Símbolos religiosos da Jornada Mundial da Juventude chegam em Arraial do Cabo

A Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora serão recebidos nesta segunda-feira, 27 

Arraial do Cabo se prepara para receber nesta segunda-feira, 27, a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, conduzida pelo Pároco José Virgílio, está preparando uma grande recepção, que acontecerá a partir das 11h, no Pórtico de Turismo, na entrada da cidade, de onde sairá à carreata, e logo após será realizada a Santa Missa na Igreja Matriz. Em seguida as insígnias seguem sua peregrinação por outras cidades da Região dos Lagos. 



A coordenadora da equipe da Jornada em Arraial, Valéria Martins, informa que a chegada das insígnias é um momento de grande importância para a comunidade católica da cidade, que já está preparando suas casas para receber os peregrinos.

“Viver o que Jesus viveu é a mensagem que queremos passar para os nossos cristãos. Nossa missão diante desses símbolos é levar o amor de Deus para toda a humanidade”, comentou Valéria.

O evento faz parte da peregrinação que está acontecendo em toda região, que terá o seu ápice em julho, época em que a Prefeitura de Arraial do Cabo através da Secretaria de Turismo levará os fiéis para fazer um tour pela cidade. 

De acordo com o secretário de Turismo, Marco Simas, estão sendo esperados para o segundo semestre, cerca de 210 espanhóis peregrinos que terão a oportunidade de conhecer as belezas naturais e pontos turísticos do município.

“Além da programação religiosa que a Paróquia Sagrado Coração de Jesus está preparando, teremos também uma programação turística para os jovens, onde um dia será reservado ao passeio de barco e outro para levá-los aos pontos turísticos da cidade. Todos os encontros terão o acompanhamento de um guia para levar o conhecimento da história e belezas naturais do nosso município”, disse Marco.


Mais sobre os símbolos:

A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II deu essa cruz como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade. Em 2003, o Papa João Paulo II deu aos jovens um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a cruz da JMJ: o ícone de Nossa Senhora, “Salus Populi Romani”, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no Ocidente, Santa Maria Maior.

Comentários