Garotinho: "Sérgio Cabral e Beltrame são os pais da tragédia do aumento de menores no tráfico"


Manchete da capa do Extra
Manchete da capa do Extra

Ora, é elementar que sem programas sociais para os jovens das comunidades, o apelo do tráfico, do dinheiro fácil, leva milhares a seguirem esse triste caminho do qual poucos voltam.

O que a imprensa não tem coragem de mostrar é que nos governos Garotinho e Rosinha aconteceu a situação inversa: diminuiu o número de menores no tráfico. Isso porque criamos três programas sociais, Jovens pela Paz, Reservistas da Paz e Vida Nova, que geravam renda e incentivavam os jovens das comunidades a estudar.

E o pior é que os programas sociais acabaram logo no início do governo Cabral, apenas porque o governador dizia que as pessoas os relacionavam ao Garotinho e à Rosinha. Mais de 10 mil jovens de comunidades de uma hora para a outra perderam a sua oportunidade de uma vida melhor, longe do tráfico.

É bom frisar que um dos que bateu palmas para o fim dos programas foi o secretário Beltrame, que agora como só pensa naquilo (ser candidato) vem com discurso social que nunca teve, muito pelo contrário. 

Comentários