Em Campos, jovem perde 41 kg em menos de um ano com dieta saudável e exercícios

Yann percebeu que precisava perder peso ao ver uma foto sua com 125 kg.
Hoje, com 22 anos e 84 kg, ele diz que mudança é difícil, mas vale a pena.
Mariana PalmaDo G1
Yann perdeu 41 kg em menos de 1 ano; fotos mostram antes e depois (Foto: Arquivo pessoal)Yann perdeu 41 kg em menos de 1 ano;
fotos mostram antes e depois
(Foto: Arquivo pessoal/Yann Cordeiro)
Sair da zona de conforto e mudar os hábitos de vida é sempre uma decisão muito complicada, mas extremamente necessária para prevenir riscos de problemas de saúde. Para o jovem Yann Cordeiro, de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, a mudança foi difícil, mas valeu a pena e trouxe ótimos resultados pouco menos de um ano depois: ele saiu dos 125 kg para os 84 kg, 41 kg a menos na balança.
A decisão de mudar aconteceu em agosto de 2012, após Yann se ver em uma foto em que estava em uma festa com um amigo. “Sabia que estava gordo, mas ali percebi que estava muito gordo”, lembra o carioca, que na época estava com 21 anos. “Abriu uma academia perto da minha casa, então eu não tinha mais a desculpa de não ter nada por perto e, influenciado por um amigo meu, acabei me matriculando”, conta.
Yann lembra que sempre foi gordinho e nunca conseguiu se adaptar a nenhuma atividade física. “Já tinha feito natação e judô quando era pequeno, mas parava depois de um mês”, diz. No entanto, daquela vez, ele estava decidido a continuar na academia, mesmo com as dificuldades que apareceram no início. “Eu não conseguia caminhar por 10 minutos na esteira, então preferia sempre a bicicleta porque, pelo menos, eu ficava sentado”, conta.
Quando começou na academia, o carioca lembra que faltava muita disposição para andar mesmo 10 minutos na esteira (Foto: Arquivo pessoal)Quando começou na academia, o carioca lembra que faltava muita disposição para andar mesmo 10 minutos na esteira (Foto: Arquivo pessoal/Yann Cordeiro)

Com a ajuda do personal trainer da academia, Yann mudou também a alimentação. “Comia muito mal, só massas, pizzas, salgadinhos, cerveja e refrigerante. Depois mudei tudo e passei a comer mais frutas e saladas e cortei totalmente a cerveja, o refrigerante e frituras”, conta. Além disso, ele passou a se alimentar várias vezes ao dia, sempre intercalando as refeições com uma fruta, por exemplo.
Com o passar do tempo, ele foi ganhando cada vez mais condicionamento físico e foi se submetendo a novos desafios no exercício físico. “Depois de alguns meses, decidi correr na esteira e não consegui. Mas continuei tentando e hoje consigo correr de 40 a 50 minutos sem parar”, diz, satisfeito.
Foi difícil me adaptar à nova alimentação porque passei a comer o que não gostava e sentia falta do que eu gostava"
Yann Cordeiro
“Foi difícil me adaptar à nova alimentação porque passei a comer o que não gostava e sentia falta do que eu gostava”, lembra Yann. Para evitar tentações, ele começou a faltar em festas de família e amigos. “Eu sabia que, como era no início ainda, eu não ia resistir. Depois que perdi uns 20 kg, voltei a sair porque já tinha passado daquele ponto de comer tudo o que aparecesse na frente”, avalia.
Quase 11 meses depois, ele se mostra satisfeito com o peso atual e diz que faz uma avaliação a cada 2 meses na academia. “Não perco mais peso agora. Meu personal disse que estou perdendo gordura e ganhando massa magra, então estou bem feliz”, diz. Por causa disso, ele perdeu também medidas e teve que doar todas as roupas de seu armário.
“Jamais imaginei que conseguiria. Achei que seria mais uma tentativa frustrada, como todas as outras”, revela o carioca. Para quem precisa perder peso, a dica de Yann é modificar primeiro a maneira de pensar para depois tomar alguma atitude. “Tem que colocar na cabeça que você está de dieta e, depois que isso estiver bem claro, começar a agir”, recomenda.
Para ele, os benefícios foram muito além da estética. “Meu bem-estar melhorou muito, minha respiração, minha saúde e minha disposição. É outra vida”, acredita. Feliz com o resultado, ele jura que não corre mais o risco de voltar a engordar e diz que vai levar os novos hábitos para o resto da vida. “Se soubesse que seria dessa forma, teria tomado vergonha na cara antes. Não engordo mais, mesmo porque, nem tenho mais roupa para isso”, conclui, aos risos.
"Se soubesse que seria dessa forma, teria tomado vergonha na cara antes", diz Yann com 41 kg a menos na balança (Foto: Arquivo pessoal)"Se soubesse que seria dessa forma, teria tomado vergonha na cara antes", diz Yann com 41 kg a menos na balança (Foto: Arquivo pessoal/Yann Cordeiro)

Comentários