Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 8 de junho de 2013

Bom dia! Confira os destaques dos jornais deste sábado, 8 de junho. Acesso ao antigo lixão de Cabo Frio é obstruído com abertura de vala. Intervenção foi realizada para impedir o despejo de resíduos no antigo lixão. Ação faz parte das atividades da Semana do Meio Ambiente.

O Estado de S.Paulo
Protesto fecha a Marginal e lentidão chega a 226 km
O Globo
Tensão fundiária: Embrapa acusa Funai de demarcar terra sem índio
Correio Braziliense
Obama diz que terror justifica "Big Brother"
Estado de Minas
Cofins em obras por mais de 30 anos
Zero Hora
Após alerta de agência de risco, bolsa cai e dólar tem nova alta
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Governo diz que monitoramento de dados é crucial para a luta contra o terror
The Guardian (Reino Unido)
Reino Unido usou Google e Facebook para espiar
Le Monde (França)
Istambul: o inflexível Erdogan
El País (Espanha)
Governo blinda sua política com uma maioria fiel no Tribunal Constitucional


O Globo

Manchete: Tensão fundiária: Embrapa acusa Funai de demarcar terra sem índio
Texto enviado ao Planalto diz também que indígenas paraguaios ocuparam áreas no Paraná.

Houve aumento de 168% no número de assassinatos de índios nos dez anos dos governos Lula e Dilma em comparação com a gestão de Fernando Henrique, afirma estudo do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

Um relatório entregue pela Embrapa à Casa Civil da Presidência informa que não existem índios em pelo menos quatro áreas indicadas pela Funai como territórios indígenas nos municípios de Guaíra e Terra Roxa, no Paraná, onde há risco de conflitos como os de Mato Grosso do Sul. O documento diz também que índios vindos do Paraguai estariam ocupando terras no Paraná. As informações da Embrapa levaram o governo a mudar as regras de demarcação de áreas indígenas. Embrapa, Incra e outros órgãos serão ouvidos num assunto que, até agora, ficava a cargo exclusivo da Funai. (Págs. 1 e 3 e 4)

Brasil com viés de baixa: Risco maior afeta mais as estatais
S&P põe agora em perspectiva negativa 11 bancos brasileiros. Para tomar recursos no exterior, empresas pagarão mais caro.

Um dia após a agência Standard & Poor's (S&P) ter rebaixado a perspectiva do Brasil para negativa, as ações da Eletrobras e da Petrobras sofreram em Wall Street quedas de 5,93% e 3,31%, respectivamente. Ontem, a S&P também pôs em revisão negativa 11 instituições financeiras, incluindo Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander Brasil e BNDES. A mudança de viés pela agência de classificação de risco deve encarecer o custo para empresas que pretendiam captar recursos lá fora, nas próximas semanas, como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, BNDES e Odebrecht Óleo e Gás. (Págs. 1 e 29 e 30 e editorial "Rebaixamento do Brasil envia mensagem")

Entrevista: Marcos Lisboa: “O padrão é medíocre”
Economista diz que viés de baixa da S&P é fruto do crescimento econômico decepcionante. (Págs. 1 e 30)
Rumo às Copas: Engenhão só volta em um ano e meio
Diagnóstico da prefeitura do Rio sobre o Engenhão condena de vez a cobertura e dá prazo de 18 meses para recuperação. Haveria risco de “tragédia".

A Itália treinaria no estádio, já cedido à Fifa. A uma semana da Copa das Confederações, o Maracanã segue em obras.

Acarajé da Fifa

Foi regulamentada a venda de acarajé na Arena Fonte Nova, liberada pela Fifa. O quitute custará até R$ 8. (Págs. 1 e Caderno Esportes)

Grande Irmão nos EUA: Obama: ‘Ninguém escuta conversas’
O presidente defendeu o esquema de vigilância de telefonemas e internet nos EUA, revelado na mídia e criticado no país e na Europa. (Págs. 1 e 36 e 37)
Autor da notícia mora no Rio
O advogado e blogueiro Glenn Greenwald, de 46 anos, mora no Rio de Janeiro com o companheiro carioca. (Págs. 1 e 36)
Recorde histórico: ONU pede US$ 5 bi para ajudar sírios
No maior pedido de sua história, a ONU disse precisar de US$ 5 bilhões para ajudar metade dos 20 milhões de sírios este ano. (Págs. 1 e 37)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Protesto fecha a Marginal e lentidão chega a 226 km
Manifestantes contra tarifa de ônibus entraram em confronto com a PM pelo 2º dia; estação do metrô foi depredada.

