Comerciantes de Cabo Frio se adaptam as regras da prefeitura

Calçadas deixam de ser ocupadas e ficam livres para pedestres.
Empresários que não respeitar regras podem ser multados.
Comércio adaptado para as novas regras (Foto: Secom/Cabo Frio)Calçada desocupada. (Foto: Secom/Cabo Frio)
Desocupadas, as calçadas de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, deixaram de ser um problema principalmente para os pedestres. Desde o início deste ano (2013), equipes de fiscalização da prefeitura percorrem os bairros da cidade para orientar comerciantes que ainda mantém algum tipo de obstáculo nos passeios públicos da cidade.
Diante do choque de ordem, os empresários precisaram se adaptar. Hoje, é possível encontrar lojas que optaram pelo uso da mão-francesa que dispensa o uso de colunas ou suportes que atrapalham, principalmente, quem utiliza as calçadas para trafegar.



O comerciante que não repeitar as normas da prefeitura, estará sujeito à multa e apreensão do material. As multas podem variar de R$ 50 a R$ 1.500 e os valores dobram em caso de reincidência.
do G1

Comentários