Facebook admite exposição de dados de seis milhões de usuários

Maior rede social do mundo, o Facebook admitiu que expôs indevidamente os dados de seis milhões de usuários cadastrados na plataforma. Telefones e endereços de e-mails vazaram para pessoas não-autorizadas no ano passado. A empresa de Mark Zuckerberg só admitiu a falha na sexta-feira, 21.
Mark Divulgação Facebook

Rede social admitiu falhas após reportar usuários 
(Imagem: Divulgação/Facebook)

Segundo a companhia, o vazamento aconteceu devido a um problema técnico no arquivo de informação coletado de seus 1,1 bilhão de usuários de todo o mundo. A equipe de segurança da rede social foi alertada na segunda quinzena deste mês e resolveu a questão em 24 horas.




Na ocasião, o Facebook não reconheceu publicamente o problema. Segundo um porta-voz, o atraso aconteceu devido ao procedimento estipulado de que os reguladores e usuários afetados devem ser notificados antes do anúncio público.

Casos anteriores
Uma falha no sistema da rede de expôs a identidade de usuários do serviço Bang With Friends, que facilita encontros casuais entre os internautas. Em maio deste ano, pessoas que começaram a usar o aplicativo antes de janeiro foram afetadas. 


Em setembro do ano passado, o Facebook negou que mensagens privadas enviadas pelos usuários de 2007 a 2009 tenham vazado. Na época, sites franceses noticiaram que mensagens privadas foram publicadas nos murais dos usuários por causa de um problema de segurança da rede social. Também foram registrados relatos de problema parecido nos Estados Unidos.
0