Cabo Frio pode se tornar pólo do Turismo Rio Serra Mar

Em lançamento do projeto, consultor do Sebrae reconhece a Cidade com grande capacidade para receber e distribuir turistas
Telma Flora
Cabo Frio pode ser o maior beneficiado dentre os municípios que aderiram ao projeto de desenvolvimento do turismo “Roteiro Rio Serra Mar, um mundo de emoções, um único caminho” lançado na manhã desta quarta-feira (10/4), pelo Sebrae/RJ numa parceria com a secretaria de Turismo da Cidade.
O projeto, que é uma estratégia de comunicação para desenvolver roteiros turísticos nos nove municípios participantes, com roteiros integrados e planos de marketing regional, foi apresentado no auditório da Prefeitura pelos gestores do Sebrae para as empresas da cadeia produtiva do turismo, ligados direta e indiretamente ao setor de serviços, como hotéis, pousadas, restaurantes, entre outros estabelecidos no município.


De acordo com o analista e gestor de projetos do Sebrae/RJ, Ronald Silveira, o projeto pretende incrementar alianças do setor, em todas as esferas, municipal, regional e inter-regional, estadual e federal.
- Este projeto envolve o poder público, iniciativa privada e entidades e visa à melhora da infraestrutura turística, propor ações de marketing integrado das regiões, fortalecer entidades de classes e integrar os municípios, além de incrementar a qualidade dos serviços e produtos, gerando emprego e renda, explica Ronald, informando ainda que o plano prevê a criação de um cardápio da oferta turística integrando os produtos turísticos das regiões com o município de Niterói.
- Queremos alcançar as microempresas, empresas de pequeno porte e empreendedores individuais da cadeia produtiva do turismo, ligados direta e indiretamente ao setor de serviços, do entorno da Estrada Serra Mar (RJ-142) e Região Metropolitana (Niterói), abrangendo os municípios de Niterói, Casimiro de Abreu, Armação dos Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Rio das Ostras, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.
Já o consultor do Sebrae e diretor do Instituto IDEIAS, Osvaldo Ramalho foi categórico em sua colocação de que Cabo Frio pode se tornar o município pólo do projeto, por sua capacidade de receber e distribuir turistas.
- Cabo Frio tem marca reconhecida, meios de hospedagem, boa gastronomia, atrativos, comércio forte e muitos imóveis de segunda residência, enfocou.



Para os Coordenadores Executivos da secretaria de Turismo, Aldenir Soares, Gilson Peres e Milton Roberto, a parceria é fundamental para os grandes projetos e a proposta é sair do plano de choro para o plano de ação.
- O futuro não é obra do acaso; precisamos de planejamento com metas, de ações concentradas, por isso estamos criando grandes parcerias entre os setores públicos e privados. Acreditamos na adesão de nossa rede hoteleira, gastronômica e comércio em geral a este projeto em parceria com o Sebrae, disseram. 
O Sebrae espera com este projeto atender a mais de 250 empresas nos nove municípios envolvidos, aumentando a competitividade e lucratividade da região.



Telma Flora | Assessora de Imprensa
Secretaria de Turismo de Cabo Frio


Comentários