Bom dia! Confira as manchetes e o resumo dos principais jornais e revistas deste domingo, 14 de abril. Vacinação contra gripe começa na segunda na Região dos Lagos.




capa



O Globo
Manchete - Moradias Populares: ex-servidores fraudaram Minha Casa Minha Vida
Grupo criou esquema utilizando construtoras de fachada para obter contratos. Empresas registradas no mesmo endereço, numa modesta casa em São aulo, conseguiam executar obras com recursos do Ministério das Cidades. Um grupo de ex-funcionários do Ministério das Cidades criou uma rede de empresas de fachada, algumas registradas no mesmo endereço, para abocanhar contratos de construção de casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida(páginas 3 e 4)
Marabá: Agonia junto à riqueza
Junto a maior mina de ferro a céu aberto do mundo, Marabá, com 233 mil habitantes vive uma crise sem precedentes. Enquanto o minério escoa junto a China, das dez empresas que deveriam usar o produto, sete quebraram. (Páginas 41 e 43)
Entrega de cisternas atrasa
Um das mais impotantes medidas para amenizr o sofrimento das famílais que convivem com a maior seca em 50 anos, a distribuição de um milhão de cisternas na região ordeste, se arrasta. a meta deveria ter sido alcançada em 2008, mas até fevereiro, haviam sido entregues 419 mil. A ASA, rede de ONGs que coordena o projeto, culpa a inconstância no repasse de verbas feerais. Os beneficiados rclamam de parte das cisternas, de polietileno, que deformam com o calor. (página 6)
Venezuela decide o seu futuro
Sem entusiasmar os eleitores, Maduro conta com a força do mito Chávez para tentar fazer valer nas urnas, hoje, seu favoritismo conta o opositor Capriles, ex-bastião chavista, a favela de Petare é hoje retrato de um país dividido. (páginas 49 e 51)
Lei mais flexível para domésticas
O governo estuda flexibilizar as regras os novos direitos das domésticas. Cuidadores e babás teriam jorndas de 12 horas por 36 horas de folgas. Pra os demais, patrões poderiam negociar banco de horas. (página 47) 
Papa monta grupo para reformar Cúria
O Vaticano anunciou ontem a formação de uma Comissão de oito cardeais para propor reformas na burocracia da Santa Sé, abalada pelo escândalo do "vatileaks". O grupo tem representantes de todos os Continentes. (Página 52)

--------------------------------------------------------------------

----------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: ‘Inflação não precisa de tiro de canhão’, diz Mantega
Em entrevista ao ‘Estado’, ministro diz que taxas de juros mudaram de patamar e a inflação está controlada

A poucos dias da reunião do Copom, em que a expectativa é de aumento da taxa de juros, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou a Raquel Landim e João Villaerde que a inflação está sob controle e não precisará ser debelada com um “tiro de canhão”. Vamos cumprir a meta neste ano”, disse. De acordo com ele, que não quis fazer previsão sobre aumento de juros, a “política monetária está mais eficiente e a economia já desindexou um pouco”. Um dos principais defensores do câmbio desvalorizado, o ministro admite que o governo promoveu uma depreciação do real, que elevou em até 0,5 ponto porcentual o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Mantega promete restringir os pacotes para estimular a economia. Já são 15, desde 2011, as medidas de desonerações fiscais. E afirma: “Os investimentos vão bombar” em 2014. (Págs. 1, B1 e B3)

