Julgamento de mãe acusada de matar filhas gêmeas é adiado, diz TJ-RJ


Foi adiado para o dia 6 de junho o julgamento de Dayana Oliveira da Silva, acusada de homicídio qualificado pelo assassinato das duas filhas gêmeas de um ano em São Pedro da Aldeia, Região dos Lagos, em abril de 2011. As informações foram divulgadas pelo Tribunal de Justiça do Rio, na noite de quarta-feira (8).


O júri chegou a se reunir nesta quarta, dia 8, para a sessão na comarca de São Pedro da Aldeia. No entanto, de acordo com o juiz-presidente, a queda de uma ambulância do Departamento de Sistema Penitenciário (Desipe), na Avenida Brasil, pela manhã, fez com que todas as viaturas retornassem à sede da Secretaria de Administração Penitenciária, incluindo o carro que transportava a ré.
“Esperamos por mais de três horas. Como houve este incidente, tive que adiar o julgamento”, afirmou o magistrado.
Dayana de Oliveira é acusada de atirar contra suas duas filhas gêmeas dentro de casa no bairro de Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, no dia 25 de abril de 2011.
do JB

Comentários