Dirceu: Aécio dá declaração irresponsável e tenta se apropriar das manifestações

Por José Dirceu - de São Paulo

Aécio Neves
Aécio Neves
As declarações dadas na sexta-feira, em nota, pelo senador e candidato tucano Aécio Neves “são irresponsáveis”, afirmou o ex-deputado José Dirceu (PT-SP). Ao se referir à presença de petistas em parte dos atos, ele afirmou que o PT tenta usar as manifestações que ocorrem no país numa prática de “oportunismo”. Ele chega a dizer que se trata de “decisão irresponsável que desrespeita o sentido apartidário dos protestos”.


“Na prática, Aécio não condena a violência contra manifestantes dos outros partidos que democraticamente foram às manifestações, assumindo sua identidade, ao contrário dos tucanos. O mais grave é que Aécio, em seguida, tenta se apropriar do sentido das manifestações colando nelas seu discurso de campanha, ressaltando o discurso da gestão pública e corrupção-impunidade no sistema político. Vejam só o que ele diz: ‘Há um evidente e justo clamor que une a sociedade por mudanças estruturais na gestão do setor público e é inevitável ver, na raiz dessa insatisfação, uma aguda crítica à corrupção e à impunidade que persistem na base do sistema político, impedindo transformações e agredindo diariamente os brasileiros”, afirmou
Segundo o ex-ministro-chefe da Casa Civil, é “pura tentativa de apropriação. Na prática, Aécio e o PSDB têm se oposto à reforma política e defendem a indecente apropriação do tempo de rádio e TV e dos recursos do fundo partidário pelos parlamentares que mudarem de partido, um verdadeiro mercado de compra e votos – como já vimos ressaltando aqui no blog há algum tempo. Votam contra o financiamento público de campanha e obstruem a reforma política. No discurso, são uma coisa. Na prática, outra bem diferente”, concluiu.
0