Governo pode mudar meta de contas públicas
O governo não deve cumprir a meta do superávit das contas públicas deste ano, segundo técnicos da equipe econômica. Com os cortes de impostos e a recuperação lenta da arrecadação, não será possível economizar R$ 155,9 bilhões, como programado. No ano passado, o governo foi muito criticado por ter feito manobras fiscais para fechar as contas. Agora, a equipe econômica discute uma redução da meta de superávit. (Págs. 1 e B4)
Propaganda oficial cria mitologia
Em Pyongyang, notícias internacionais são escassas e a realidade local, deturpada. A propaganda oficial de Kim Jong-um criou um país fantasia de pioneirismo e glória, onde moradores não têm idéia do que sejam Facebook ou Twitter. A máquina da publicidade que demoniza “imperialistas” americanos e seus “fantoches” sul-coreanos, serve para justificar a construção de arsenal nuclear. (Págs. 1 e A15)
Detenção de jovens aumentou 67% em 10 anos
Em dez anos, o número de crianças e adolescentes internados por crimes e contravenções cresceu 67%. Por dias, chegam em média 40 casos as varas da infância e Juventude em São Paulo. Para juristas, a mudança no Estatuto da Criança e do Adolescente, proposta pelo governador Geraldo Alckmin, pode aumentar ainda mais a lotação do sistema prisional e não reduzir a criminalidade. (Págs. 1, C1 e C3)
Secretário de Alckmin tem elo com alvo da PF
A operação anticorrupção lançada pelo Ministério Público e pela PF flagrou telefonemas do deputado federal Edson Aparecido (PSDB), secretário do governo Geraldo Alckmin, com o empresário Olívio Scamatti, preso na terça-feira e apontado como chefe de organização criminosa. (Págs. 1 e A4)
Haitianos revivem miséria no Acre
Em busca de oportunidades de emprego e fugindo da miséria crescente, 1,3 mil refugiados haitianos lotam um acampamento em péssimas condições em Brasiléia (AC). A situação, de acordo com o governo acreano, que decretou situação de emergência humanitária, está fora de controle e era, até sexta-feira, ignorada pelo Itamaraty. Anteontem, foi anunciada força-tarefa de órgãos federais para tentar liberar permissões de trabalho para os refugiados. Enquanto isso, Jonathan Philisten, de 40 anos, que deixou quatro filhos em Porto Príncipe, recebia a tão esperada notícia: seus documentos estavam prontos e ele havia conseguido emprego e, talvez, uma nova vida, no Paraná. (Págs. 1 e A8)

Êxodo vinha dos seringais
Antes da chega dos haitianos, Brasiléia (AC) já se havia tornado ponto de aglutinação do êxoto rural, com famílias expulsas dos seringais, relata a ex-senadora pelo Acre Marina Silva. (Págs. 1 e J8)
Venezuela elege hoje 1º líder após era Chávez (Págs. 1 e A10)

Cabras são modificadas para combate a doença. (Págs. 1 e A10)

Estadão’ móvel terá nova versão para celular. (Págs. 1 e B8)

Pedro Malan / Marcados descompassos
As intenções de gasto doméstico, público e privado, em consumo e investimento, excedem em muito a capacidade doméstica de atendê-las. (Págs. 1 e A2)

Renato Cruz/A política dos eletrônicos
A Lei de Informática gerou empregos e impulsionou a indústria, mas não conseguiu produzir aparelhos competitivos no mercado externo. (Págs. 1 e B8)

Notas & Informações/ Maus sinais para 2013
Tomando-se o IBC-Br como referência, fica difícil acreditar em expansão econômica superior a 3%. (Págs. 1 e A2)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Morte de bebês fecha maternidade do HRC
Em apenas 16 dias, sete recém nascidos morreram na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia. Diante da gravidade da situação, a Secretaria de Saúde do DF determinou a interdição da unidade. O bebê que morreu ontem pela manhã desenvolveu um quadro infeccioso repentino. Suspeita-se que as crianças tenham sido vítimas de surto da bactéria Serratia. Onze pacientes continuam internados e, para evitar possível contaminação, não podem ser tranferidos. (Págs 1 e 21)
Carro oficial e sem controle
O governo feredal não faz a menor ideia do tamanho da frota dos veículos à disposição dos servidores e muito menos de quanto gasta com manutenção. (Págs 1 e 2)
Inflação, quem te trouxe de volta?
Economistas ouvidos pelo Correio atribuem o aumento do custo de vida e o baixo crescimento a uma sequência de falhas da política enconômica, a começar pela queda nos juros sem controle do gasto público. (págs 1 e 14)
Às urnas, pós-Chávez
Quarenta dias depois da morte do líder bolivariano, os venezuelanos escolhem o novo presidente. Maduro é o favorito, com 54,8% das inscrições de voto contra 34,8% de Caprilles.
------------------------------------------------------------------------------------
Veja

Thatcher
Como a premiê salvou a Inglaterra do declínio econômico e político
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: CLUBES S/A
Associações de lazer mudam de estratégia e se transformam para fugir do ostracismo

Prédios com piscina, quadras, saunas e outras opções para os moradores acabaram afastando as famílias do que era uma tradição de Belo Horizonte: os clubes esportivos e sociais. Eles ficaram à beira da falência, mas deram a volta por cima. Modernizaram as estruturas, abriram as portas para pessoas que não eram associadas e passaram a oferecer novos tipos de serviços, de cabeleireiro a academias de ginástica e até reforço escolar. Na época de frio, para manter a ocupação, uma programação especial, como campeonato de futebol e festas típicas. Outros clubes optaram por negociar espaços como forma de arrecadar mais dinheiro e equilibrar as contas. A alternativa deu certo. (Págs 1, 12 e 13)

Felciano: Cruzada às avessas da política do país
A confusão criada pele ascensão do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) ao comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados produziu um resultado inesperado: incentivou o debate que envolve diversos setores da sociedade.
(Págs. 1 , 3 e 5)

Anastasia: Governador fala do plano de ajuda aos municípios
Investimento de R$2,1 bilhões vai permitir que as prefeituras saiam do sufoco e invistam em saúde, educação e infraestrutura. (Págs 1 e 8)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Seca devora a economia (Págs. 1 e Economia 6 e 7)

Menos violência nos primeiros dias no ano 

Em debate, uso da força contra o vício do crack (Págs. 1 e Cidade 4 e 5)

Geraldo descarta disputar eleição para governador

------------------------------------------------------------------------------------
Veja
Manchete - Inflação
Dilma pisou no tomate
Carla Bruni a Veja
"O meu pai biológico era a peça perdida do meu quebra-cabeça"
------------------------------------------------------------------------------------
Época
Manchete - Ameaça da Inflação
Por que o governo pisou no tomate
Thatcher
As lições da Dama de Ferro para o Brasil de hoje
Colunas
Walcir Carrasco aplaude a lei que puniráquem abandona animais
Ruth de Aquino vai ao estatuto que protege assassinos de 16 anos

------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ
capa
Manchete - Exclusivo: Traição e Caixa 2
Gravação mostra o envolvimento do ministro da Agricultura, Antônio Andrade, no repasse ilegal de dinheiro nas eleições. Até adversário foi favorecido pelo esquema
O retorno de Palocci
Ele volta a operar pelas mãos de Lula
Escândalo da carne
A conivência dos veterinários com os frigoríficos ameaça a saúde da população
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ Dinheiro
capa
Manchete - As marcas mais valiosas do Brasil em 2013
As 50 marcas mais poderosas no Brasil atingem um valor de R$ 109 bilhões, apesar da crise na economia e da queda de muitas empresas na Bolsa. Conheça as estratégias das novas líderes do ranking, como Skol e Coca-Cola, e descubra quem entrou nesse clube
Dornelles:
"O Banco Central só tem autonomia se a Dilma quiser"
Souza Cruz:
Como se faz uma fábrica de lucros com um produto mal visto
------------------------------------------------------------------------------------
Carta Capital
capa
Manchete - Surpresas na Política
Em um Congresso desacreditado, Romário, Jean Wyllys, Randolfe Rodrigues e Tiririca horam os mandatos
Confissões 
Cláudio Guerra volta à usina onde incinerou vítimas da ditadura
Desperdício
A história de cinco obras públicas nunca concluídas
------------------------------------------------------------------------------------
EXAME

Manchete: Da lojinha de rua ao bilhão na Internet
A incrível história de Márcio Kumuriam, criador da Netshoes, que transformou uma loja de sapatos no centro de São Paulo na mais vibrante varejista online do Brasil. Próximo passo: ele quer abrir o capital na bolsa americana Nasdaq
Exclusivo: Warrem Buffett
Maior investidor do mundo, fala sobre seu mais novo sócio, o empresário brasileiro Jorge Paulo Lemann
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: "Meu negócio é vender combustível"
Em entrevista à colunista Maria Isabel Hammes, presidente da Petrobras fala sobre facilidades para o brasileiro comprar um carro zero e diz que acha "lindo" congestionamento. (Págs. 1, 4 e 5)
CEEE em curto
Como desleixo administrativo, intromissões políticas, falcatruas e esbanjamento corroeram, em 20 anos, a maior estatal do RS, deixando os gaúchos mais vezes e por mais tempo sem luz.(Pág1 e Suplemento Dinheiro)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços

Comentários