Congresso entra em ritmo frenético diante da pressão de manifestantes

Além de decisões de prefeitos e governadores, Câmara e Senado aprovam propostas que estavam engavetadas há anos; veja linha do tempo
Breno Lemos Pires/Estadão
Filipe Araujo/Estadão
Prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e governador estadual Geraldo Alckmin (PSDB) anunciaram revogação do aumento



São Paulo e Rio: Redução da tarifa de ônibus
Após duas semanas de protestos nas ruas organizados pelo Movimento Passe Livre, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) cedem e revogam o aumento de tarifas de ônibus, trens e metrô que havia entrado em vigor em SP no início do mês. Na capital, o preço da passagem volta a R$ 3; no Rio, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) anuncia a redução da tarifa de R$ 2,95 para R$ 2,75. Várias outras cidades do Brasil também anunciaram redução.
0