Manifestantes contra o aumento da tarifa de ônibus de R$ 3 para R$ 3,20 entraram em confronto com a polícia ontem, em São Paulo, pelo segundo dia. Cerca de 5 mil pessoas bloquearam a Marginal do Pinheiros, sentido Castelo Branco, por 30 minutos. Às 19 horas, o congestionamento chegou a 226 km, terceiro pior do ano. A tropa de choque usou bombas de efeito moral e balas de borracha para conter a multidão, que respondeu atirando pedras. Uma catraca de vidro da Estação Faria Lima do metrô foi destruída. Anteontem, quatro estações do metrô foram depredadas pelo grupo na Avenida Paulista. A companhia estima prejuízo de R$ 73 mil. (Págs. 1 e Metrópole A22 e A25)

Haddad pedirá ajuda a Dilma
Prefeito Fernando Haddad (PT) quer a municipalização de imposto sobre gasolina para baratear tarifa. (Págs. 1 e A26)
Nota de agência faz Bolsa cair ao menor nível desde 2011
A Bolsa de Valores de SP caiu 2,39% e atingiu o menor nível desde outubro de 2011 depois que a agência de classificação de risco Standard & Poor’s anunciou anteontem que pode rebaixar a nota dada ao País. Entre as ações que mais caíram estão as de Eletrobrás e Petrobrás. A S&P também rebaixou a perspectiva da classificação de 11 instituições financeiras. (Págs. 1 e Economia B1)
Barroso preferiria ir para o STF após o mensalão
Novo ministro do STF, Luís Roberto Barroso disse ontem que gostaria que o País virasse a página do mensalão. Se pudesse escolher, afirmou, tomaria posse apenas depois de encerrado o julgamento. (Págs. 1 e Política A4)
MPF investiga negócio feito pela Petrobrás
O MPF abriu investigação para apurar possível infração na compra da refinaria de Pasadena (EUA), informa Sabrina Valle. A Petrobrás pagou US$ 1,18 bilhão. Há 8 anos, valia US$ 42,5 milhões. (Págs. 1 e Economia B5)
1º lote de restituição do IR será de R$ 2,7 bi (Págs. 1 e Economia B3)


Obama admite: ‘Não há 100% de privacidade’
Criticado pela invasão de privacidade dos cidadãos, o presidente Barack Obama defendeu o monitoramento de chamadas telefônicas e mensagens na internet. “Ninguém pode ter 100% de privacidade”, disse. (Págs. 1 e Internacional A14)
Celso Ming: No teto da meta
Se quiser realmente virar o jogo da inflação, o governo deve admitir a deterioração da economia e colocar a composição nos trilhos. (Págs. 1 e Economia B2)
Notas & Informações: Puro vandalismo
Não passou de um festival de vandalismo a manifestação de protesto contra o aumento de tarifa. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Obama diz que terror justifica “Big Brother"
Pressionado por denúncias de que o governo quebrou o sigilo telefônico e da internet no país, o presidente garantiu que ninguém foi grampeado. Mas ele defendeu a vigilância civil para manter os EUA em segurança. (Págs. 1 e 26)
Inflação não dá trégua e pousa no teto (Págs. 1 e 14 e 15)


Esquenta a briga pela segundo posto da Fazenda (Págs. 1 e 21) 


Índios: Presidente da Funai sai em meio à crise
Alegando problemas de saúde, Marta Azevedo pediu demissão. Novo comando terá que administrar o conflito que provocou a morte de um terena em MS. (Págs. 1 e 12)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Cofins em obras por mais de 30 anos 
Área construída do sobrecarregado aeroporto terá de ser triplicada.

