Preto. O projeto foi muito bem direcionado, e entusiasmou todos os presentes". destacou.
Participaram das reuniões, os coordenadores executivos da secretaria de Turismo, Aldenir Soares, Gilson Peres e Milton Roberto; os turismólogos Luane Ferreira, Vanina Navega e William Bruce;  o diretor de marketing da empresa 4 em 1, André Roque, e os representantes do setor de Cabo Frio.

Comentários