Preços do etanol caem em todo o país, segundo números da ANP


etanol-producao

Os preços finais do etanol hidratado, entre a última semana de abril e a quarta semana de junho, tiveram uma redução de 6,8% em todo o Brasil. No mesmo período, a gasolina teve uma queda menor, de 0,9%. Com isso, a relação entre os preços entre oetanol hidratado e a gasolina comum caiu de 72% para 68% na média nacional. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a relação alcançou, pelo preço médio das últimas quatro semanas, 68,7%, a menor obtida desde junho de 2011.


Para a ANP, esse resultado pode ser atribuído em grande parte à resolução da agência reguladora que estabeleceu critérios para a aquisição e formação de estoque de etanol, mesmo durante a entressafra da cana-de-açúcar. A medida teve como objetivo estimular a previsibilidade da produção, por meio de contratos entre produtores e fornecedores e reduzir a volatilidade de preços decorrente de fatores conjunturais.
Ainda segundo a ANP, a recente desoneração fiscal pelo governo federal, que isentou o etanol do PIS/Cofins, também contribuiu para a queda de preços do combustível. Atualmente, há vantagem econômica no abastecimento com etanol hidratado, em relação à gasolina comum, nos estados de São Paulo, do Paraná, de Mato Grosso e de Goiás. Já em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, a relação de preços entre o etanol e a gasolina comum encontra-se próxima a 70%.
do Correio do Brasil
0