Passageiros acostumados à superlotação de Confins terão de conviver por mais três décadas com obras que se destinarão a torná-lo adequado à demanda. O edital de concessão determina que o grupo vencedor da licitação invista R$ 3,5 bilhões nos 30 anos de contrato. Terá de construir um segundo terminal até abril de 2016 e iniciar o terceiro a partir do 10° ano da nova administração. Enquanto isso, o volume de passageiros deverá crescer 293,63%. Será preciso ampliar o pátio de aeronaves, construir novos estacionamentos (incluindo um edifício-garagem) e prédios de apoio à aviação geral. Algumas medidas, porém, terão de ser implantadas nos primeiros 120 dias, portanto antes da Copa de 2014: reforma de 75% dos banheiros e fraldários, disponibilização de internet sem fio de alta velocidade, aumento do número de tomadas, balcão de informações bilíngue e criação de novos pontos de venda de bebida e comida. (Págs. 1 e 10 e o editorial "Mais planos para Confins, 8)

Judiciário: TRF de Minas não deve ser questionado
Embora se apontem erros formais que poderiam embasar ação judicial contra a criação do órgão, já promulgada pelo Congresso, nem seu principal opositor no Parlamento nem a Procuradoria Geral da República se mostram dispostos a acionar o Supremo. (Págs. 1 e 4)
Ciência: Sol é ameaça a sistemas de comunicação
A radiação e as partículas expelidas nas explosões solares afetam satélites, sistemas eletrônicos, aéreos e de GPS. Por isso, são alvo de pesquisas no mundo todo.

No Brasil, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) abriu laboratório específico para isso. (Págs. 1 e 16)

Força-tarefa da Copa entra em campo
Os 1.580 PMs que se apresentaram ontem para atuar no patrulhamento da Grande BH durante a Copa das Confederações receberam guia com dicas sobre abordagem de turistas e atuação em casos de distúrbio. (Págs. 1 e 18)
Obama espião: Presidente defende controle de telefones e e-mails da população (Págs. 1 e 14)


O peso do dragão: Inflação cai em maio, mais alta em 12 meses atinge o teto da meta (Págs. 1 e 12) 


------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Governos brigam e rodovia afunda
Dnit afirma que Estado recebeu R$ 125 milhões e não iniciou obra de reestruturação da BR-101, no contorno do Recife, e governo desmente. Enquanto isso, usuários sofrem com o descaso. (Págs. 1 e Cidades 8)
Andar de táxi fica 6,5% mais caro
Bandeirada sobe para R$ 4. Quilômetro rodado na bandeira 1 será R$ 1,95 e na bandeira 2, R$ 2,35. (Págs. 1 e Economia 1)
Traficante de órgão no Recife preso em Roma
Israelense Gedalya Tauber aliciava pessoas para vender seus rins na África do Sul. PF quer sua extradição. (Págs. 1 e 16)
Inflação deve superar meta oficial este mês
IPCA acumulado em 12 meses atingiu limite de 6,5% em maio e previsão é de estouro por causa de reajustes. (Págs. 1 e Economia 4)
Mão de milho deve chegar a R$50
Preço de 50 espigas já varia entre R$ 35 e R$ 40 e deve atingir valor máximo na semana do São João. (Págs. 1 e Economia 5)
Crise provoca renúncia da presidente da Funai (Págs. 1 e 8)


Enem confirma 7,17 milhões de feras inscritos
Ministro Aloizio Mercadante admitiu que o número, 23,8% maior do que em 2012, superou a previsão do MEC. (Págs. 1 e 9)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Após alerta de agência de risco, bolsa cai e dólar tem nova alta
Ameaça de redução da nota de crédito do Brasil reforça preocupação com rumo da economia e deixa mercado cauteloso. (Págs. 1 e 12)
Tarifa de ônibus: SP vive segunda noite de protestos
Manifestação contra o aumento do preço da passagem terminou em confronto. (Págs. 1 e 29)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário